Tempo de Leitura: 11 minutos

A controladoria nas empresas é muito importante para auxiliar em sua gestão e planejamento financeiro.

Muitos negócios funcionam sem estratégia financeiras, o que acaba gerando prejuízo, ou mesmo levando à falência.

O controle sobre as finanças é fundamental para que os gestores compreendam o que está funcionando e o que precisa de mudança, para fazê-la.

Por meio dele, é possível identificar a necessidade de investimentos, de obtenção de créditos, operações que estão gerando lucro ou perdas.

Ou seja, com uma boa análise dos resultados das ações adotadas pela empresa, é possível redirecioná-la, sempre que necessário. E é nisso que a controladoria será útil ao negócio.

Dessa forma, o que antes era função apenas da contabilidade, hoje pode ser exercido pelo Controller, profissional que exerce a controladoria.

Abaixo, nós explicamos o que é o Controller qual é sua função, o que é a controladoria, qual o seu papel e a sua importância para a empresa.

Assine a newsletter do Tangerino

Portanto, continue sua leitura para saber mais sobre o assunto!

O que é controladoria?

controladoria

A controladoria está relacionada à Contabilidade, porque abrange uma série de atividades feitas pelo contador.

Mas ela vai além, e atua colaborando com a gestão, por meio do fornecimento de informações relevantes aos gestores. Assim, eles podem tomar decisões adequadas ao momento da empresa.

É seu papel, por exemplo, monitorar as finanças do negócio em conjunto com sua administração, de forma que haja alinhamento entre o orçamento disponível e as decisões tomadas. Por isso ela é importante: ela auxilia a gestão e contribui para elaboração de estratégias de crescimento realistas.

Não é incomum encontrar gestores que não tenham ciência dos detalhes das finanças da empresa. Isso porque possuem outros focos de trabalho, ou não entendem o que é importante analisar e reconhecer.

Além disso, há aqueles que não sabem tomar decisões sobre a empresa em conformidade com as leis. Até porque, as leis brasileiras são muitas, complexas e é preciso não apenas conhecê-las, como saber interpretá-las.

Mas o desconhecimento sobre a lei não poderá ser usado como desculpa, se a empresa infringir alguma. Dessa forma, a controladoria pode atuar cuidando para que a empresa cumpra leis, normas e regulamentações.

E mais! Por meio do trabalho de um Controller é possível identificar se a empresa optou pelo regime tributário que oferece mais vantagens para ela, ou se há possibilidade de mudança para enquadramento em um melhor.

O profissional também avalia o fluxo de caixa da empresa e determina suas perdas e ganhos, contribuindo para identificar erros e acertos.

Portanto, percebemos que o conhecimento necessário para a atuação da controladoria vai além da contabilidade e abrange a administração do negócio, seus processos financeiros e operacionais.

É assim que ela consegue contribuir ativamente com a avaliação de desempenho do negócio, na identificação de oportunidades de melhoria e na gestão dos riscos financeiros.

Leia também:

O que é um Controller?

controladoria

O Controller, também conhecido como controlador ou gerente de controladoria, é o principal responsável por exercer a controladoria nas empresas. Ele atua liderando sua equipe e direcionando estratégias.

Sua função é essencial para embasar decisões dos gestores, que impactem o orçamento. Isso porque a controladoria monitora e administra as finanças da empresa.

Nesse sentido, o Controller trabalha junto com os gestores, guiando e realizando o planejamento orçamentário.

O papel da controladoria é implantar um sistema para realizar o monitoramento, análise e interpretação de dados financeiros, processo que o Controller coordena.

Com esses dados em mãos, é possível identificar a viabilidade econômica de projetos da empresa e repassar as possibilidades aos gestores, por meio de relatórios com informações precisas.

Entretanto, embora ele seja um profissional importante nas empresas, ele não precisa, necessariamente, ser um de seus colaboradores.

