Abrir MEI: passo a passo

//Abrir MEI: passo a passo

Abrir MEI: passo a passo

By |2018-10-23T16:55:36+00:0013/09/2016|Todos os nossos artigos|0 Comments

Muita gente mal sabe que abrir MEI, ou seja, se tornar um microempreendedor individual, pode ser muito mais fácil do que a maioria imagina. Quer saber como?  Confira já este artigo para saber as informações mais importantes antes de começar!

A primeira das dúvidas mais comuns é: “aposentado pode abrir MEI?”. Segundo o Portal do Empreendedor, “Há previsão legal (Lei 8.112/90) proibindo ao servidor público em atividade de ser empresário, portanto, esta categoria não se enquadra como MEI. Mas, se servidor público for aposentado, exceto por invalidez, poderá ser MEI. O pensionista se não for servidor público em atividade e não tiver aposentadoria por invalidez, poderá ser MEI, não há impedimento.

Caso você ainda não tenha lido nosso último artigo sobre MEI (CLIQUE AQUI PARA CONFERIR!), a sigla nada mais significa que Microempreendedor Individual e que, de acordo com a lei, é registrada como um pequeno empresário, segundo o Portal do Empreendedor.

Você bem sabe que estar de acordo com a lei pode ser muito positivo, principalmente em termos de garantia de direitos. Caso não saiba, você pode, inclusive, ter um funcionário contratado que receba um salário mínimo mensal ou o piso salarial de sua profissão.

Outros requisitos para ser um MEI:

  • Arrecadar, em quantia máxima, R$60.000,00, anualmente;
  • Não possuir participação ou sociedade/titularidade em outros negócios.

Vantagens de ser um MEI:

  • Isenção de tributos federais como: Cofins, PIS, IPI, IR, CSLL;
  • Recebimento de benefícios como: Auxílio doença, aposentadoria, auxílio maternidade, etc.

 

Vamos aos passos para abrir MEI? Confira!

  • Pesquise muito: além das informações que já te contamos acima, certifique-se de que a sua atividade/profissão é autorizada como requisito para ser um MEI. Você pode ver a lista completa AQUI.
  • Cadastrando-se: muita gente questiona como abrir MEI pela internet. Nós te ajudamos: o cadastro MEI gratuito pode ser encontrado e realizado AQUI. Confira o edital completo para dar início a sua inscrição ou entre em contato com o SEBRAE pelo número 0800-570-0800.
  • Imprima documentos importantes: com o cadastro em mãos, todos os seus dados são gerados instantaneamente (CNPJ e inscrição na junta comercial). É hora de imprimir os seguintes documentos – eles são importantíssimos: Relatório Mensal de Receitas Brutas (ao mês), Carnê de Pagamento Mensal e Certificado da Condição de Microempreendedor Individual.
  • Formalize seus gastos após a inscrição finalizada: os gastos mensais, a serem realizados até o dia 20 de cada mês, são:
  • INSS: R$ 36,20.
  • Municipal – Prestadores de Serviço: R$ 5,00.
  • Estadual – Comércio e Indústria: R$ 1,00 (utilizando o carnê do Portal do Empreendedor).

Prontinho! Agora você também já sabe como abrir MEI!

E que tal administrar a jornada de trabalho de seu colaborador e ter total controle das horas trabalhadas? Demais, não é?

 CONHEÇA AGORA TODAS AS FACILIDADES QUE O TANGERINO TEM PARA OFERECER!

eBook Aumente a produtividade Tangerino

Leave A Comment