Ponto biométrico: um bom substituto para o controle de ponto manual

//Ponto biométrico: um bom substituto para o controle de ponto manual

Ponto biométrico: um bom substituto para o controle de ponto manual

By |2018-10-22T11:32:08+00:0005/04/2018|Controle de ponto|0 Comments

A legislação brasileira exige que estabelecimentos que possuam mais de 10 funcionários mantenham o controle de jornada, seja ele manual ou digital. Além de oferecer mais agilidade e confiabilidade nas informações, o ponto  biométrico ainda possui muitas vantagens quando comparado ao controle de ponto manual.

Neste artigo, vamos fazer uma comparação entre essas duas ferramentas para que você entenda se realmente vale a pena implementar essa tecnologia em sua empresa.

Quer saber se o relógio de ponto biométrico realmente vale a pena para o seu negócio? Siga com a leitura!

O que é o controle de ponto manual?

Controle de ponto manual é toda forma de gestão de jornada de trabalho que exija o preenchimento dos dados, seja em um cartão de ponto, em um livro ou em uma folha de ponto assinada diariamente pelos funcionários. Esse é o método mais antigo para gerir o tempo trabalhado e em um mundo cada vez mais digital está se tornando quase obsoleto.

Apesar de ter sido utilizado por muitos anos, o controle de ponto manual vem sendo cada vez mais questionado tanto pelos gestores quanto pela própria justiça.  Principalmente nos casos de folhas de ponto preenchidas com horários exatos, fica sempre a dúvida sobre a veracidade das informações ali registradas.

Em virtude disso, nos últimos anos houve uma enorme evolução em termos de controle de jornada de trabalho. Empresas de tecnologia desenvolveram formas mais precisas e seguras de controlar o ponto dos funcionários, como o relógio de ponto biométrico.

Como funciona o relógio de ponto biométrico?

Ao contrário do primeiro, essa ferramenta de controle é muito mais confiável. Isso porque o ponto só é aberto quando a digital cadastrada é inserida no equipamento, evitando fraudes e, além disso, as informações são automaticamente enviadas a um software de gestão, o que facilita a consolidação dos dados trabalhistas da empresa.

Os colaboradores também recebem um comprovante impresso sempre que abrem e fecham o ponto com suas digitais, facilitando o seu controle e permitindo que mantenham um controle preciso de suas próprias jornadas de trabalho. Mas, como comprovar se esse investimento realmente vale a pena?

Custos

O primeiro ponto que você precisa considerar são os custos envolvidos no controle de ponto manual. Por exemplo: quanto tempo o responsável pelo RH da sua empresa gasta consolidando todas as informações dos cartões ou folhas de ponto em uma planilha para que você analise os dados?

Além disso, quantas vezes você já se pegou em dúvida sobre se um determinado colaborador realmente fez as horas extras que declarou? Esse tipo de custo, mesmo que impreciso, deve ser considerado na hora de avaliar o retorno do investimento em um relógio de ponto digital biométrico.

Questões judiciais

Um dos principais pontos negativos do controle de ponto manual é a fragilidade do processo perante a justiça. Isso porque como o preenchimento é manual, muitas vezes os colaboradores deixam para fazê-lo uma vez por semana ou até mesmo uma vez por mês, colocando horários exatos (e às vezes iguais) em todos os dias.

Isso gera uma grande desconfiança por parte dos juízes, que consideram essa forma de controle ineficaz. O controle de ponto biométrico registra com precisão o horário de entrada e saída, eliminando quaisquer brechas no processo e evitando problemas judiciais no futuro.

Produtividade

O controle de ponto biométrico é, sem dúvidas, uma excelente maneira de aumentar a produtividade de sua equipe de RH. Além de consolidar os dados automaticamente em um software, ele facilita o cadastramento de novos funcionários e agiliza o fechamento mensal da folha de ponto.

Além disso, o controle de jornada de trabalho manual exige que seus colaboradores parem todos os dias para preencher a folha e assiná-la. O ponto biométrico agiliza esse processo, permitindo que o registro seja iniciado ou encerrado em poucos segundos, apenas com um toque no relógio.

Resultados

Uma equipe de Recursos Humanos que possui uma boa ferramenta de gestão de ponto possui mais tempo para gerar resultados em outras tarefas vitais da área, como a contratação de pessoal, treinamentos de pessoal e o desenvolvimento de campanhas motivacionais.

Os resultados dos demais times da empresa também são afetados por uma gestão mais eficiente de ponto. O preenchimento manual exige que ele gaste muito tempo preenchendo informações que poderiam ser automatizadas.

A automação desse processo também oferece uma maior confiabilidade nos dados, permitindo decisões gerenciais mais precisas. É possível saber, por exemplo, se o excesso de horas extras pode ser suprido com a contratação de mais pessoal e, também, como é a produção de cada membro da equipe.

ROI (Retorno sobre o investimento)

O cálculo do ROI da implementação do ponto eletrônico biométrico em sua empresa deve considerar toda as horas gastas pelo time de RH em tarefas manuais, como por exemplo o fechamento mensal da folha de ponto. Além disso, você também pode somar potenciais problemas gerados por erros de preenchimento e consolidação dos dados.

A automação desses processos também pode resultar na redução de sua equipe e em uma consequente economia. Caso essa seja a realidade de sua empresa, vale a pena levar em conta o salário desse profissional na hora de calcular o ROI do investimento em um ponto biométrico.

Menos fraude, mais controle

Por fim, outro ponto que você deve considerar ao calcular o ROI do investimento em um ponto eletrônico biométrico é a eliminação de potenciais fraudes relacionadas à jornada dos colaboradores causadas pelo preenchimento manual das informações.

Isso porque, como o controle é feito por meio da impressão digital de cada funcionário, é impossível que uma pessoa registre o ponto de uma outra que está atrasada ou que não foi trabalhar. Essa limitação oferece para o gestor um retrato mais fiel da presença e tempo trabalhado por cada colaborador.

A adoção do controle de ponto biométrico é uma excelente solução para diversos problemas causados pelo preenchimento manual das folhas ou cartões de ponto.

Outra excelente opção para os gestores é o controle de ponto online, ou ponto digital. Se você ainda não conhece essa solução, entenda melhor do que estamos falando no artigo sobre ponto online.

Caso já esteja seguro da sua opção, conheça a plataforma Tangerino totalmente grátis e entenda como você pode melhorar os resultados do seu time de RH e evitar dores de cabeça!

Leave A Comment