Tempo de Leitura: 17 minutos

Provavelmente você já ouviu falar em armazenamento em nuvem, mas talvez você não saiba de como esse conceito revolucionou a forma como as empresas gerenciam e acessam seus dados de maneira eficiente e flexível.

A tecnologia do cloud computing se tornou uma aliada poderosa, proporcionando às organizações uma maneira inovadora de lidar com informações vitais

Ao eliminar a dependência de servidores físicos restritos, as empresas agora desfrutam de uma solução versátil e acessível para armazenar, compartilhar e proteger seus dados de maneira inteligente.

Neste artigo, exploraremos os principais benefícios do armazenamento em nuvem, desde a redução de custos até a otimização de processos, destacando como essa tecnologia impacta positivamente a gestão empresarial. Vamos lá?

O que é armazenamento em nuvem?

armazenamento em nuvem

O armazenamento em nuvem ou cloud computing é uma tecnologia inovadora que possibilita o armazenamento de uma ampla gama de dados e informações em servidores remotos, acessíveis pela internet. 

Antes de sua ascensão, as empresas dependiam exclusivamente de servidores físicos limitados, o que impunha restrições à evolução da infraestrutura digital e, por conseguinte, à progressão das práticas internas, como as relacionadas aos setores de Recursos Humanos e Departamento Pessoal.

Quando uma empresa adota o armazenamento em nuvem, sua infraestrutura digital é alocada em servidores externos, permitindo que profissionais acessem dados e programas de qualquer lugar com um dispositivo conectado à internet. 

Banner escrito: Software completo para a gestão de DP, conheça todos os benefícios e vantagens de uma solução 100% digital e um botão escrito

Como já mencionamos brevemente, o cloud computing também impacta positivamente o RH, centralizando dados e programas, facilitando a implantação de aplicativos específicos, como controle de ponto, gestão de competências e folha de pagamento, independentemente da localização das equipes. 

Assim, a computação em nuvem emerge como uma peça fundamental na transformação digital das empresas, oferecendo uma base sólida para o desenvolvimento de tecnologias como inteligência artificial, big data, machine learning e business intelligence

O impacto da nuvem nas práticas do RH reflete não apenas a modernização da gestão de pessoas, mas também uma resposta eficaz aos desafios contemporâneos, promovendo eficiência, mobilidade, integração e segurança para impulsionar o crescimento e a inovação organizacional. 

Portanto, o armazenamento em nuvem não é apenas uma solução tecnológica; é um catalisador para a evolução e aprimoramento contínuo nos ambientes corporativos.

Leia também:

Como a tecnologia surgiu e por que é chamada de nuvem?

tecnologia em nuvem

Como você pôde notar, o armazenamento em nuvem representa uma evolução significativa no gerenciamento e acesso a dados para empresas e organizações. 

A tecnologia de cloud computing tem suas raízes em avanços na computação e na conectividade, que possibilitaram a criação de uma infraestrutura digital capaz de armazenar e acessar dados de forma remota. 

O termo “nuvem” tem origem em representações gráficas antigas de redes de computadores, em que as conexões entre dispositivos eram frequentemente ilustradas por nuvens. Essa representação abstrata indicava a complexidade e a falta de especificidade sobre a localização física dos componentes da rede.

O conceito moderno de computação em nuvem começou a ganhar forma nos anos 1960, com o desenvolvimento da teoria da “computação utilitária”, proposta pelo cientista da computação John McCarthy. 

Para modernizar seu DP sem complicações, Sólides Ponto

Ele visualizou um modelo em que a computação poderia ser fornecida como um serviço público, assim como a eletricidade ou o telefone, com usuários pagando apenas pelo que consumiam.

A verdadeira ascensão da computação em nuvem ocorreu nas décadas de 1990 e 2000, quando avanços tecnológicos, como a expansão da banda larga, tornaram possível a transmissão rápida de dados pela internet. 

Empresas começaram a perceber os benefícios de migrar do modelo de armazenamento local para soluções remotas baseadas em nuvem. A Amazon Web Services (AWS), lançada em 2006, é frequentemente considerada um marco crucial na popularização da computação em nuvem, proporcionando serviços escaláveis e acessíveis.

