O papel do EAD na gestão de pessoas

Início » Blog » Todos os nossos artigos » O papel do EAD na gestão de pessoas

O papel do EAD na gestão de pessoas

Por |2019-05-14T18:10:41+00:0018/02/2019|Todos os nossos artigos|0 Comentários
Tempo de leitura: 3 minutos

A gestão de pessoas é uma prática que se responsabiliza pela capacitação e desenvolvimento dos colaboradores. Essa atividade sofreu diversas evoluções e se organizou de diferentes maneiras ao longo do tempo.

Mesmo com as mudanças ocorridas, ainda existe espaço para aprimorar o modelo atual que se tornou um padrão nas empresas.

Desde as fábricas na Revolução Industrial até as modernas startups, houve progressos significativos no modo de exercer a gestão de pessoas. Entre as mais relevantes podemos destacar:

  • Criação das leis trabalhistas;
  • Visão humanizada em relação a equipe: agora ela não é mais vista somente como força de trabalho, mas também como indivíduos;
  • Mudança nas atribuições do departamento de RH. Além das questões financeiras e administrativas, o setor também assumiu o papel de treinar e motivar os funcionários.

Quer entender melhor sobre essa questão? Então continue lendo!

A nova realidade da gestão de pessoas

O cenário atual mostra o RH formado por profissionais preparados para ver o colaborador além de uma mão-de-obra. Questões como assédio, por exemplo, hoje devem ser tratadas na empresa com essa seção.

Além da humanização do funcionário, a tecnologia foi introduzida para contribuir com os dois lados. Desde procedimentos simples, como o ponto eletrônico no lugar do registro manual, até uma estrutura que oferece mais suporte ao funcionário e à empresa, como treinamentos online em substituição aos presenciais.

A adoção de novas tecnologias foi acontecendo de forma natural. Apesar de algumas corporações resistirem à modernização, a maioria se beneficia com softwares que auxiliam o gestor de RH em diversas áreas.

A grande revolução nas empresas aconteceu com o advento da internet. Pois, por meio dela foi possível melhorar os processos de maneira satisfatória!

O EAD e a gestão de pessoas

Uma das práticas que já acontecia nas empresas, mesmo sem a internet, são os treinamentos dos colaboradores. Antigamente eles aconteciam de forma presencial. Hoje essa modalidade de ensino ainda existe, no entanto, não é mais a única possibilidade.

Na verdade, havia a possibilidade de aprender à distância com o EAD por correspondência. Porém, com a internet essa associação passou a ser feita imediatamente com o ambiente online.

A partir da demanda do mercado para ensinar via internet, as plataformas para EAD online foram criadas e estão sendo aprimoradas cada vez mais. Dessa forma, as empresas conseguem criar o seu próprio treinamento, hospedá-lo e disponibilizá-lo pelo tempo que for necessário.

Esse modelo de treinamento permite que mais profissionais tenham acesso à qualificação, não só a partir de cursos oferecidos pela empresa, mas também por oportunidades de fontes externas.

O EAD na adoção de novas tecnologias

Assim que as empresas começaram a adotar treinamentos online para garantir mais flexibilidade, maior alcance e menor custo, ficou claro como a tecnologia é uma poderosa aliada e otimizadora de tempo.

Com essa possibilidade também houve mais abertura para os softwares e equipamentos modernos. O papel foi sendo deixado de lado e as telas foram ocupando mais lugares nos ambientes de trabalho. A partir disso, tanto o RH quanto os colaboradores precisaram se adaptar às mudanças.

O EAD teve a sua contribuição, mas os acontecimentos ao redor também contribuíram para a evolução natural da relação entre ser humano e tecnologia. E não para por aqui! Ainda seremos expostos à novas realidades por mais décadas.

Você já participou de algum treinamento EAD em sua empresa? Compartilhe suas experiências com nossos leitores nos comentários!

Caso você quieira saber como funciona o treinamento EAD na prática, confira o webinar Como capacitar times de marketing e vendas usando uma Plataforma EAD, do Twygo.

Sobre o Autor:

Formado em Ciências da Computação e Pós Graduado na FGV, se destacou logo no início de sua carreira como Líder Técnico em projetos em fábricas de Software. Em 2007, mudou-se para Londres para atuar como Arquiteto Java na empresa Britânica Boltblue Corp. Na volta, fundou a Framework, empresa que vem se consolidando há 10 anos. Hoje ocupa a função de Diretor Executivo na Framework, e Tangerino (Startup criada com seus sócios).

Deixe um comentário

Nosso site faz o uso de cookies e outros serviços de terceiros.
Para mais informações veja nossa Política de Privacidade.
Ok