Qual a melhor estratégia para a retenção de talentos?

//Qual a melhor estratégia para a retenção de talentos?

Qual a melhor estratégia para a retenção de talentos?

By |2018-08-07T18:17:28+00:0018/08/2017|Todos os nossos artigos|0 Comments

Muitas empresas criam estratégias eficientes para atrair bons profissionais para o seu ambiente interno, como os programas de trainees.

Porém, depois da contratação, algumas instituições têm dificuldade em outro aspecto — a retenção de talentos.

Se você é um gestor de recursos humanos, é fundamental que estruture uma política interna que consiga preservar os melhores colaboradores que possui. Mas como você pode fazer isso? Neste artigo, vamos ajudá-lo a atingir este objetivo.

Por que apenas os programas de trainees não são suficientes?

Os programas de trainees são muito utilizados pelas empresas para selecionar e treinar jovens talentos. Esses processos costumam ser extensos e bem rigorosos. Neles, é avaliado o conhecimento, a iniciativa, o relacionamento interpessoal, a liderança, entre outros tributos do profissional.

Apesar de essa ser uma maneira eficiente de desenvolver os jovens colaboradores e enriquecer o capital humano da empresa, se não houver atrativos internos que segurem esses profissionais, logo eles saem de empresa. Com isso, todo o trabalho feito por meio do programa de trainees será em vão.

Como a empresa pode melhorar a retenção de talentos?

Algumas empresas acreditam que dar apenas um bom salário impedirá um profissional de procurar trabalho em outra instituição. No entanto, isso é um engano. Embora os honorários ainda sejam um bom atrativo, um estudo intitulado Millennial Careers, feito pela empresa ManpowerGroup, revelou o que os atuais profissionais procuram em um emprego.

Segundo a pesquisa, eles querem trabalhar em um ambiente que dê oportunidades de crescimento em sua carreira, convívio com bons profissionais e flexibilidade. Sendo assim, para que a sua empresa monte uma estratégia eficiente de retenção de talentos, é importante saber primeiro o que eles esperam de sua organização.

Conheça o desejo dos profissionais

Durante os processos de seleção, os recrutadores podem questionar os candidatos à vaga de trainee sobre quais são suas expectativas em relação à empresa. Além disso, é vital saber deles o que faria com que amassem trabalhar na instituição. Essas informações devem ser armazenadas e analisadas pelos gestores da organização.

Algumas empresas têm adotado uma atitude muito interessante: depois de alguns meses da admissão de um colaborador, ele é convidado a responder um breve questionário online sobre o que está achando de trabalhar na organização. Desse modo, é possível saber qual é a sua impressão sobre a empresa.

Invista na cultura organizacional

Quando falamos de ambiente interno, não podemos esquecer a importância da criação de uma cultura organizacional. Infelizmente, esse é um fator que passa despercebido por muitos gestores.

Porém, quando a empresa constrói uma identidade forte e própria, ela não só atrai os profissionais que se identificam com a sua marca como também os preserva entre a sua equipe.

Um exemplo de empresa que soube idealizar uma cultura interna atrativa é a Google. Em um artigo da revista Exame, foi apontado o que faz essa organização ser tão cobiçada por profissionais talentosos e amada pelos seus colaboradores.

Entre os motivos apresentados está o modo diferente e interessante de trabalhar ali. A empresa é toda customizada para que o seu ambiente interno seja sempre inovador e estimule os funcionários a crescer em sua carreira. Ao entrar nessa instituição incrível, é fácil compreender porque os colaboradores não querem mais sair dela.

Melhore a comunicação interna

Os funcionários precisam saber que fazem parte das decisões importantes da empresa. Mas como isso pode ser feito? Por meio de reuniões e eventos, os gestores podem oferecer aos trainees a oportunidade de darem suas opiniões sobre os processos internos do negócio.

Para conseguir isso, algumas organizações promovem um café com o presidente. Nessas ocasiões, o líder máximo da empresa se reúne com um número específico de funcionários ou visita um determinado setor da empresa para uma conversa descontraída.

Outra forma de promover o livre diálogo é por meio dos feedbacks. Você sabe qual é a importância dessa prática? Um artigo da Great Place to Work revelou que o grau de confiança de um funcionário em relação à empresa pode chegar a 86% ao receber mais de três feedbacks por ano.

Sendo assim, quanto mais os trainees ganham conselhos e orientações sobre a sua carreira, maior será a possibilidade de permanecerem na empresa.

Tenha um plano de carreira

Um antigo provérbio diz: “Não há bons portos para quem não sabe aonde quer chegar”. Essa frase destaca o que pode acontecer dentro da empresa caso os colaboradores não entendam como poderão progredir em sua carreira.

Se houver esse ambiente de incertezas, dificilmente a instituição preservará os bons profissionais. Por isso, possuir um plano de carreira faz parte da estratégia para a retenção de talentos.

Deixe os colaboradores saberem o que precisam fazer para alcançarem novos patamares na organização. Mostre o que se espera deles na função em que estão atuando e quais cargos estarão disponíveis no futuro caso continuem mantendo um bom desempenho.

Essa prática motivará os trainees a fazer o seu melhor e a continuar trabalhando para receber futuras promoções. Com esse objetivo em mente, dificilmente serão atraídos para outra organização.

Crie um programa de educação corporativa

De acordo com o Panorama do treinamento Brasil, houve um aumento de 33%, em 2016, no investimento em programas de educação corporativa no país. Esse estudo mostrou também que quando os colaboradores são treinados há uma melhora no clima organizacional.

Isso acontece porque os trainees percebem o interesse da empresa no seu desenvolvimento profissional. Além disso, os funcionários ficam mais seguros, pois entendem que a instituição quer mantê-los no seu ambiente interno, do contrário, não investiria neles.

O modo como será o programa de educação corporativa muito dependerá do perfil da empresa e dos colaboradores. Entretanto, é vital que os profissionais sintam que o conteúdo do treinamento ensina métodos e conceitos práticos para a sua função. Desse modo, ficarão mais estimulados a participar das aulas.

Algumas empresas têm sucesso em programas de educação, como é o caso da Tangerino. Essa organização não só ajuda outras organizações a tornarem esse e outros processos internos mais eficientes, mas também é um exemplo dessa prática em seu próprio ambiente interno.

Sendo assim, com algumas ações é possível que a sua empresa seja desejada pelos bons profissionais. Além disso, o programa de trainee vai capacitar os colaboradores e ajudá-los a permanecer na empresa. Desse modo, sua organização vai alcançar excelentes resultados!

Gostou deste artigo? Ele ajudou a descobrir qual é a melhor estratégia para a retenção de talentos dentro da sua empresa? Então assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como este.

eBook2 Tangerino

Leave A Comment