A metáfora da nuvem captura a ideia de que os detalhes complexos da infraestrutura subjacente não são necessários para o usuário final. Assim como na natureza, onde as nuvens escondem os detalhes internos, a computação em nuvem oferece aos usuários acesso a recursos de maneira conveniente, sem a necessidade de entender a complexidade da infraestrutura que sustenta esses serviços. 

Banner escrito:

Desse modo, o termo “nuvem” reflete a ideia de um ambiente remoto e abstrato, onde recursos digitais são disponibilizados de forma flexível e acessível.

Para que serve o armazenamento em nuvem?

O armazenamento em nuvem desempenha um papel fundamental na moderna era da tecnologia, oferecendo uma variedade de serviços e benefícios. 

Sua principal finalidade é proporcionar um local remoto e acessível para armazenar, gerenciar e acessar dados pela internet

Algumas das principais funções e propósitos do cloud computing incluem:

Acessar documentos remotamente

acesso remoto

O acesso remoto proporcionado pelo armazenamento em nuvem redefine a maneira como interagimos com nossos dados. 

Ao migrar para a nuvem, a necessidade de estar fisicamente presente em um local específico para acessar arquivos é eliminada. Isso significa que profissionais podem colaborar em projetos de qualquer parte do mundo, aumentando a flexibilidade e a eficiência operacional. 

Seja revisando documentos importantes durante uma viagem de negócios ou colaborando em tempo real com colegas que trabalham remotamente, o acesso remoto oferece uma liberdade sem precedentes, moldando um ambiente de trabalho mais dinâmico e conectado.

Escalar e flexibilizar as rotinas

A capacidade de dimensionar recursos de armazenamento conforme a demanda é uma das principais utilidades da nuvem. 

À medida que empresas crescem e geram mais dados, a escalabilidade permite uma expansão fluida, sem a necessidade de investir antecipadamente em infraestrutura adicional. Essa flexibilidade também se traduz na capacidade de reduzir recursos durante períodos de menor demanda, otimizando custos

A escalabilidade e flexibilidade oferecidas pela nuvem capacitam organizações a se adaptarem rapidamente a mudanças no ambiente de negócios, garantindo eficiência operacional e economia de recursos.

Aumentar a segurança

A segurança da informação é uma prioridade crucial na era digital, e o armazenamento em nuvem oferece recursos avançados para proteger dados sensíveis. 

Por meio de práticas como criptografia robusta, protocolos de autenticação e monitoramento contínuo, os provedores de serviços em nuvem garantem a integridade e a confidencialidade das informações armazenadas

Além disso, as soluções em nuvem geralmente possuem redundâncias e backups automáticos, reduzindo significativamente o risco de perda irreparável de dados devido a falhas técnicas ou desastres.

Viabilizar a colaboração

Ao eliminar barreiras físicas e promover o compartilhamento instantâneo de informações, o cloud computing aprimora a eficiência operacional e a colaboração dentro das organizações. 

Equipes distribuídas geograficamente podem colaborar em documentos em tempo real, melhorando a produtividade e acelerando processos de tomada de decisão. 

Além disso, as soluções em nuvem muitas vezes incluem ferramentas integradas de colaboração, como comentários em documentos e fluxos de trabalho automatizados, proporcionando um ambiente dinâmico e coeso para equipes multifuncionais. 

Essa eficiência operacional é fundamental para enfrentar os desafios de um mundo empresarial em constante evolução.

Reduzir riscos

Por meio de estratégias avançadas de backup e replicação em diferentes servidores e locais geográficos, o armazenamento em nuvem reduz consideravelmente os riscos associados à perda de dados devido a eventos imprevistos, como falhas de hardware, desastres naturais ou ataques cibernéticos. 

Isso garante que as empresas possam recuperar rapidamente seus dados em caso de qualquer eventualidade, minimizando o impacto nas operações e mantendo a continuidade dos negócios. 

Essa resiliência é essencial para proteger os ativos digitais valiosos de uma organização em um ambiente empresarial cada vez mais complexo e interconectado.

Como funciona o armazenamento em nuvem? 

Armazenamento em nuvem

Depois de conferir o que é armazenamento em nuvem e para que serve, você já percebeu que essa é uma revolucionária solução que transformou a maneira como as empresas gerenciam seus dados. 

Nesse cenário, a compreensão aprofundada de como funciona esse sistema torna-se crucial para otimizar operações, garantir segurança e promover acessibilidade remota.