Muitos gestores optam pela contratação de consultorias desses profissionais, que continuam tendo um papel muito relevante na sustentabilidade do negócio. Isso, sem prejuízo dos resultados.

Portanto, o Controller desempenha um papel fundamental na gestão financeira e estratégica da empresa, ajudando diretamente na definição de metas e objetivos alcançáveis.

Qual a função da controladoria nas empresas?

Agora que você já entendeu o que é a controladoria e quem é o Controller, profissional que a exerce, passaremos à função da controladoria nas empresas.

Na verdade, não “a” função, porque são várias, dentre elas:

  • análise e interpretação de dados financeiros;
  • controle interno e contabilidade;
  • gestão de riscos;
  • gestão financeira;
  • planejamento estratégico;
  • planejamento orçamentário.

A controladoria na empresa tem como uma de suas principais funções unir dados financeiros importantes, interpretá-los e repassá-los aos gestores. Esses dados são referentes a demonstrações financeiras, fluxo de caixa, balanços patrimoniais, dentre outros.

A sua avaliação por um Controller possibilita conectar os números ao contexto da empresa e identificar padrões positivos ou negativos. Sabendo deles, os gestores podem se reorganizar para otimizar processos, reduzir custos, aumentar a produtividade e tomar outras medidas favoráveis ao pleno funcionamento da empresa.

É a controladoria, também, a responsável por garantir a adequação das operações financeiras da empresa às normas, leis e regulamentos. Por isso, ela deve estabelecer políticas e procedimentos que visem segurança e integridade na sua realização.

E é assim, por meio do monitoramento dos processos financeiros, que ela atua no controle interno empresarial.

Além disso, a controladoria garante a adequação das transações financeiras às normas contábeis vigentes.

Em relação ao planejamento tributário, ela participa ativamente da escolha do regime tributário, apontando a opção mais vantajosa para a empresa.

Quanto aos tributos que a empresa deve, é de sua responsabilidade cuidar para que os cálculos estejam corretos e para que o pagamento esteja em dia.

Em conjunto com outros setores, a controladoria nas empresas pode desenvolver estratégias para mitigar riscos e monitorar as mudanças, para redução de impactos negativos.

Dessa forma, o papel da controladoria na gestão financeira da empresa é crucial para o estabelecimento de metas e o acompanhamento de ações para alcançá-las. Por isso, ela desempenha papel estratégico no sucesso da empresa.

O que faz uma controladoria nas empresas?

controladoria

Abaixo, você encontra informações um pouquinho do trabalho da controladoria nas empresas. Suas atividades principais são:

  • avaliação e consultoria;
  • avaliação econômica;
  • criação e revisão de estratégias;
  • gestão fiscal;
  • planejamentos;
  • proteção de ativos;
  • relatórios.

Consultoria

A controladoria reúne informações financeiras importantes e faz sua análise, identificando os pontos fortes da empresa e oportunidades de melhoria.

Ou seja, o Controller realiza o planejamento estratégico da empresa, mediante análise de informações financeiras. Assim, ele consegue apoiar os gestores para estabelecer metas, definir ou alterar diretrizes.

Avaliação econômica

A avaliação econômica, feita pela controladoria nas empresas, abrange uma série de suas operações. Por exemplo, os custos envolvidos nos processos produtivos, os gastos com a distribuição ou feitos pela administração.

Para avaliar a situação financeira, a controladoria utiliza o orçamento e acompanha os ganhos e gastos, comparando os valores planejados, com os números reais.

Por isso ela consegue precisar quão longe a empresa está de suas metas, possibilitando a reformulação de estratégias, se for necessário.

Criação e revisão de estratégias

Por meio da avaliação econômica, e da obtenção de dados precisos, a controladoria fornece aos gestores os indicadores necessários para que eles consigam entender a situação da empresa.

Além disso, ela pode ajudar os gestores a fazerem projeções financeiras diante dos cenários mais prováveis, para que eles consigam ver os impactos de suas decisões nas estratégias adotadas.

