Gestão contábil: o que você precisa saber?

Tempo de Leitura: 10 minutos A gestão contábil envolve a administração de documentos e tarefas relacionadas à contabilidade. Cabe a ela garantir o cumprimento de normas e regulamentações legais tributárias e sua participação também é importante na tomada de decisões estratégicas.

18 agosto 2023 9 novembro 2023 10 minutos FotoPOR: Jader Bastos
Início > Contabilidade > Gestão contábil: o que você precisa saber?
Tempo de Leitura: 10 minutos

Uma gestão contábil eficiente é muito importante para que a empresa tenha o controle de suas finanças. Consequentemente, ela afeta diretamente o desempenho do negócio.

O gestor contábil planeja, organiza, registra e interpreta dados, para que os gestores da empresa tenham acesso a números precisos. Dessa forma, eles conseguem tomar decisões estratégicas assertivas.

Dados de mercado para o futuro da contabilidade

Por exemplo, realizar corte de gastos em alguns setores, solicitar crédito para ampliação ou avaliar a necessidade de investimento em outros.

Isso é possível porque os números indicam onde há gasto desnecessário e perda de dinheiro, onde a empresa está lucrando e onde há necessidade de melhorias.

Além disso, com as informações da contabilidade em mãos, é possível identificar tendências da empresa e riscos que ela corre.

Isso possibilita tomar ações preventivas, com base em metas realistas, para manter a saúde financeira do negócio.

Também é uma tarefa importante da contabilidade garantir que a empresa selecione o melhor regime tributário para suas atividades. Feito isso, ele deve garantir a quitação de suas obrigações dentro do prazo.

Portanto, a gestão de contabilidade é necessária em todas as empresas, independentemente do seu porte ou nicho.

Continue acompanhando este artigo para saber o que ela é, quais são suas funções na empresa e como ela pode beneficiar o seu negócio!

O que é gestão contábil?

gestão contábil

Gestão contábil/financeira, ou contabilidade gerencial, é a administração de documentos e a execução de tarefas referentes à contabilidade como um todo.

Portanto, o gestor que atua nessa área é aquele que pratica a contabilidade, coordenando e fazendo as atividades relacionadas a ela.

Por exemplo, cuidando das demonstrações contábeis, emissão de notas fiscais, cálculos de guias de tributos e outras transações financeiras.

Além disso, ele cuida da expedição, organização e arquivamento de documentos importantes do setor, como faturas, recibos, notas fiscais, contratos e extratos bancários.

A gestão contábil é a aplicação da contabilidade de forma abrangente. Por sua vez, a contabilidade é uma ciência que consiste na compreensão de cálculos e registros financeiros de um negócio.

Para regulamentá-la existem uma série de leis, normas e regras a serem seguidas. É importante que os profissionais da área as cumpram, para manter a empresa resguardada e cumprindo devidamente com suas obrigações junto a clientes, fornecedores e ao fisco.

Uma boa gestão contábil se faz com conhecimento das diversas áreas da contabilidade, de forma a assegurar a empresa decisões embasadas em informações seguras.

O gestor deve conhecer, por exemplo, índices econômicos e financeiros, medição de custos de produtos ou serviços, planejamento tributário e elaboração e análise de orçamentos.

Esses conhecimentos pertencem a áreas como contabilidade fiscal/tributária, contabilidade gerencial e contabilidade de cursos, dentre outras áreas das Ciências Contábeis. Dessa forma, a gestão contábil deve reunir todas essas informações para servir à empresa.

Para garantir que ela aja dentro da legalidade, se enquadre no melhor regime tributário para suas atividades e esteja em dia com os pagamentos de tributos, fornecedores e colaboradores.

Além disso, o contador tem o papel de analisar e as finanças da empresa e manter os gestores informados de seus padrões e variações. Assim, eles conseguem prever riscos e prevenir problemas.

Planilha de Folha de Pagamento Gratuita

Qual a importância da gestão contábil?

gestão contábil

A gestão contábil participa das estratégias da empresa ativamente, uma vez que sua eficiência interfere na forma de utilizar os recursos, na quitação de obrigações financeiras e nos possíveis investimentos.

Além disso, por meio de avaliações e relatórios contábeis é possível identificar oportunidades e riscos e fazer alterações que contribuam para o crescimento do negócio.

