Análise e decisão de investimentos: por onde começar?

/, Gestão Financeira/Análise e decisão de investimentos: por onde começar?

Análise e decisão de investimentos: por onde começar?

By |2018-08-10T10:52:48+00:0014/05/2018|Controle de ponto, Gestão Financeira|0 Comments

A análise de investimentos consiste na aplicação de técnicas financeiras e contábeis para determinar qual investimento é mais favorável à organização. O uso desse método de decisão permite identificar qual iniciativa ou projeto possui maior potencial de rentabilidade para o negócio, norteando os próximos passos da empresa.

Como avaliar um investimento não é tarefa para qualquer um, mas para quem está à frente da organização e preparado para tomar uma decisão, preparamos este post para que você compreenda o processo de análise de projetos de investimentos e aprenda a tornar sua empresa cada dia mais lucrativa.

Boa leitura!

Métodos de análise e decisão de investimentos

Existem algumas formas de fazer a análise de investimentos, todas elas bastante eficazes. Na realidade, a maioria das empresas aplica todas elas para ter um panorama mais abrangente acerca dos investimentos que estão prestes a fazer.

Valor Presente Líquido (VPL)

O VPL considera o valor do dinheiro ao longo do tempo, o que é uma ótima maneira de identificar o potencial de retorno de um investimento. Nele, projeta-se o fluxo de caixa a ser gerado pelo investimento nos próximos meses e então, por meio de uma fórmula matemática, traz-se esses valores ao valor atual, ou seja, presente.

Digamos que você queira investir R$ 10 mil reais em um novo sistema de controle de ponto e que a expectativa seja de que ele gere R$ 3 mil reais de economia a cada mês.

Como sabemos, o dinheiro perde valor com a passagem do tempo, sendo assim, os R$ 3 mil recebidos daqui a três meses não terão o mesmo valor de compra dos R$ 3 mil recebidos hoje, devido à inflação.

A tarefa, então, é calcular quanto os R$ 3 mil recebidos daqui a três, cinco, dez meses, valeriam hoje e comparar com o valor do investimento inicial, determinando se a aquisição do software de controle de ponto se paga e gera lucro para a empresa.

Como o cálculo manual dessa equação é um tanto quanto complexo e exige conhecimentos aprofundados de matemática financeira, sugerimos que você o faça em uma calculadora financeira, da seguinte forma:

Dados:

Investimento inicial: R$ 10.000

1o. mês: R$ 3.000

2o. mês: R$ 3.000

3o. mês: R$ 3.000

4o. mês: R$ 3.000

5o. mês: R$ 3.000

Cálculo:

10000 CHS g CFo

3000 g CFj

3000 g CFj

3000 g CFj

3000 g CFj

3000 g CFj

2,95 i (inflação do ano ano de 2017)

f NPV

O valor do Valor Presente Líquido será de R$ 3.758,76, ou seja, o projeto de implementação de um sistema de controle de ponto eletrônico é viável e rentável para a sua empresa.

Taxa Interna de Retorno (TIR)

Outra forma de calcular a análise e decisão de investimentos é por meio da TIR – Taxa Interna de Retorno, que iguala o VPL a zero, tornando-se um cálculo complementar ao Valor Presente Líquido e indicando o retorno real sobre o investimento feito.

A análise a ser feita é a seguinte: se a TIR for maior do que a taxa de remuneração desejada, o investimento trará lucratividade. Por outro lado, se a TIR for menor do que a taxa fixada, o projeto não será lucrativo.

Dados:

Investimento inicial: R$ 10.000

1o. mês: R$ 3.000

2o. mês: R$ 3.000

3o. mês: R$ 3.000

4o. mês: R$ 3.000

5o. mês: R$ 3.000

Cálculo:

10000 CHS g CFo

3000 g CFj

3000 g CFj

3000 g CFj

3000 g CFj

3000 g CFj

f IRR

A TIR será de 15,24%. Se você considerou uma taxa de retorno maior do que isso para o seu empreendimento, o projeto não será atrativo. Caso tenha fixado uma taxa menor, seu investimento em um relógio de ponto biométrico será vantajoso para a empresa.

Payback

O último método de análise e decisão de investimentos que queremos apresentar a você é o Payback. Ele consiste em determinar o tempo mínimo para que você recupere o investimento inicial no seu ponto eletrônico online.

O cálculo é bastante simples: consiste em somar o quanto você vai recuperar de receita ao implementar o sistema de controle de ponto até que esse valor se iguale ao investimento inicial.

Seguindo com nosso exemplo, no quarto mês após a implementação da tecnologia para controle da jornada laboral você já teria pago pelo investimento e passaria a auferir receita.

De toda maneira, existe uma fórmula que pode ser aplicada:

Payback = Investimento Inicial / Ganho no período

Considerando os primeiros cinco meses de implementação do controle de ponto eletrônico, teríamos:

Payback = 10.000 / 15.000

Payback = 0,67

Imaginando que você tivesse três fornecedores distintos e que os valores de Payback de cada um divergissem, o ideal seria escolher aquele com maior valor de Payback. Dessa forma, sua empresa estaria lucrando mais em menos tempo.

Por que fazer análise de projetos de investimentos?

Com todos os dados em mãos, você tem mais fatores a considerar no momento de avaliar um investimento na sua empresa e até comparar o potencial de retorno da oferta de fornecedores distintos, tornando-se mais consciente sobre o uso do dinheiro pela na sua organização.

Assim será possível controlar despesas com mais facilidade e aumentar a rentabilidade de todos os projetos de investimentos planejados, garantindo um futuro mais promissor para o seu negócio.

Gostou de aprender a fazer análise e decisão de investimentos? Temos outro conteúdo que talvez possa lhe interessar: Por que PMEs precisam cuidar do controle de ponto dos funcionários. Confira!

Leave A Comment