Após a implementação das estratégias, a controladoria monitora os resultados, identifica acertos e desvios, possibilitando a melhoria contínua do desempenho.

Gestão fiscal

controladoria

Como já dissemos aqui, uma das muitas responsabilidades da controladoria é garantir que a empresa cumpra leis, norma e regulamentações fiscais.

Mas o seu papel na gestão fiscal também engloba selecionar o melhor regime tributário e elaborar a entrega de declarações fiscais. Portanto, a controladoria garante o cumprimento dos prazos e os cálculos corretos para o pagamento dos impostos.

Além disso, é seu papel acompanhar a empresa em processos de fiscalização e litígios fiscais, calcular provisões para contingência e demais atividades relacionadas à área fiscal.

Planejamentos

Há uma série de planejamentos que uma empresa precisa adotar para definir objetivos em seus diversos setores. Os principais deles são o estratégico, o tático, o operacional e o financeiro.

A controladoria atua em cada um deles, para manter o alinhamento entre os setores e possibilitar o alcance das metas definidas.

No planejamento estratégico, ela contribui para a avaliação do desempenho da empresa, fornece projeções financeiras a longo prazo e indica melhorias necessárias.

Já no planejamento tático, o Controller utiliza-se das metas de longo prazo para definir as de médio e curto prazo e conduzi-las ao objetivo maior.

No planejamento operacional, ele auxilia na realização de planos de ação detalhados, acompanha e monitora indicadores de desempenho e analisa seu impacto financeiro no negócio.

Por fim, no planejamento financeiro, a controladoria contribui para projeções do fluxo caixa, análise de investimentos e gestão do capital de giro.

Proteção de ativos

Ativos são bens e direitos de uma empresa, os quais ela pode converter em valor monetário. A controladoria os protege por meio da prevenção de perdas e minimização de riscos.

Isso é possível a partir de controle interno, análise de riscos, revisões e testes dos processos operacionais da empresa.

Banner com fundo claro escrito: Kit de planilhas de RH e DP, controle e cálculos efetivos 
de ponto, férias e hora extra, avaliação de desempenho, PDI, pesquisa de clima. e um botão escrito baixe agora.

Além disso, é papel da controladoria monitorar os registros contábeis e investigar discrepâncias em seus valores.

Essa supervisão contínua possibilita identificar problemas como desvios e irregularidades e fazer sua correção, antes que os prejuízos se tornem maiores.

Relatórios

Há uma série de relatórios que os gestores de uma empresa precisam acessar, para entender seu contexto atual. A controladoria nas empresas é responsável por elaborá-los.

Ela realiza, por exemplo, demonstrações do resultado do exercício (DRE) e o balanço patrimonial, que são relatórios financeiros.

Também é seu papel elaborar análises de desempenho, ou fornecer informações sobre custos e rentabilidade, compondo os relatórios gerenciais.

Além de elaborá-los, a controladoria realiza a interpretação dos seus dados por meio de técnicas de análises financeiras. Dessa forma, é possível oferecer aos gestores recomendações mais precisas.

Qual a estrutura de uma controladoria em uma empresa

controladoria

A estrutura da controladoria nas empresas depende de cada empresa, de suas necessidades e do quanto ela é útil dentro da organização.

Portanto, não há uma regra pré-definida, mas diversas possibilidades de atuação para um Controller, dentro de uma empresa.

De qualquer forma, apresentamos algumas dessas possibilidades, abaixo:

Primeira

Em algumas empresas, a controladoria oferece apoio direto ao presidente, fornecendo informações necessárias para que ele tome decisões seguras.

Segunda

Em outras empresas, a Controladoria atua tanto para fornecer apoio ao presidente, como para monitorar e gerenciar os aspectos financeiros do negócio, relacionados aos setores administrativo, financeiro e comercial.

Terceira

Por fim, há empresas nas quais a atuação da controladoria está diretamente atrelada ao setor financeiro, ao qual o Controller responde.

