Economia na Contratação de Funcionários é possível!

Início » Blog » Gestão Empresarial » Economia na Contratação de Funcionários é possível!

Economia na Contratação de Funcionários é possível!

Tempo de leitura: 3 minutos

A seleção de colaboradores exige cuidado e empenho. Uma escolha errada implica em desperdício de tempo, energia e… dinheiro! Por isso, é essencial ter muita atenção em cada etapa do processo de contratação de funcionários.

Seguindo algumas orientações e lançando mão da tecnologia, é possível otimizar o processo seletivo e reduzir seu custo. Veja como contratar um funcionário com economia neste post!

Use a tecnologia

Se a tecnologia permite o trabalho remoto, pode também ser utilizada para baratear a contratação de funcionários. Traga essa tendência para os processos seletivos de sua empresa e economize!

A divulgação da vaga pode ser feita em redes sociais e plataformas especializadas, de graça. Provas de raciocínio lógico, idiomas, conhecimento técnico e testes psicológicos e comportamentais podem ser realizados online, por meio de softwares especializados. Entrevistas e dinâmicas de grupos, por sua vez, podem ser feitas por meio de videoconferências.

Para uma triagem inicial, funcionam perfeitamente. Apenas no final do processo recomenda-se uma entrevista presencial com os candidatos.

Terceirize alguns serviços

Uma boa ideia é apostar na terceirização de serviços. O chamado outsourcing já é realidade para muitas empresas e pode contribuir para o controle de custos em gestão de pessoas.

É possível contratar empresas especializadas em terceirização e até profissionais autônomos como pessoa jurídica, dispensando o contrato de trabalho tradicional, pela CLT.

Seja objetivo

Ser assertivo na contratação de funcionários é definir com clareza o perfil desejado para a vaga aberta e manter o foco nele durante a seleção. Não se esqueça que o comportamento de seu colaborador é tão importante quanto sua formação, experiência e conhecimento técnico. Seus valores devem estar em conformidade com os da empresa.

O perfil buscado deve ser apresentado logo na oferta do emprego, ou nos primeiros momentos da seleção.  O custo de um funcionário é alto, portanto a escolha deve ser certeira!

Leve em conta as indicações e pense no recrutamento interno

A pessoa que você procura pode estar mais perto do que imagina. Será sempre mais vantajoso promover um atual colaborador do que investir na contratação de funcionários.

Esta pessoa pode ser aquele empregado brilhante, que vem se destacando em sua função, ou aquele profissional com um grande potencial, que já rendeu muito à empresa, mas que apresentou queda na produtividade por estar desmotivado.

É hora de chamar essas pessoas para uma conversa e apresentar-lhes a nova possibilidade. Se estiverem dispostos aos novos desafios, você terá alguém já familiarizado com a cultura da empresa e integrado com os demais colaboradores.

Indicações de seus gestores e empregados também são bem-vindas. Afinal, eles conhecem bem tanto a sua empresa quanto o colega à procura de emprego. Porém, a indicação não deve dispensar o candidato do processo seletivo.

Integre o novo funcionário

Após a decisão acertada, os gestores deverão empregar esforços para integrar o novo colaborador à equipe e empenhar-se para que ele se sinta confortável e motivado a dar o melhor de si.

Essa tarefa inclui apresentar as instalações e equipamentos que o funcionário irá utilizar, comunicá-lo com clareza sobre as regras e política da empresa e apresentá-lo ao demais colaboradores. Se não for possível fazer isso pessoalmente, pode-se utilizar meios eletrônicos, como e-mail, grupos no WhatsApp ou mensagem pelo aplicativo de ponto eletrônico, na caso de colaboradores externos.

Esperamos que essas dicas para a contratação de funcionários a um menor custo tenham sido úteis. Uma outra premissa para reduzir os gastos com pessoal é estimular a produtividade.

Que tal aprender como aumentar a produtividade dos seus funcionários?

Deixe um comentário