Ao explorarmos cada etapa desse processo, desde a contratação do serviço até o desuso de espaço físico, desvendamos os mecanismos que impulsionam essa tecnologia inovadora.

Então, confira a seguir como se dá o funcionamento desse recurso:

1. Contratação do serviço

A contratação do serviço de armazenamento em nuvem marca o ponto de partida para empresas que buscam modernizar sua gestão de dados. 

Ao escolher uma provedora especializada, a organização define o tamanho do espaço de armazenamento desejado, inicia o cadastro e, assim, prepara-se para migrar seus dados para a nuvem. 

A provedora, por sua vez, assume a responsabilidade de gerenciar grandes volumes de informações, garantindo segurança e disponibilidade.

2. Envio de dados

O envio de dados é um processo simples e prático, realizado pela empresa contratante por meio da internet. Essa etapa crucial envolve a transferência segura de documentos, arquivos e informações para a nuvem

Durante esse processo, medidas de segurança como criptografia são implementadas, assegurando que os dados sejam protegidos contra possíveis ameaças. 

A praticidade desse envio permite que a empresa confie na provedora para armazenar e preservar suas informações de forma eficaz.

3. Gerenciamento e segurança

O gerenciamento e a segurança constituem pilares fundamentais do armazenamento em nuvem. A provedora, após o recebimento dos dados, realiza rotinas diárias, como backups e manutenção da infraestrutura de TI. 

Essas práticas são essenciais para garantir a continuidade operacional e proteger contra riscos como roubo ou vazamento de informações

A implementação de criptografia, tanto para dados em trânsito quanto em repouso, destaca o compromisso com a segurança integral dos dados armazenados.

4. Acesso remoto

acesso remoto nuvem

Após o processo de envio, colaboradores da empresa podem acessar documentos e dados de forma remota, utilizando a internet. 

Esse acesso é protegido por senhas e validação de permissões, garantindo que apenas usuários autorizados possam interagir com os arquivos. 

A flexibilidade promove uma colaboração eficiente, permitindo que a equipe acesse informações cruciais a qualquer momento e de qualquer lugar.

5. Desuso de espaço físico e virtual

Uma mudança significativa proporcionada pelo cloud computing é o desuso tanto do espaço físico quanto do virtual para armazenamento de dados. 

A empresa contratante não precisa mais investir em uma infraestrutura de TI interna robusta ou em equipamentos específicos. 

A nuvem elimina a necessidade de espaços físicos, como salas cheias de arquivos, e oferece uma solução eficiente que reduz custos, moderniza processos e proporciona uma gestão de dados mais ágil e flexível.

Confira algumas dicas de leitura especiais para você:

Quais os principais tipos de armazenamento de nuvem? 

A diversidade de necessidades empresariais deu origem a diferentes tipos de serviços de cloud computing, cada um projetado para atender a requisitos específicos. 

Essa variedade oferece flexibilidade às organizações, permitindo que escolham o tipo de armazenamento mais adequado às suas operações e demandas. 

A seguir, vamos explorar os três principais tipos de armazenamento em nuvem, cada um desenhado para atender a propósitos distintos, proporcionando soluções adaptadas a uma gama variada de cenários empresariais. Confira:

Armazenamento em nuvem pública

O armazenamento em nuvem pública é a forma mais comum e acessível dessa tecnologia. Nesse modelo, os recursos de armazenamento são disponibilizados por provedores terceirizados, permitindo que várias empresas compartilhem a mesma infraestrutura de nuvem. 

Esse compartilhamento resulta em economias de escala, tornando esse tipo de serviço mais acessível em termos de custo para organizações de diferentes tamanhos. 

A escalabilidade é uma característica marcante, permitindo que as empresas aumentem ou diminuam os recursos conforme suas necessidades, pagando apenas pelo que utilizam. 

Contudo, a segurança pode ser uma preocupação para algumas empresas, uma vez que os dados coexistem no mesmo ambiente físico com informações de outras organizações.

Armazenamento em nuvem privada

armazenamento em nuvem privada

Em contrapartida, o armazenamento em nuvem privada oferece uma infraestrutura dedicada exclusivamente a uma única organização

Essa abordagem é especialmente atraente para empresas que demandam maior controle sobre seus dados e priorizam a segurança.