Dessa forma, suas atividades são mais restritas e o profissional não tem papel estratégico, nem colabora com as decisões do presidente.

De qualquer forma, a atuação da controladoria é muito importante para a empresa, porque levanta dados fundamentais do negócio.

Além disso, de forma direta ou indireta, ela colabora com a tomada de decisões financeiramente relevantes para a empresa.

Qual a importância da controladoria nas empresas?

Como restou claro neste artigo, a controladoria nas empresas exerce um papel fundamental não apenas para o seu crescimento, como para seu pleno funcionamento.

Isso porque ela administra e monitora áreas cruciais para a sobrevivência do negócio, evitando a perda de dinheiro e impedindo até mesmo que ele vá à falência.

As atividades da controladoria colaboram para a manutenção da saúde financeira da empresa, possibilitam identificar oportunidades de melhorias e pontos fortes.

A partir das informações oferecidas pelo Controller, os gestores conseguem tomar decisões mais assertivas, realistas e correr menos riscos financeiros, otimizando o uso de seus recursos.

Além disso, a controladoria desempenha um papel essencial no planejamento e controle financeiro. Ela realiza orçamentos, planeja metas e depois acompanha o desempenho da empresa, comparando o planejado com o executado.

Dessa forma, é possível realizar ajustes nas finanças ou nos objetivos e realocar recursos de forma mais eficiente.

Enquanto faz o planejamento orçamentário, a controladoria identifica e mitiga riscos financeiros, operacionais e regulatórios. Portanto, ao contar com a controladoria nas empresas, estas atuam de maneira mais segura.

Sua atuação é essencial para garantir a eficiência operacional e o crescimento sustentável do negócio.

Quais são os tipos de controladorias?

É possível dividir a controladoria nas empresas em contábil e administrativa. Entenda um pouco mais sobre cada uma delas, abaixo.

Controladoria contábil

A controladoria contábil, como podemos deduzir, está relacionada ao controle financeiro do negócio, considerando seus diversos setores.

Entretanto, o seu foco é fornecer relatórios confiáveis para finalidades não relacionadas à gestão empresarial.

Por exemplo, solicitar crédito junto a instituições financeiras, ou apresentar a empresa a possíveis investidores.

Ou seja, ela tem como objetivo principal a transparência das finanças da empresa para as partes externas interessadas nela.

As atividades prestadas por esta controladoria se assemelham àquelas desempenhadas pela contabilidade.

Como monitoramento e controle de custos, cumprimento das obrigações fiscais, análise e interpretação dos dados contábeis.

Controladoria administrativa

Por sua vez, a controladoria administrativa, ainda que também esteja relacionada aos aspetos financeiros, tem como função reunir informações para elaborar o planejamento orçamentário.

O seu objetivo principal é oferecer suporte aos gestores em suas decisões, por meio de uma avaliação completa da situação financeira da empresa e da viabilidade de seus projetos.

Portanto, a controladoria administrativa nas empresas concentra-se na gestão de suas atividades administrativas e operacionais, para obtenção de melhor desempenho financeiro.

É possível perceber que as controladorias possuem algumas funções semelhantes, mas se diferem quanto ao seu objetivo.

Enquanto a controladoria contábil visa que a empresa esteja cumprindo suas obrigações perante a lei e que tenha transparência para avaliações externas, a controladoria administrativa tem o foco em ações internas, no desenvolvimento do negócio.

Portanto, ambas desempenham papéis importantes na gestão e controle, mas possuem escopos e abordagens diferentes.

Assim, devem trabalhar em conjunto, para garantir uma gestão eficaz e uma visão abrangente das atividades da empresa.

Qual a diferença entre controladoria e auditoria?

Embora haja relação entre elas, a auditoria tem um papel diferente da controladoria nas empresas. Abaixo, falamos um pouco sobre cada uma delas e quais são os seus papeis na gestão e controle.

