Controle de presença: quais são os principais sistemas?

Início » Blog » Controle de ponto » Controle de presença: quais são os principais sistemas?

Controle de presença: quais são os principais sistemas?

Por |2019-01-03T09:41:43+00:0003/01/2019|Controle de ponto, Todos os nossos artigos|0 Comentários
Tempo de leitura: 3 minutos

O controle da jornada de trabalho dos funcionários da empresa (controle de presença ou de ponto) é um processo essencial e obrigatório para as empresas que possuem mais de 10 funcionários.

Através deste controle de ponto é possível monitorar as horas efetivamente trabalhadas por cada empregado, e incluir o cálculo de horas extras, intervalos e possíveis adicionais devidos.

Apesar de ser um processo relativamente simples, complicações podem aparecer se o controle de presença não for feito da forma adequada. Por isso, é importante conhecer mais sobre o assunto e saber as opções disponíveis para fazer a administração do ponto da sua empresa.

Neste artigo, listamos os principais sistemas de controle de presença disponíveis no mercado, seus pontos positivos e negativos. Desta forma, esperamos facilitar a escolha do sistema que será utilizado e contribuir com a otimização dos processos da organização.

Relógio Cartográfico

Neste método, o funcionário usa um cartão ponto de papel no qual é marcada a jornada de trabalho. Este método impede a falsificação de registros, mas não evita o esquecimento pelo funcionário. Ainda, é preciso que haja vigilância para que uma pessoa não faça o registro por outro colega.

O relógio cartográfico ou mecânico é um método simples, ágil e econômico. No entanto, é relativamente antiquado e exige controle de presença e cálculo manual das horas trabalhadas, gastando muito tempo do RH e podendo ocasionar em erros.

Relógio com código de barras

O relógio com código de barras exige que o funcionário apresente um cartão ou crachá com seu número de identificação quando for bater o ponto. Assim, a máquina faz a leitura e imprime um papel com as informações, que fica com o funcionário. Os dados obtidos são registrados no sistema de ponto da empresa.

Uma vantagem deste método é que ele pode ser incorporado em catracas na entrada/saída do prédio, por exemplo, impedindo que o funcionário passe sem bater ponto. Porém,o desgaste ou quebra do crachá demandaria substituições.

Relógio com identificação por rádio frequência

A identificação por rádio frequência (ou RFID) permite o controle de presença fazendo leitura e validação a distância. Neste método, diferentes objetos podem ser utilizados, como crachás, cartões, pulseiras, relógios. Assim, a leitura é realizada com a aproximação do objeto ao relógio de ponto, que reconhece o funcionário e faz o registro do horário.

Biometria

O sistema de ponto biométrico faz a leitura por reconhecimento digital ou facial. É um método moderno e seguro, impedindo que se faça o registro por outra pessoa. O registro também pode ser feito com leitores portáteis, no caso de trabalho remoto ou viagens.

Uma desvantagem deste método é a necessidade de mais domínio da tecnologia pela equipe. Porém, é um sistema extremamente ágil e que integra os dados de forma precisa. Ainda, é um método mais prático, pois não exige o porte de nenhum objeto, que poderia ser esquecido ou danificado.

A biometria por reconhecimento facial é um dos diferenciais do Tangerino, um software de controle de ponto que faz gestão de presença e processa as informações em tempo real, garantindo mais efetividade.

Venha conhecer essa solução inovadora que está ganhando muito espaço no mercado e pode otimizar a rotina da sua empresa e garantir um controle de ponto mais seguro e preciso!

E então, gostou de aprender mais sobre os sistemas de controle de presença? Aproveite e curta a nossa página no Facebook!

eBook Escolha Ponto Eletrônico

Deixe um comentário