Os prós e os contras do cartão de ponto digital

/, Todos os nossos artigos/Os prós e os contras do cartão de ponto digital

Os prós e os contras do cartão de ponto digital

By |2018-10-15T11:49:01+00:0026/11/2015|Controle de ponto, Todos os nossos artigos|0 Comments

Que o controle de ponto de funcionários é obrigatório em estabelecimentos com 10 ou mais funcionários, você já deve estar ciente. A necessidade está especificada no artigo 74 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), §2º parágrafo. Mesmo assim, de acordo com a legislação, o controle de ponto pode ser feito de forma manual, mecânica ou eletrônica.

Cabe à empresa definir qual é o sistema de ponto que melhor atende às suas necessidades. Neste sentido, na busca de otimizar o controle de horas trabalhadas, muitas companhias apostam na eficiência do uso de sistemas baseados no uso do cartão de ponto digital.

Mas, será que só existem vantagens no controle de ponto digital? Vejamos algumas vantagens e desvantagens no artigo de hoje.

Prós do cartão do ponto digital para empresas

O relógio de ponto também é conhecido de REP (registrador de Ponto eletrônico) e oferece todas as funcionalidades de um controle mecânico, mas agrega integrações com sistemas e dispositivos informáticos. Com isso, sua empresa poderá:

Economizar tempo de gestão de ponto

No sistema mecânico, os dados relacionados ao registro de ponto precisam ser levantados manualmente, uma tarefa que demanda uma maior quantidade de recursos humanos dedicados ao controle de horas trabalhadas. Ao optar pela marcação via cartão de ponto digital, todos os dados já são lançados no sistema automaticamente.

Controle preciso das horas

A marcação via cartão de ponto digital registra a hora exata, não dá margem para arredondamentos. Em um controle de ponto manual, é comum que se ‘ajustem’ os horários. Lembre-se que 10 minutos perdidos, várias vezes ao ano, podem representar jornadas completas registradas, mas não trabalhadas.

Monitoramento em tempo real

A entrada e saída de funcionários, quando registrada de forma mecânica ou manual, não permite um acompanhamento remoto do RH sobre a jornada do funcionário. Com a marcação com um cartão de ponto digital, o sistema de ponto eletrônico pode ser acessado de qualquer parte e fornece as informações de cada trabalhador.

Contras do uso de um sistema de marcação de ponto digital

O que pode ser chamado de contra tem mais a ver com algumas necessidades legais. O uso de sistemas de controle de ponto digitais precisam, necessariamente, atender às portarias 373 e 1510 do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Por exemplo, a portaria 373 do MTE define que o uso de sistemas alternativos de controle do registro de ponto precisam ser “autorizados por convenção ou acordo coletivo”.  Já no caso da portaria 1510 do MTE, a mesma especifica que a solução contratada deve ser homologada pelo Ministério do Trabalho.

Conclusões

Se sua empresa busca otimizar seus processos de gestão de controles de horas trabalhadas, economizar com a contratação de pessoal dedicado a estas funções e aproveitar os benefícios da tecnologia do uso do cartão de ponto digital, não deixe de conferir os benefícios da solução do Tangerino.

Somos uma empresa que fornece soluções com vários recursos que facilitam o fechamento do controle de ponto, controle do banco de horas, de horas extras, atrasos e faltas, além da integração com sua folha de pagamento, entre outras funcionalidades. Confira nossos planos e preços!

Gostou dessa ideia? Conheça o Tangerino, aplicativo para o controle de ponto online de horas trabalhadas pelos colaboradores da sua empresa. Não vai perder, vai?

eBook Aumente a produtividade Tangerino

Leave A Comment