10 características que não podem faltar em um gestor de recursos humanos

Início » Blog » Gestão de Pessoas » 10 características que não podem faltar em um gestor de recursos humanos

10 características que não podem faltar em um gestor de recursos humanos

By |2018-12-21T12:54:31+00:0021/08/2018|Gestão de Pessoas, Todos os nossos artigos|0 Comments
Tempo de leitura: 4 minutos

Há pouco tempo, a Forbes publicou um artigo refletindo sobre o novo papel do gerente de recursos humanos diante da transformação digital. Estariam os computadores, em um futuro recente, substituindo a força de trabalho dos gestores em RH?

Os dados se inclinam tanto para uma resposta positiva quanto negativa a essa pergunta. E o artigo justifica, dizendo que a atividade desse profissional vai além do tático: ela é necessária para fazer com que a força de trabalho esteja alinhada, motivada e engajada. O RH é estratégico.

O diferencial de softwares complexos e o trabalho humano é justamente o que tornam isso possível. Para isso, o profissional deve reunir competências cada vez mais estratégicas e humanas. Aqui, neste artigo, destacamos algumas delas, confira!

1. Visão estratégica

A primeira grande característica de um bom gerente de recursos humanos é a sua visão estratégica. Isso significa enxergar todo o cenário da organização, antecipando-se aos problemas e identificando oportunidades.

Com a visão estratégica, o profissional não fica preso às atividades rotineiras e puramente operacionais, criando metas e objetivos para sua atuação, sempre alinhadas com às da instituição em que trabalha.

2. Empatia

Para lidar diariamente com pessoas, é preciso ter empatia. Empatia para reconhecer as suas dificuldades e identificar os melhores caminhos para solucioná-las.

Com a empatia, o gestor, por exemplo, não perde bons profissionais pela mera falta de tato ao lidar com suas demandas.

3. Liderança

Por mais que você não ocupe, hoje, um cargo de liderança, existem muitas chances dessa qualidade ser demandada de você. Um bom líder é aquele que sabe delegar, lida bem com diferentes pessoas e identifica nelas o seu potencial.

Essas três são as qualidades primordiais daquele que quer desenvolver sua capacidade de liderança.

4. Proatividade

Já imaginou um gerente de recursos humanos que não toma a iniciativa? Ele deve ser um dos braços direitos da empresa e dos diretores, sempre pronto para dar o primeiro passo.

Assumir novas funções, pensar em projetos e soluções e antecipar problemas são formas de demonstrar a sua proatividade.

4. Capacidade de gerenciar conflitos

Um bom gestor de RH é capaz de gerenciar conflitos, seja em seu próprio time, seja entre equipes de outros setores.

Não fugir nesses momentos e fazer uso da inteligência emocional são fundamentais para lidar bem com essas situações.

5. Habilidade em enxergar talentos

Você será cobrado pelos talentos que atrair ou reter na empresa. Dessa forma, é importante desenvolver a sua capacidade de enxergá-los.

Uma boa forma de realizar isso é documentar os acertos e erros na contratação, bem como as características que os talentos de sua empresa possui, criando padrões para seleções futuras.

6. Organização

Ser organizado é uma demanda de qualquer área, mas, para os gestores de Recursos Humanos, isso é ainda mais necessário.

São muitos documentos, procedimentos, avaliações de desempenho, processos seletivos e tarefas em andamento. Perder-se em meio a tudo isso pode gerar erros que vão desde um zero a mais na folha de pagamento até a uma contratação equivocada.

7. Atualização constante

Lembra que falamos sobre RH e transformação digital? Estar atento às tecnologias que vão impactar a gestão de pessoas, assim como a outras novidades na área, é seu papel.

Verifique quais soluções para uma gestão de pessoas eficiente são as melhores do mercado, busque dominá-las e trazê-las para o seu dia a dia de trabalho.

8. Agilidade

Prazos apertados são uma rotina em qualquer RH. A boa notícia é que muitos processos podem ser previstos, fazendo com que esses deadlines não sejam um problema.

Quer uma dica? A organização (característica 6) e a atualização constante (característica 7) ajudam você nessa tarefa.

9. Inteligência emocional

Saber lidar com as próprias emoções e de maneira equilibrada com a dos colaboradores é uma forma de inteligência emocional.

Você deve ser um exemplo neste aspecto, já que lida com os recursos mais importantes de uma organização: as pessoas.

10. Sincronia com a cultura da empresa

Por fim, o gerente de recursos humanos deve estar em sintonia com a cultura empresarial. Afinal, como gerir pessoas e contratar assertivamente sem entender os valores do ambiente em que trabalha? Ter essa sincronia é um grande passo em direção ao sucesso na área de RH.

Essas são as 10 habilidades essenciais de um gerente de recursos humanos. Em quais você é mais forte? Em quais acredita que pode melhorar? Compartilhe com a gente nos comentários!

E se quiser continuar recebendo dicas como essa, não deixe de assinar a nossa newsletter. Ela traz informação relevante e atualizada diretamente em seu e-mail!

Leave A Comment