Quem é o gestor de recursos humanos do futuro?

Início » Blog » Departamento pessoal » Quem é o gestor de recursos humanos do futuro?

Quem é o gestor de recursos humanos do futuro?

2019-06-27T04:49:00+00:0013/12/2018|Departamento pessoal, Todos os nossos artigos|
Tempo de leitura: 3 minutos

Diversas profissões têm passado por mudanças nos últimos anos, e isso não é diferente para o profissional que lida com a carreira de outras pessoas. Gamificação, treinamentos online e automação de processos já fazem parte do dia a dia do gestor de recursos humanos.

Mas, a previsão é que outras novidades continuem a surgir nos próximos anos. Por isso, é imprescindível que os profissionais da área estejam atentos e preparados para as mudanças.

Se esse é o seu caso, este post vai lhe ajudar, e muito! Continue lendo e descubra quais são as competências que todo gerente de recursos humanos precisa desenvolver em um futuro próximo!

Tem habilidade com tecnologias

Conhecer e dominar diferentes tecnologias é uma das competências que todo gestor de recursos humanos do futuro deve ter para se destacar no mercado. Mesmo hoje, essa competência já se mostra necessária, pois já existem diversas ferramentas que ajudam a reduzir custos e aumentar a eficiência no trabalho.

Alguns exemplos são as entrevistas virtuais que permitem que o profissional de RH possa fazer uma pré-avaliação por meio de vídeo e o controle de ponto digital, que permite monitorar a jornada de trabalho dentro e fora da organização.

Ferramentas de coleta e análise de dados também devem se tornar cada vez mais frequentes no dia a dia do profissional de recursos humanos, a exemplo do people analytics.

Preza pela cultura organizacional

Outra competência importante para o gestor de recursos humanos do futuro é a capacidade de gerenciar a cultura organizacional das instituições. O profissional deve saber quais valores a empresa deseja transmitir aos seus públicos. Assim, pode trabalhar ações para possibilitar a formação e a manutenção dessa cultura entre os funcionários.

Promover mudanças, inovar, integrar os diferentes setores da empresa e tornar os relacionamentos mais humanos dentro da organização são algumas das necessidades nessa área.

Desenvolvedor de competências

O gestor de recursos humanos do futuro também deve atuar como um desenvolvedor de competências na empresa. Em primeiro lugar, ele deve ter a capacidade de mapear os perfis comportamentais dos candidatos. Dessa forma, pode realizar contratações que selecionem o profissional adequado para cada vaga.

Depois, é necessário saber como combinar as habilidades de cada colaborador e criar planos de desenvolvimento profissional para os funcionários com o foco nos objetivos da empresa. Dessa forma, é possível aumentar a produtividade no trabalho e reduzir a taxa de rotatividade.

Gestor do conhecimento

O profissional de recursos humanos do futuro também deve ser um gestor do das informações. Atualmente, no que já é conhecida como a era do conhecimento, o acesso a dados e análise dos mesmos mudou a forma de decidir.

As empresas precisam saber organizar e difundir o grande volume de informação que circula e o gestor de recursos humanos é um dos profissionais mais importantes para tornar isso possível.

Neste post, você descobriu quem é o gestor de recursos humanos do futuro. Habilidade com tecnologias e capacidade de gerenciar a cultura organizacional e o conhecimento da empresa, além de desenvolver as habilidades dos colaboradores, são algumas das competências esperadas desse profissional nos próximos anos.

Agora que você conhece o perfil do gestor de RH do futuro, conheça 5 tecnologias que vão impactar a gestão de pessoas nos próximos anos!

eBook Aumente a produtividade Tangerino

Sobre o Autor:

Leonardo é graduado e pós-graduado pela PUC Minas em Ciências da Computação. Formou-se em Inovação e Empreendedorismo pela Universidade de Stanford, nos USA. No Brasil, fundou diversas empresas de tecnologia e gestão, incluindo a Framework System, uma das maiores empresas de software de Minas Gerais e as startups Tangerino, Argos e Columbus. Possui ampla experiência na criação de soluções tecnológicas, gestão de pessoas e inteligência de mercado. Atualmente atua como CEO do Tangerino, revolucionando a maneira como empresas de todo o Brasil realizam o controle de ponto.
Nosso site faz o uso de cookies e outros serviços de terceiros.
Para mais informações veja nossa Política de Privacidade.
Ok