Gerir, na contabilidade, é analisar e planejar estrategicamente a tomada de decisões financeiramente relevantes.

Os dados que o contador consegue obter em seu trabalho podem mostrar, por exemplo, a necessidade de cortar gastos. E também podem mostrar onde a empresa está perdendo dinheiro e como gastá-lo de forma mais vantajosa.

A desorganização e a falta de controle sobre os números da empresa levam à imprevisão e podem gerar prejuízos, descumprimento de prazos e de leis.

Quanto às leis e regulamentos tributários no Brasil, estes são muito complexos e contam com tributos obrigatórios e regras que as empresas precisam seguir. E há fiscalização para garantir o seu cumprimento ou penalizar aqueles que as descumprem.

Por isso, o acompanhamento de gestor contábil, capaz de interpretar as leis e regulamentações tributárias, é muito importante para que a empresa evite problemas.

Mas é igualmente importante que a gestão de contabilidade se mantenha atualizada, porque as leis mudam constantemente. Dessa forma, é possível que a empresa faça as adaptações necessárias para continuar atuando de forma legítima.

O que faz uma gestão contábil?

gestão contábil

A contabilidade tradicional oferece serviços mais simples e se concentra realização das atividades externas principais ligadas às finanças da empresa. Seu foco são o cumprimento de obrigações legais e a prestação de contas.

Por exemplo, registros contábeis, quitação de débitos, pagamento de tributos e na obtenção de informações financeiras da empresa em determinado período.

Por sua vez, a gestão contábil é mais abrangente e, além de todas essas atividades, ela reúne informações importantes, analisando-as e interpretando-as, para oferecer direcionamento financeiro aos gestores da empresa.

Através dela é possível manter o controle sobre as informações financeiras do negócio, aprimorar a eficiência operacional e ampliar a lucratividade.

Dessa forma, cabe a ela elaborar relatórios financeiros (como o balando patrimonial ou fluxo de caixa) que mostrem o desempenho da empresa ao longo do tempo.

Mas também é seu papel realizar análises de custos de produtos, serviços e operações da empresa, para ajudar na precificação e na otimização de recursos.

Além disso, à gestão cabe traçar estratégias financeiras e monitorar o desempenho da empresa, verificando a viabilidade de projetos e suas possibilidades de retorno.

Portanto, suas funções são direcionadas ao controle dos processos financeiros internos, para garantir sua execução correta e minimizar erros e irregularidades.

Leia também

Quais as principais funções da gestão contábil?

São muitas as tarefas do profissional que faz a gestão contábil, todas necessárias para que a empresa obtenha seu melhor desempenho. Listamos algumas delas, abaixo:

  • analisar e interpretar leis e suas atualizações, para que a empresa continue atuando em conformidade com elas;
  • cuidar da burocracia relacionada a mudanças no negócio, por exemplo, às suas ampliações ou solicitações de crédito;
  • cuidar para que o cumprimento das obrigações financeiras da empresa se dê dentro do prazo;
  • estudar as atividades da empresa e indicar o regime tributário mais vantajoso para ela;
  • manter os gestores informados dos números da empresa, para que possam tomar decisões embasadas;
  • registrar e interpretar informações financeiras para identificar tendências, riscos, gastos desnecessários e lucros.

Portanto, é papel do gestor contábil garantir que a empresa funcione segundo a lei e auxiliar para que ela se mantenha financeiramente saudável.

Quais os benefícios de ter uma gestão contábil?

O principal benefício de ter uma gestão contábil é a forma como ela colabora para o desempenho do negócio. Uma gestão eficiente possibilita à empresa:

  • acessar linhas de crédito com mais facilidade;
  • acertar na precificação de produtos e serviços;
  • ampliar a competitividade da empresa;
  • assegurar a transparência nas informações;
  • escolher o regime tributário mais vantajoso;
  • estar em dia com obrigações fiscais e trabalhistas;
  • manter o controle financeiro do negócio;
  • obter previsão orçamentária.

Abaixo, tratamos de cada um desses aspectos, explicando qual é o papel da gestão contábil neles.

Acessar linhas de crédito com mais facilidade

Quando a empresa possui uma gestão de contabilidade eficiente, ela conta com informações transparentes, sobre suas finanças, apresentando registros e análises de indicadores financeiros precisas.

Esses dados demonstram às instituições financeiras sua capacidade de pagamento, transmitindo confiança e facilitando a liberação de crédito por elas, com melhores condições.

