Saiba como controlar banco de horas sem estresse

Início » Blog » Gestão de Pessoas » Saiba como controlar banco de horas sem estresse

Saiba como controlar banco de horas sem estresse

Tempo de leitura: 3 minutos

A planilha de banco de horas deixou de ser a melhor alternativa para controlar as jornadas de trabalho dos funcionários há muito tempo. Além de demandar muito tempo do RH, seu preenchimento é passível de erros e fraudes, o que gera estresse e até prejuízo para a empresa.

Quer saber como controlar o banco de horas de maneira segura e sem preocupação? Leia este post!

Escolha um registro de ponto digital

O banco de horas nada mais é que a diferença entre o tempo de jornada previsto no contrato de trabalho e o tempo efetivamente trabalhado, por isso, o primeiro passo para seu controle é a adoção de um sistema de ponto eficiente. O registro de ponto manual não é uma opção: ele exige a transcrição de dados, o que pode gerar erros e faz com que esse controle não seja o mais confiável judicialmente.

Assim, o ideal é adotar um controle de ponto digital, no qual seja possível visualizar em tempo real o saldo de horas de cada funcionário. O sistema usa os horários marcados de entrada e saída do colaborador (além das pautas intrajornada) para calcular quantas horas foram trabalhadas por dia e compara o valor obtido com a escala cadastrada no sistema.

Ou seja, o ponto digital é um processo automático e à prova de erros.

Consulte o saldo de horas dos funcionários

O ponto digital é um aplicativo, que pode ser instalado no celular de todos os funcionários ou ficar disponível em um tablet (ou computador) nas dependências da empresa. Ele conta com uma plataforma online integrada, que fornece uma série de relatórios ao departamento de pessoal e aos gestores, e assim ajuda em atividades como controlar o banco de horas.

A partir desses relatórios é possível acompanhar a evolução do saldo de horas extras de cada funcionário ou setor e adotar estratégias de trabalho. Por exemplo, ao perceber que um setor costuma ter mais horas extras em determinado dia da semana, o gestor pode organizar melhor a equipe ou solicitar a presença de mais colaboradores.

Além de auxiliar em tarefas como controlar o banco de horas, a visualização das horas extras em tempo real também ajuda a planejar melhor o setor financeiro e garantir que a empresa não será pega de surpresa pelo pagamento de horas extras. Lembramos que o banco de horas tem um prazo para ser compensado sem o pagamento das horas adicionais.

Ao optar pelo ponto digital biométrico, é possível realizar a integração com a folha de pagamento, facilitando o cálculo do pagamento de horas extras e dos descontos por banco de horas negativo, quando houver.

Tem alguma dúvida sobre Controle de Ponto Digital? Confira esse manual completo:

manual do controle de ponto

Incentive os funcionários a controlarem seus bancos de horas

Para quem quer saber como controlar o banco de horas sem estresse, a medida mais simples é contar com o apoio dos próprios colaboradores. Ao adotar um registro de ponto online, cada funcionário tem acesso às suas marcações de horários, facilitando o controle individual.

Essa medida parece simples, mas é uma maneira de tornar a relação entre empresa e colaboradores mais transparente e respeitosa. A partir dela, os empregados têm a confiança de que não estão trabalhando além do acordado com a empresa e não precisam recorrer ao departamento de pessoal quando quiserem consultar o controle de horas trabalhadas.

Entendeu como controlar o banco de horas? Entre em contato com o Tangerino para entender tudo sobre nosso sistema de ponto digital e realizar um teste gratuito por duas semanas!

Leave A Comment