Embora geralmente envolva um investimento mais substancial em comparação com o modelo público, a nuvem privada proporciona maior personalização e conformidade com regulamentações específicas do setor

Isso a torna ideal para organizações que lidam com dados sensíveis e necessitam de um ambiente de nuvem mais restrito.

Armazenamento em nuvem híbrida

A fusão de características da nuvem pública e privada resulta no modelo de armazenamento em nuvem híbrida. 

Essa abordagem oferece flexibilidade, permitindo que as empresas mantenham determinados dados ou aplicativos em ambientes privados, enquanto utilizam a nuvem pública para outros fins. 

A integração dessas duas infraestruturas proporciona uma solução versátil, adaptável a mudanças nas demandas operacionais. 

Isso é particularmente útil para organizações que podem ter requisitos distintos para diferentes partes de suas operações, combinando eficiência econômica com a segurança personalizada da nuvem privada. 

Portanto, o armazenamento em nuvem híbrida representa um equilíbrio estratégico entre custo, flexibilidade e controle.

Qual a importância do armazenamento em nuvem para empresas? 

Seja lidando exclusivamente com papel e caneta ou adotando recursos digitais, toda empresa está sujeita a desafios relacionados à guarda e gestão de dados. 

O uso de papel, por exemplo, torna as empresas vulneráveis à perda ou extravio de documentos, comprometendo operações e potencialmente expondo informações sensíveis.

Adentrar o conceito paperless é uma prática cada vez mais adotada, e o armazenamento em nuvem surge como uma solução que transcende as limitações físicas e oferece segurança eficaz. 

Por outro lado, depender exclusivamente da memória de dispositivos locais ou utilizar recursos como HDs externos expõe as empresas a riscos consideráveis, como danos, roubo ou ataques cibernéticos. 

Nesse cenário, o cloud computing se destaca ao reduzir significativamente os riscos associados à interrupção do acesso a informações vitais e os prejuízos decorrentes desses eventos.

No âmbito do Departamento Pessoal, a importância do armazenamento em nuvem torna-se ainda mais evidente. A agilidade na condução de processos como admissões é crucial, e a nuvem emerge como uma aliada estratégica. 

Evitando a demora causada por documentos perdidos ou extraviados, a nuvem oferece uma solução que não apenas garante a disponibilidade constante de dados, mas também proporciona recursos eficazes de proteção

Com a combinação da admissão digital e o armazenamento em nuvem, o DP pode acessar todas as informações necessárias de forma remota, tornando o processo mais eficiente e mitigando potenciais atrasos em obrigações acessórias, como a emissão de documentos fiscais. 

Portanto, podemos dizer que esse recurso:

  • garante continuidade dos negócios ao otimizar a gestão de informações;
  • reduz riscos associados ao uso de papel, como perda, extravio e vazamento de documentos;
  • protege contra danos, roubo e ataques hackers;
  • oferece recursos econômicos e eficientes, permitindo ampliação imediata dos backups, se necessário;
  • facilita processos no Departamento Pessoal, evitando atrasos e multas, com acesso remoto contínuo.

Assim, a continuidade e eficiência operacional tornam-se benefícios tangíveis advindos da adoção estratégica do cloud computing no contexto empresarial.

Quais as vantagens do armazenamento em nuvem para o DP?

redução de produtividade

O armazenamento em nuvem desponta como uma solução revolucionária para diversas áreas empresariais, e o Departamento Pessoal não é exceção. 

Ao adotar essa tecnologia, o DP desfruta de benefícios significativos que vão desde a eficiência operacional até o cumprimento de obrigações legais

A seguir, vamos explicar algumas vantagens fundamentais dessa abordagem inovadora para o setor:

Gestão eletrônica de documentos

A transição para documentos eletrônicos é uma faceta crucial do armazenamento em nuvem para o DP. 

Ao abandonar o papel e abraçar a digitalização, o setor elimina a vulnerabilidade associada à perda ou extravio de documentos físicos

Isso é especialmente vital em contextos legais, fiscais e tributários, onde a documentação desempenha um papel crucial em auditorias e demandas. 

Além disso, ao optar por uma abordagem paperless, o DP minimiza riscos, garante a rastreabilidade e otimiza a busca por informações, tornando os processos mais ágeis e eficientes.

Admissão digital e acesso remoto

A admissão digital, quando integrada ao armazenamento em nuvem, representa uma transformação substancial nos procedimentos de contratação. 

