Como saber se você tem uma equipe de alta performance?

Início » Blog » Todos os nossos artigos » Como saber se você tem uma equipe de alta performance?

Como saber se você tem uma equipe de alta performance?

By |2018-12-21T13:13:41+00:0021/12/2018|Todos os nossos artigos|0 Comments
Tempo de leitura: 3 minutos

O termo “equipe de alta performance” pode parecer novo, mas surgiu pela primeira vez em 1951. Observando uma mina de carvão, o pesquisador Eric Trist e outros estudiosos perceberam que essa, em particular, apresentava níveis altos de produtividade, diferente das de outros lugares.

O que diferenciava esse time dos demais?

Na época, chegou-se à conclusão de que a autonomia e diversidade eram alguns dos fatores. Hoje, podemos acrescentar uma série de característica a essa lista.

Mostraremos quais características são essas ao longo deste post. Continue lendo para entender se você possui um time de alta performance e saiba como é possível formar um!

Primeiro, o que é uma equipe de alta performance?

Podemos entender o que são equipes de alta performance utilizando um exemplo do mundo dos esportes. Pense na São Silvestre. O que diferencia aqueles que atingem o pódio dos que também completam a corrida, mas em muito mais tempo?

Seu desempenho, motivação, preparação, método escolhido e conhecimento, talvez. O mesmo acontece com colaboradores que formam uma equipe de alta performance. Qualquer um pode atingir a meta, mas poucos o fazem com inovação e eficácia.

Embora não seja a analogia perfeita, já que na São Silvestre cada um disputa individualmente, podemos entender que um time de alta performance não é feito apenas de sucesso.

Além disso, ele possui maior comprometimento (como os corredores do pódio) e habilidades técnicas e comportamentais. E o melhor, sabem trabalhar bem em equipe.

O checklist da equipe de alta performance

Não sabe se possui uma equipe de alta performance? Verifique os requisitos abaixo:

1. Um líder de alta performance

Não existe time de alta performance sem líderes que promovam isso. Uma pesquisa realizada com 66 mil entrevistados constatou que líderes orientados para alta performance possuíam 71% de sua equipe altamente comprometida, enquanto nos demais essa taxa era de 13%.

Dentre as características desses profissionais estão a capacidade de inspirar, de resolver conflitos, de se comunicar e ser confiável. Eles sabem, também, como motivar uma equipe e manter um clima organizacional positivo.

2. Autonomia

Autonomia é a chave para a alta performance, segundo a pesquisa de Eric Trist, algo sustentado por investigações modernas. Isso significa que, no dia a dia e em momentos de adversidade, o time é capaz de tomar suas próprias decisões que são, quase sempre, assertivas.

Além da facilidade na gestão de problemas, a autonomia aumenta a motivação da equipe, já que cada um se sente responsável por aquilo que faz.

3. Diversidade

Formar uma boa equipe depende, também, de seus integrantes. A diversidade, não só técnica, como social e cultural, ajuda a formar times completos e aptos a lidar com múltiplos cenários.

A diversidade também é importante para enxergar soluções novas e antecipar problemas que podem acontecer em projetos da organização.

4.  Boa comunicação

Ter mentes brilhantes que não sabem como dar feedback entre si é uma grande barreira para formar equipes de alta performance. Assim, você consegue identificar uma pela forma como os colaboradores interagem entre si.

Eles possuem rotinas de comunicação bem definidas? Os ruídos são raros? Cada um sabe o que o outro faz dentro da empresa? Esses são indícios de que a equipe mantém uma boa comunicação.

Ter uma equipe de alta performance não é o resultado de um único fator. Vários deles ajudam para que a organização atinja seus objetivos por meio de seus colaboradores!

E aí, você tem uma equipe de alta performance? Ainda não? Comece a entender porque o capital intelectual é a nova vantagem competitiva das empresas e desenvolva seu time!

Leave A Comment