Departamento de RH: cenários para o próximo ano

Início » Blog » Gestão de Pessoas » Departamento de RH: cenários para o próximo ano

Departamento de RH: cenários para o próximo ano

Por |2018-12-28T09:52:23+00:0028/12/2018|Gestão de Pessoas, Todos os nossos artigos|0 Comentários
Tempo de leitura: 3 minutos

O mercado de trabalho está em constante mudança, independentemente do setor de atuação. Por isso, é importante que as empresas e seus departamentos de RH estejam atentos e acompanhem de perto as novidades e transformações, valorizando o capital humano e o que pode ser adaptado para gerar mais resultados e lucros.

Quer saber o que é tendência para potencializar os resultados do departamento de RH? Continue a leitura e descubra!

Benefícios personalizados

É comum que muitas empresas estabeleçam benefícios aos seus funcionários. No entanto, vale-refeição ou planos de saúde já não são mais suficientes como bonificações. Tornou-se necessário, para manter os empregados satisfeitos e felizes, investir em outros tipos de vantagens e isso vai de acordo com o perfil do colaborador.

Por isso, é importante que o departamento de RH encontre novas soluções, que fujam das tradicionais. O empregado cumpriu todas as metas e você identificou que ele anda cansado ou estressado? Que tal um fim de semana em um SPA?

Dias de beleza, vale-compras e até viagens podem ser alternativas que são um extra, mas que fazem a diferença para o integrante da equipe. Além de se sentir valorizado, essas ações contribuem para que o profissional aumente a qualidade de vida e interferem diretamente no bem-estar do trabalho.

People Analytics

Outra tendência no departamento de RH é o uso do People Analytics. Ou seja, análise de dados para identificar como é o comportamento dos funcionários da empresa. As informações podem vir de diferentes fontes, como por exemplo, feedbacks dados, perfis em redes sociais, dados de vendas ou rendimento do colaborador e metadata.

Para realizar a análise, um profissional especialista em avaliação de dados considera as informações coletadas e os resultados da empresa. Assim, ele cruza dados e pondera sobre setores, conseguindo identificar gargalos de produção, satisfação do colaborador, produtividade no trabalho,  clima organizacional, entre outros.

Home office e coworking

É relevante que as empresas entendam que o antigo formato de escritórios fechados, com uma mesa e computador, unidos à pouca flexibilidade de horários, não atendem mais ao perfil de mercado atual.

Por isso, o departamento de RH deve encontrar modelos de trabalho que se adequem ao que a organização quer e os funcionários também. Entre as alternativas estão o Home Office e o coworking, em que o colaborador trabalha a distância de modo integral ou parcial, de casa ou de ambientes compartilhados.

Essa é uma tendência mundial, com países como Estados Unidos e Alemanha liderando no mercado como adeptos. No Brasil, São Paulo está à frente com várias empresas aderindo à prática.

Controle de ponto online

Se trabalhar a distância já é uma realidade, por que o controle de ponto dos funcionários, assim como suas horas trabalhadas, devem continuar convencionais? Por isso, cada vez mais empresas utilizam sistemas de monitoramento de horário de trabalho de modo virtual.

Essa tendência vem casada com a facilidade do controle de ponto online via aplicativo. O colaborador que está viajando ou trabalhando fora do escritório registra quando começou a trabalhar e quando terminou, enviando os dados em tempo real para a empresa.

Além de ser prático para o profissional, a companhia ainda se beneficia com monitoramento e dados que são ótimos para a gestão. É possível ver os índices de produtividade, horas extras e absenteísmo na empresa, entre outros.

O departamento de RH da sua empresa pode se tornar muito mais estratégico! Faça um teste gratuito por 14 dias no Tangerino e entenda como essa solução vai ajudar a sua empresa a lucrar mais!

eBook Guia da Comunicação Interna

Deixe um comentário