A rápida disponibilidade de documentos relevantes acelera o processo de admissão, evitando atrasos que poderiam resultar em penalidades

Além disso, a capacidade de acessar dados de forma remota permite que o DP trabalhe de maneira flexível, promovendo a continuidade operacional mesmo em situações de trabalho remoto

Essa flexibilidade não apenas otimiza as operações diárias, mas também fortalece a resiliência organizacional diante de desafios imprevistos.

Segurança e conformidade

A segurança dos dados é uma preocupação premente para o DP, especialmente ao lidar com informações sensíveis dos funcionários. 

O armazenamento em nuvem, ao adotar medidas robustas de criptografia, controle de acesso e protocolos de segurança, oferece uma defesa eficaz contra ameaças cibernéticas. 

Além disso, ao fornecer uma arquitetura de datacenter gerenciada pela provedora do serviço, o armazenamento em nuvem garante conformidade com regulamentações, como a LGPD

Essa abordagem não apenas protege os dados, mas também prepara o DP para auditorias e mantém a empresa alinhada com as normativas vigentes.

Automação de processos e eficiência operacional

Automatização das rotinas de DP

A gestão eficiente de documentos e informações simplifica tarefas rotineiras, reduzindo a carga de trabalho manual. 

A categorização facilitada, a pesquisa eficaz e a atribuição de tarefas proporcionam um ambiente mais organizado e produtivo

Essa automação não apenas agiliza as operações diárias, mas também minimiza erros associados à manipulação manual de documentos, garantindo uma execução mais precisa e confiável das atividades do DP.

Flexibilidade de armazenamento

A escalabilidade praticamente ilimitada permite que o setor ajuste dinamicamente suas necessidades de espaço conforme a demanda. 

Isso significa que a empresa paga apenas pelo que utiliza, eliminando gastos desnecessários com infraestrutura física

Além disso, essa flexibilidade se estende ao acesso remoto, permitindo que o DP trabalhe de qualquer lugar, impulsionando a colaboração e a eficiência.

Colocando em prática essas vantagens, o armazenamento em nuvem não apenas moderniza as operações do Departamento Pessoal, mas também fortalece a empresa como um todo, preparando-a para os desafios do ambiente de trabalho contemporâneo.

O que a empresa precisa analisar para escolher um serviço de armazenamento em nuvem?

Ao escolher um serviço de cloud computing, a empresa deve considerar diversos aspectos cruciais para garantir a eficiência, segurança e adequação às suas necessidades específicas. Os seguintes pontos são essenciais para uma análise abrangente:

Disponibilidade e segurança

É fundamental certificar-se de que o provedor de serviços de nuvem oferece alta disponibilidade, garantindo acesso contínuo aos dados quando necessário.

Além disso, avalie as medidas de segurança implementadas, incluindo criptografia de dados em trânsito e em repouso, além de protocolos de controle de acesso.

Escalabilidade e custos

Outro ponto importante é verificar a capacidade de escalabilidade do serviço para atender ao crescimento das necessidades de armazenamento da empresa.

Analise o modelo de precificação para garantir que seja flexível e alinhado com as demandas específicas, evitando custos desnecessários.

Recursos de backup e recuperação

A imagem tem fundo roxo. À esquerda, na cor branca, está escrita a tradução da palavra backup: cópia de segurança. À direita na imagem, há um desenho que representa um notebook aberto com nuvens pairando sobre ele conectadas por vetores.

Avalie os recursos de backup oferecidos, garantindo a proteção contra perda de dados e a capacidade de recuperação eficiente em casos de falhas ou incidentes.

Compatibilidade e integrações

Verifique a compatibilidade do serviço com os sistemas e aplicativos já utilizados pela empresa, assegurando uma integração suave.

Ainda, avalie a presença de APIs e a capacidade de integração com outras ferramentas utilizadas pela organização.

Suporte técnico e SLA

Analise a qualidade e disponibilidade do suporte técnico oferecido pelo provedor, incluindo canais de comunicação e tempos de resposta.

Revise os termos do Acordo de Nível de Serviço (SLA) para entender as garantias e responsabilidades do provedor em relação à performance e disponibilidade.

Políticas de privacidade e conformidade

Verifique as políticas de privacidade do provedor para garantir o tratamento adequado dos dados da empresa.