Acertar na precificação de produtos e serviços

O processo de precificar produtos e serviços engloba muitos fatores. Como os gastos fixos com as operações da empresa e os variáveis, relacionados a matérias-primas, embalagens e outros.

Além disso, é preciso considerar o pagamento de tributos e suas variações. E o lucro que a empresa terá com a venda dos seus produtos ou contratação de seus serviços.

Tudo isso deve passar por análise profissional, que garanta que a empresa está realizando suas atividades por um preço justo e que está obtendo retorno financeiro com elas.

Planilha de Folha de Pagamento Gratuita

Essas informações também são fundamentais para determinar até quanto se pode abaixar o preço dos produtos. Assim é possível fazer promoções com mais segurança ou oferecer descontos em compras mais robustas, por exemplo.

Ampliar a competitividade da empresa

Um dos aspectos que abordamos ao longo do texto é a precisão das informações financeiras que a gestão contábil pode oferecer.

Por meio delas, os gestores conseguem traçar estratégias realistas para o negócio, cortar gastos desnecessários e investir em áreas que dão lucro.

Consequentemente, a empresa conquista maior estabilidade no mercado, gerando um diferencial competitivo perante a concorrência.

Assegurar a transparência nas informações

A apresentação de informações precisas e verdadeiras também é muito importante em outras situações.

Por exemplo, diante de instituições financeiras, quando a empresa deseja obter créditos. Ou para investidores, quando o negócio estiver passando por ampliações.

Além disso, é fundamental a transparência de informações perante o fisco, para que a empresa não incorra em ilegalidades.

Escolher o regime tributário mais vantajoso

As leis tributárias brasileiras são complexas e é preciso analisá-las corretamente, sob pena de enquadramento errado e prejuízos financeiros.

A gestão contábil faz análise das informações financeiras do negócio, suas projeções, considerando cada regime, e faz o planejamento tributário estratégico.

Assim, ela consegue que a empresa obtenha benefícios fiscais, deduções legais e outras formas de economia com tributos.

Confira, também, nossos materiais gratuitos sobre contabilidade:

Estar em dia com obrigações fiscais e trabalhistas

A contabilidade da empresa é responsável por garantir que todas as obrigações trabalhistas sejam cumpridas e pela prestação de contas junto à Receita Federal.

Ela desempenha um papel muito importante na elaboração de folha de pagamento, na análise de novos contratos e rescisões e em diversos outros aspectos relacionados à área trabalhista.

Dessa forma, gestor contábil garante os pagamentos corretos, dentro do prazo, e o cumprimento dos direitos trabalhistas de seus colaboradores.

Manter o controle financeiro do negócio

Como já dissemos, uma gestão contábil eficiente reúne os números do negócio e consegue repassá-los fielmente aos gestores.

Dessa forma, eles conseguem identificar os padrões da empresa, prever riscos e tomar decisões assertivas sobre o negócio.

Com os detalhes financeiros em mãos, por exemplo, é possível definir investimentos, cortes de gastos ou necessidade de solicitar crédito.

Obter previsão orçamentária

O controle financeiro possibilita, também, realizar projeções futuras sobre as finanças da empresa. A partir dele, o contador consegue prever receitas e despesas e a necessidade de adaptações, se for o caso.

Devido a essa previsibilidade, os gestores da empresa podem agir com mais segurança, reajustando o orçamento conforme os riscos que ela corre e investindo em estratégias mais promissoras.

Quais as principais dicas para fazer uma gestão contábil?

A empresa que deseja adotar a gestão contábil como auxiliar estratégico, pode colocar em prática das seguintes dicas, para torná-la mais eficiente:

  • adotar planejamento estratégico;
  • atualizar relatórios constantemente;
  • conhecer e se atualizar sobre leis;
  • manter a transparência nas informações;
  • organizar documentos;
  • usar sistema de automação integrado.

Adotar planejamento estratégico

Planejar é fundamental e precede a execução. No planejamento faz-se análise de seus histórico financeiro e de sua situação financeira atual para definir objetivos claros e realistas.

Portanto, o planejamento é o início da organização das informações necessárias para a criação de estratégias.

Apenas com elas em mão, é possível colocar em prática um plano que contribua efetivamente com o desenvolvimento do negócio.