Objetivos

Como restou claro, a controladoria tem como objetivo principal o planejamento e controle das finanças do negócio.

Dessa forma, ela cuida de análises financeiras, monitoramento de desempenho e garante que a empresa atue conforme normas e regulamentos.

Sua atuação beneficia a empresa em suas operações internas, colaborando para a saúde financeira do negócio. E também traz vantagens externas, demonstrando sua confiabilidade para fornecedores, investidores e instituições financeiras.

A auditoria, por sua vez, é realizada por profissionais especializados, externos à empresa. Seu objetivo é avaliar as informações financeiras e operacionais, para verificar sua confiabilidade e adequação às leis.

Dessa forma, ela visa identificar irregularidades ou fraudes e fornecer relatório imparcial sobre a real situação da empresa.

Agora, um convite: quer saber mais sobre as auditorias trabalhistas? É só apertar o play e, claro, inscrever-se no canal da Sólides Tangerino para ter acesso a mais conteúdos incríveis como este!

Posição na estrutura organizacional

Enquanto a controladoria, geralmente, é uma área interna da empresa, que atua em conjunto com todos os setores, a auditoria é sempre externa.

Isso porque sua realização deve ser imparcial, para obtenção de informações objetivas sobre as práticas contábeis e operacionais da empresa.

Atividades realizadas

Por fim, a auditoria se difere da controladoria nas empresas porque exercem funções diferentes.

A controladoria faz atividades como elaboração de orçamentos, análise de custos e avaliações de projetos.

Já a auditoria avalia as informações contábeis e verifica se elas estão em conformidade com as leis. Além disso, ela avalia o controle interno das empresas, para determinar sua eficiência.

Tire todas as dúvidas sobre controladoria

Abaixo, nós tiramos as principais dúvidas sobre a controladoria nas empresas. Acompanhe!

O que é controladoria?

Controladoria é uma área da contabilidade que colabora com a gestão empresarial, fornecendo informações relevantes para a tomada de decisões.

Por meio do monitoramento das finanças do negócio, a controladoria nas empresas possibilita que sua administração seja realista.

Dessa forma, as estratégias de crescimento serão embasadas em dados sólidos e seguros, que indicarão o que é necessário para o funcionamento do negócio e seu crescimento.
Por exemplo, realizar investimentos, cortar gastos ou solicitar crédito.

O Controller, profissional que exerce a controladoria, precisa ter conhecimento em contabilidade, administração, processos financeiros e operacionais, para atuar de forma eficaz.

Quais os tipos de controladoria?

É possível dividir a controladoria em dois tipos principais. Saiba um pouco mais sobre cada um deles:

Controladoria contábil

A controladoria contábil é responsável pelo controle financeiro da empresa, fornecendo relatórios confiáveis para fins externos (como solicitação de crédito ou para avaliação de investidores) e garantindo a transparência das suas finanças.

Controladoria administrativa

A controladoria administrativa reúne informações para o planejamento orçamentário e fornece suporte aos gestores para tomada de decisões, visando o melhor desempenho financeiro da empresa.

O que faz uma controladoria

A controladoria na empresa atua realizando as seguintes tarefas:
• avaliação e consultoria aos gestores;
• avaliação econômica;
• criação e revisão de estratégias;
• apoio à gestão fiscal;
• planejamentos (estratégico, operacional, tático e financeiro);
• proteção de ativos e mitigação de riscos;
• elaboração de relatórios.

Qual a importância da controladoria

A controladoria desempenha um papel fundamental na administração financeira das empresas, garantindo seu pleno funcionamento, prevenindo perdas e auxiliando na tomada de decisões estratégicas.

Próximos passos….

Durante o texto, nós mencionamos que a controladoria está atrelada à contabilidade. Por isso, selecionamos um de nossos conteúdos para que você aprenda sobre a Gestão Contábil e o que ela envolve. Boa leitura!

Banner com fundo cinza o texto