Saiba como estruturar o RH na sua empresa da melhor maneira

//Saiba como estruturar o RH na sua empresa da melhor maneira

Saiba como estruturar o RH na sua empresa da melhor maneira

By |2018-10-17T13:35:19+00:0029/01/2018|Departamento pessoal|0 Comments

Você sabe como estruturar o RH de maneira eficiente? Essa prática vai muito além da implantação de um setor que supra as rotinas de contratação, demissão e entrega de holerite. Hoje, um departamento bem construído é peça fundamental para o crescimento de uma marca.

Para que você entenda a importância desse setor, começaremos explicando a diferença entre o departamento pessoal e o de recursos humanos e, logo após, faremos um roteiro com dicas valiosas para realizar a estruturação. Confira!

Diferença entre DP e RH

O primeiro passo é entender a diferença entre Departamento Pessoal e o Recursos Humanos. Contudo, mesmo com competências diferentes, eles podem – e devem – trabalhar juntos. Ou seja, as funções podem ser desempenhadas tranquilamente em um mesmo setor ou por uma mesma equipe.

O departamento pessoal fica responsável por cuidar das rotinas mais burocráticas, como: contratações, folhas de pagamento, controle de jornada, férias, entre outras. Já o recursos humanos trata da manutenção e retenção de talentos, processo seletivo, treinamentos etc.

Agora que você já sabe a diferença entre os dois termos, siga as nossas dicas para estruturar o RH de forma organizada, econômica e eficiente!

Controle de ponto online

O artigo 74, da CLT determina que, para empresas com mais de 10 funcionários, é obrigatório o uso do relógio ponto.

Controlar a jornada de funcionários costuma consumir alguns dias de trabalho no mês. O período de fechamento do ponto requer dedicação exclusiva do colaborador que é responsável por essa função.

A boa notícia é que já existe um investimento que otimiza o tempo de trabalho e, de quebra, ajuda a organizar outras rotinas burocráticas com facilidade: os aplicativos para o controle de ponto.

Como funciona

Aplicativos como o Tangerino monitoram a presença do colaborador em tempo real. O trabalhador faz o download em seu smartphone ou tablet, seja ele pessoal ou fornecido pela empresa, e bate o ponto. O app conta com um sistema de GPS que informa em qual local da empresa o funcionário estava quando fez o registro, evitando fraudes.

O sistema cumpre todas as funções de um ponto eletrônico comum e oferece a vantagem de incorporar outras ações que fazem a rotina do departamento ser mais ágil e econômica.

Benefícios

Como citamos acima, softwares criados em conformidade com a legislação trabalhista geram benefícios que vão além do cumprimento das leis. Conheça alguns deles.

1. Gestão de funcionários externos

Representantes, vendedores, motoristas e demais funções que são exercidas fora do ambiente físico da empresa, têm os mesmos direitos que os trabalhadores que atuam internamente. Isso porque as jornadas podem ser comprovadas por meio de relatórios, ligações telefônicas e rastreamento dos veículos.

Com a implantação do ponto online, os gestores fazem o acompanhamento da rotina desses funcionários em tempo real, o que não necessita aguardar a chegada destas informações.

Dessa forma, os cálculos de hora extra, controle da carga horária e possíveis ausências de colaboradores internos e externos podem ser feitos na mesma data, sem que um interfira na rotina do outro.

2. Economia em recursos

Utilizar o aplicativo resulta em uma economia significativa de dinheiro. Mesmo que a empresa forneça o aparelho e o disponibilize em um local fixo, não será uma máquina que necessita de conexão na rede elétrica 24 horas por dia, muito menos de bobinas de papel.

A única ferramenta necessária é um tablet. Como o sistema também funciona offline, o controle de jornada não ficará prejudicado por uma possível queda de energia. Basta que o dispositivo utilizado esteja com a bateria previamente carregada.

3. Relatórios Acessíveis

Relatórios de jornada, horas extras, férias, folgas, adicional noturno, entre outros dados dos funcionários e de setores específicos ficam a disposição não só do departamento, mas também do gestor da empresa, em apenas poucos cliques.

O controle pode ser feito em tempo real, o que permite resolver as pendências quase que automaticamente. Também é possível programar folgas e ainda, prever as próximas semanas de trabalho e os custos que terão com a folha de pagamento de maneira muito mais rápida e eficaz.

Além de otimizar o tempo da equipe responsável pelo setor, o administrador consegue controlar com precisão a planilha de despesas de funcionários.

4. Análise de resultados

Se a sua empresa trabalha com equipes externas, o software não vai ajudar apenas a controlar a planilha de pagamentos.

Com o sistema de controle, os gestores conseguem fazer uma análise eficaz do resultado de suas ações, uma vez que são revelados com exatidão o local por onde a equipe passou e o tempo de permanência.

A estruturação do RH não se resume apenas a otimização de processos burocráticos e economia de tempo e recursos. Com a introdução de algumas ações estratégicas, o departamento também assume o posto de principal aliado para o crescimento do negócio.

Programa de Benefícios

Uma empresa que deseja atrair e reter os melhores profissionais do mercado deve oferecer benefícios interessantes aos funcionários e candidatos às vagas.

Os benefícios aplicados de acordo com a visão e orçamento da corporação funcionam como incentivos que visam motivar, atrair e melhorar o desempenho dos colaboradores.

Plano de Carreira

Bons profissionais também se sentem atraídos por empresas que proporcionam expectativa de crescimento.

O plano de carreira funciona como um plano de desenvolvimento individual do colaborador dentro da empresa, e o RH atua oferecendo ferramentas de capacitação e orientação para que ele possa ser promovido no futuro.

A vantagem para a empresa começa no processo seletivo com o surgimento de candidatos mais bem preparados, até nos resultados mensais. Colaboradores motivados e com um objetivo dentro da empresa apresentam um melhor desempenho.

Programa de Treinamento

Os meios de qualificação não devem ser exclusivos somente a funcionários interessados no plano de carreira.

Adotar um cronograma de treinamento para todos os colaboradores da empresa, incluindo os que prestam serviços externos, você mantém o conhecimento da sua equipe atualizado, garante mais eficiência e aumenta a produtividade.

Percebeu como estruturar o RH é mais simples e menos oneroso do que parece? Instituir programas de capacitação e optar por ferramentas que facilitem e tornem os processos burocráticos mais ágeis, otimizam o tempo dos gestores e trazem benefícios para o resultado da empresa.

E se você gostou do nosso post e quer continuar acompanhando mais dicas sobre como estruturar o RH e outros departamentos, siga-nos no Facebook e no LinkedIn e acompanhe nossos conteúdos. Até a próxima!

Leave A Comment