Assegure que o provedor esteja em conformidade com regulamentações relevantes, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) ou outras normativas específicas do setor.

Experiência do usuário e facilidade de uso

Considere a interface e a experiência do usuário oferecidas pelo serviço, buscando uma solução intuitiva que facilite a adoção por parte dos colaboradores.

Avalie a usabilidade e a simplicidade das operações cotidianas, visando minimizar as curvas de aprendizado e otimizar a eficiência.

Ao ponderar cuidadosamente esses aspectos, a empresa estará apta a tomar uma decisão informada e escolher um serviço de armazenamento em nuvem que atenda aos requisitos específicos, promovendo a modernização e aprimoramento das suas operações.

Quais os melhores serviços de armazenamento em nuvem para empresas e DPs? 

cloud

A seleção dos melhores serviços de armazenamento em nuvem para empresas e Departamentos Pessoais pode depender das necessidades específicas de cada organização

Diversas opções oferecem características distintas, proporcionando soluções adaptadas a diferentes contextos. 

O Google Drive, por exemplo, é um serviço em nuvem bastante conhecido e vamos começar falando justamente sobre ele, apresentando também outras soluções indicadas para uso corporativo. Confira:

Google Drive

O Google Drive é o serviço de armazenamento de uma das gigantes do mercado da tecnologia e a escolha ideal para empresas e usuários que estão bem adaptados ao ambiente da Google.

É o caso de quem substituiu o uso de arquivos de Word por arquivos do Google Docs de planilhas do Excel pelo Google Sheets, por exemplo. Nesse caso, todos os documentos criados já são automaticamente salvos na nuvem da Google.

O serviço se destaca por essa integração facilitada e por suas ferramentas de compartilhamento e colaboração, sempre valiosas no universo do trabalho.

Conta com versão gratuita e versões pagas, que garantem mais disponibilidade de espaço de armazenamento, sendo mais interessante para o uso corporativo.

OneDrive

O OneDrive é considerado a melhor solução de armazenamento em nuvem para usuários do Windows, o sistema operacional mais usado em todo o mundo. A integração com o sistema é bem simples, o que facilita bastante o uso da nuvem no dia a dia.

Depois de passar por atualizações importantes, o OneDrive se tornou uma solução mais forte, inclusive por contar com um bom suporte para uso em dispositivos móveis.

Além disso, como é comum a provedoras do serviço, oferece um pacote gratuito e diversos planos de upgrade pagos que ampliam a capacidade de armazenamento de acordo com as necessidades da empresa.

Baixe os materiais gratuitos a seguir e melhore seus processos de RH e DP:

Box

A Box é outra empresa de armazenamento em nuvem de nossa lista que merece sua atenção. A provedora oferece uma solução sólida e é uma alternativa interessante para empresas que resistem em compartilhar um volume de informações crescente com Google, Microsoft ou Apple.

Além disso, integra a solução de armazenamento a uma de fluxo de trabalho que favorece ainda mais a produtividade da organização. 

Assim, permite a atribuição de tarefas, a adição de comentários e toda a gestão do fluxo de trabalho, de modo a otimizar a colaboração mesmo em equipes remotas.

Também oferece um pacote gratuito e versões pagas, sendo que os pacotes corporativos contam com mais recursos, como histórico de versões, compartilhamento protegido por senha e ferramentas de pesquisa.

Dropbox for Business

O Dropbox é uma das soluções que são líderes globais no armazenamento em nuvem, com um dos designs mais intuitivos, ou seja, de fácil utilização.

Com planos exclusivos para empresas, o Dropbox costuma ser escolhido justamente pela sua simplicidade, que permite que a nuvem seja utilizada de qualquer dispositivo com acesso à internet.

O teste gratuito está disponível, inclusive para avaliar o funcionamento das ferramentas de compartilhamento de informações que podem ser muito úteis para as pessoas de uma empresa.

pCloud

O pCloud é um serviço bastante atrativo para empresas que buscam segurança extra sem aumentar muito os custos.

Oferece criptografia do lado do cliente de forma gratuita, além de possibilitar a compra de uma solução de criptografia AES, de padrão avançado, para aumentar ainda mais o nível de proteção.

Outro diferencial é o suporte nativo para Linux, algo que, em geral, outras provedoras de armazenamento em nuvem não oferecem.

iCloud

Para empresas que optam por usar dispositivos desenvolvidos pela Apple, como computadores MACs e iPads, o iCloud é o melhor serviço de armazenamento em nuvem.

