Como fazer o controle financeiro empresarial

Início » Blog » Gestão Financeira » Como fazer o controle financeiro empresarial

Como fazer o controle financeiro empresarial

Por |2018-12-13T15:02:48+00:0013/12/2018|Gestão Financeira, Todos os nossos artigos|0 Comentários
Tempo de leitura: 3 minutos

De acordo com o Sebrae, problemas de gestão estão entre as principais causas de falência de empresas no Brasil. Ao mesmo tempo, organizações que fazem o planejamento e possuem uma gestão financeira eficaz são aquelas que conseguem evitar o fechamento do negócio.

Sabendo a importância do controle financeiro empresarial ou mesmo do controle de custos em gestão de pessoas nesse cenário, elaboramos este post para lhe ajudar. A seguir, você confere 5 dicas imperdíveis para controlar melhor as finanças da sua empresa. Siga conosco e descubra!

Faça um planejamento financeiro

O primeiro passo para ter um bom controle financeiro empresarial é fazer o planejamento com antecedência. Antes mesmo que o ano corrente chegue ao fim, já é hora de montar o orçamento anual do próximo período. Para isso, é preciso fazer uma estimativa do quanto a empresa deverá gastar e receber ao longo dos meses.

Para fazer essa avaliação, é importante considerar o histórico do negócio, assim como os impostos sobre folha de pagamento e estabelecer números realistas. Fazer o orçamento financeiro anual é importante para perceber o impacto total de pequenos gastos recorrentes e identificar quais despesas podem ser cortadas. Esse planejamento também permite fazer melhores investimentos.

Escolha um software de gestão

Depois de fazer o planejamento financeiro, é preciso registrar e acompanhar as receitas e despesas regularmente. Essa atividade serve para verificar se as previsões estavam corretas e analisar a saúde financeira do negócio, permitindo que ações de correção sejam adotadas rapidamente.

Nesse caso, os softwares de gestão são mais indicados para controlar o fluxo de caixa que uma planilha de controle financeiro. Isso porque os softwares podem registrar as despesas e receitas automaticamente, tais como os gastos com banco de horas ou horas extras, garantindo um controle financeiro empresarial mais eficiente. As planilhas, por outro lado, além de não atualizarem de forma automática, também estão sujeitas a erros humanos.

Forneça treinamento à equipe

Para ter um bom controle financeiro empresarial, também é muito importante capacitar os funcionários da empresa. Afinal, eles também contribuem para os resultados financeiros do negócio.

Além de treinar os colaboradores para utilizar o software de gestão, as capacitações podem ensinar as equipes a cortar gastos desnecessários e otimizar o uso dos recursos financeiros da empresa.

Utilize tecnologias para reduzir custos

Além do uso de softwares de gestão, a tecnologia também pode ajudar a tornar o controle financeiro empresarial ainda mais eficiente. Uma das possibilidades está no corte e na redução de gastos supérfluos. Um controle de ponto digital, por exemplo, pode ajudar a empresa a reduzir os custos, já que dispensa o uso de equipamentos.

Elabore o Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE)

Para ter um controle financeiro empresarial eficiente, é imprescindível acompanhar os resultados do negócio. Dessa forma, é possível saber se as receitas estão sendo suficientes para cobrir os custos e ainda gerar lucro ou se medidas precisam ser tomadas para que isso aconteça.

Para calcular o Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE), diminua custos, despesas e impostos do valor da receita. O resultado encontrado permitirá saber se a empresa está tendo lucro ou prejuízo.

Fazer o planejamento financeiro com antecedência, capacitar os colaboradores, utilizar a tecnologia para reduzir os custos e acompanhar os resultados da empresa são ações fundamentais para ter um bom controle financeiro empresarial.

Agora que você sabe como fazer um controle financeiro eficiente, descubra como o relógio de ponto digital ajuda na redução de custos!

eBook Aumente a produtividade Tangerino

Deixe um comentário