Atualizar relatórios constantemente

Por meio dos relatórios, a gestão contábil tem acesso a informações importantes sobre as finanças do negócio. Dessa forma, é possível planejar e adotar estratégias de crescimento.

Mas é preciso que haja atualização constante dessas informações, para avaliar se as estratégias estão seguindo conforme o plano, ou se precisam de adequações.

Conhecer e se atualizar sobre leis

As leis e regulamentações tributárias mudam constantemente e é preciso que a contabilidade da empresa se atualize conforme essas mudanças. Afinal, elas implicam nos tributos a serem pagos e nas obrigações que ela deve seguir.

Manter a transparência nas informações

Informações transparentes são necessárias para guiar os gestores em suas decisões e para oferecer segurança a investidores, instituições financeiras e clientes em geral.

Por isso o gestor contábil deve cuidar para que as informações sejam precisas, assim como os gestores da empresa devem fornecer informações verdadeiras e atuais, sempre que solicitado.

Organizar documentos

É fundamental que todos os documentos necessários à gestão contábil estejam acessíveis. Assim, não haverá perda de tempo para procurá-los e os profissionais da contabilidade poderão realizar tarefas mais relevantes.

Uma boa solução de organização é o armazenamento em nuvem. Ele possibilita o acesso aos documentos em poucos cliques, além de mantê-los em segurança.

Aproveitando a oportunidade, você por acaso já ouviu falar do GED? Pode ter certeza de que ele será essencial para a organização dos seus documentos! Para saber mais, aperte o play:

E para ter acesso a mais conteúdos como este, não deixe de se inscrever no canal da Sólides Tangerino!

Usar sistema de automação integrado

Atualmente, existem inúmeras possibilidades de otimizar a rotina contábil. É possível encontrar, por exemplo, sistemas que realizam cálculos de forma automática, exigindo apenas a conferência do contador ao final.

Por meio deles, também é possível emitir relatórios personalizados, como demonstrativos, balanços patrimoniais e outros.

Outra facilidade que os sistemas de automação oferecem à gestão contábil é o controle de estoques e ativos fixos. Com ele, é mais fácil rastrear o inventário da empresa, fazer os registros pertinentes e calcular custos de produtos.

Além disso, é possível encontrar sistemas que realizam a emissão automática de notas fiscais.

Isso economiza tempo para os profissionais e também reduz as chances de erros que acontecem durante a inserção manual de dados.

Um exemplo de sistema que auxilia não apenas a contabilidade, como todo o departamento pessoal é o Sólides Tangerino. Para saber mais sobre ele, confira o post que fizemos lá no Instagram (e aproveite para seguir o nosso perfil):

O software oferece uma solução completa para controlar a admissão, férias e o ponto dos colaboradores e realizar gestão de documentos.

O sistema é completamente personalizável, de forma que cada empresa possa adaptá-lo às suas necessidades, além de oferecer integração com os principais softwares de gestão do mercado.

Além disso, o Sólides Tangerino contém um clube de benefícios exclusivo, que auxilia na valorização e motivação dos colaboradores.

Dessa forma, ele simplifica processos, oferece mais autonomia para os gestores (que conseguem visualizar informações em empo real) e vantagens para os colaboradores.

Em se tratando da contabilidade, especificamente, há uma funcionalidade exclusiva para os contadores, que possibilita a conexão do DP com o contador e a centralização da comunicação com a gestão contábil.

Assim, automatiza-se os processos e ganha-se transparência e precisão nas informações, facilitando a rotina do contador.

Próximos passos

Agora que você já entendeu o que é gestão contábil conheça mais sobre sistema contábil, ferramenta que simplifica as tarefas do contador e oferece mais eficiência ao seu trabalho.

Banner cinza com o texto
Foto de Jader Bastos

Jader Bastos

Jader é analista de Departamento Pessoal na Sólides Tangerino. Atua em áreas contábeis e rotinas de Departamento Pessoal, sobretudo admissões, férias, rescisões, benefícios e consultoria de dúvidas trabalhistas. Representante em homologações sindicais e em clientes da contabilidade. Já esteve envolvido em ações e eventos de bem-estar de colaboradores e interações de RH. Além de ser especialista em sistemas de ponto, como a Sólides Tangerino. No blog da Sólides Tangerino, escreve sobre processos do Departamento Pessoal, como rotinas e estrutura do setor.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.

Artigos Relacionados