Depois de ter passado por diversas atualizações, o serviço corrigiu falhas incômodas e aumentou seus níveis de segurança, conquistando a confiança dos usuários.

Além disso, tem uma interface amigável que torna seu uso bastante simples, o que é sempre uma vantagem.

Nextcloud

A Nextcloud é a solução ideal para empresas que buscam o máximo de controle sobre os dados armazenados e que têm uma TI apta a fazer as configurações necessárias.

Isso porque falamos de uma alternativa self-hosted e não de uma provedora propriamente. Na verdade, o que temos é um conjunto de plataformas e softwares que permite que a empresa configure e gerencie seu próprio armazenamento em nuvem.

É mais trabalhoso, mas pode ser mais interessante para organizações que trabalham com dados altamente sensíveis, desde que tenham especialistas capacitados em seu time.

Cada uma dessas opções possui suas próprias vantagens e considerações. Ao escolher um serviço de cloud computing, é vital avaliar criteriosamente os requisitos específicos da empresa, considerando fatores como integração, segurança, escalabilidade e facilidade de uso para atender às demandas tanto da organização quanto do Departamento Pessoal.

Tire suas dúvidas sobre o armazenamento em nuvem para empresas e DPs!

aplicativo do FGTS digital

Para recapitular o que vimos aqui, vamos repassar com você as informações mais importantes sobre o armazenamento em nuvem para empresas. Confira:

O que é armazenamento em nuvem?

O armazenamento em nuvem ou cloud computing é uma solução que permite às empresas guardar e acessar seus dados de forma remota através da internet. Ao optar por esse serviço, as organizações deixam de depender de armazenamento local em dispositivos físicos, como computadores e HDs externos.

Quais os benefícios para a empresa e seu DP?

O armazenamento em nuvem, além de oferecer escalabilidade e acesso remoto, otimizando custos e promovendo produtividade, é especialmente valioso para o DP, permitindo uma gestão eletrônica eficiente, agilizando processos burocráticos e minimizando riscos. O acesso remoto facilita a continuidade operacional e, no cenário de trabalho remoto, respalda a admissão digital, garantindo a disponibilidade constante de dados.

O que analisar para escolher um serviço de armazenamento em nuvem?

Ao escolher um serviço de armazenamento em nuvem, priorize a disponibilidade de dados, a segurança com medidas como criptografia e a escalabilidade. Considere também o custo-benefício e recursos adicionais, como ferramentas de gestão, para atender às necessidades da empresa.

Armazenamento em nuvem e o Departamento Pessoal

Como dissemos, o armazenamento em nuvem é vantajoso para empresas como um todo e, também, para setores de forma específica. Ainda no começo do texto, mencionamos que a solução pode ser bastante útil para o DP.

O principal motivo para apostar na nuvem pensando em otimizar a rotina do DP é a possibilidade de contar com uma gestão eletrônica de documentos eficiente.

A burocracia que dá fama ao setor tem a ver com sua responsabilidade de manter a relação entre empresa e pessoas contratadas regularizada. Algo que envolve lidar com uma quantidade crescente de documentos e que depende de processos complexos e bem estruturados.

Recursos como a digitalização de documentos e a assinatura eletrônica permitem que o DP troque o papel pelo uso da tecnologia. E, consequentemente, colha vantagens como as que mencionamos de manter as informações organizadas, seguras e encontrá-las facilmente.

Ainda, mais do que guardar documentos e outros dados, é possível usar soluções de cloud computing para cumprir etapas da gestão de processos diversos. Basta se lembrar de que há serviços, como o Box, que permitem até a atribuição de tarefas.

Por fim, vale mencionar que o uso da nuvem para armazenar dados é uma das etapas da digitalização do DP e das organizações como um todo.

Esse processo, gradualmente, permite que diversos documentos e processos já nasçam em formato digital, ampliando o uso de soluções baseadas em cloud, assim como suas vantagens.

Achou interessante e quer entender ainda melhor sobre o que a digitalização reserva para o Departamento Pessoal? Então, saiba tudo sobre a GED, ou Gestão Eletrônica de Documentos, e entenda como aproveitar ainda mais a tecnologia no seu dia a dia!

Para modernizar seu DP sem complicações, Sólides Ponto