Tempo de Leitura: 12 minutos

A segurança dos dados no ambiente digital é uma preocupação crescente para empresas e usuários individuais. 

Imagine perder todos os seus arquivos importantes de uma hora para outra devido a uma falha de hardware, um ataque de malware ou até mesmo um desastre natural. 

É aí que entra a palavra-chave: backup. Mas o que exatamente é backup e por que deveria ser uma prioridade em seu Departamento Pessoal (DP)? 

Em um mundo onde nossas vidas e negócios estão cada vez mais dependentes da tecnologia, o backup se torna uma medida importante de proteção contra uma variedade de ameaças. 

Este artigo irá explorar o conceito de backup e seu papel na preservação de memórias digitais e na garantia da continuidade das operações empresariais.

O que é backup?

A imagem tem fundo roxo. À esquerda, na cor branca, está escrita a tradução da palavra backup: cópia de segurança. À direita na imagem, há um desenho que representa um notebook aberto com nuvens pairando sobre ele conectadas por vetores.

O backup, uma prática essencial no mundo digital, consiste na criação de cópias de segurança dos dados armazenados em dispositivos eletrônicos, como computadores, smartphones, tablets e servidores. 

Essa ação visa proteger informações importantes contra uma variedade de ameaças, incluindo falhas de hardware, ataques de malware, erros humanos, desastres naturais e roubo de dados.

Banner escrito:

Ao criar cópias de segurança dos dados, os usuários garantem que, mesmo que ocorra uma perda de dados no dispositivo principal, seja devido a um mau funcionamento do hardware, uma exclusão acidental de arquivos ou até mesmo um ataque de ransomware, eles ainda terão acesso às informações necessárias para continuar suas operações sem interrupções significativas.

Além disso, o backup é uma parte fundamental da estratégia de recuperação de desastres de uma organização. 

Em cenários onde ocorrem eventos catastróficos, como incêndios ou inundações, as cópias de segurança permitem que as empresas restaurem seus sistemas e dados essenciais, minimizando o tempo de inatividade e os impactos financeiros.

No contexto pessoal, o backup também desempenha um papel importante na preservação de memórias digitais, como fotos de família, vídeos e documentos pessoais. Muitas vezes, esses dados são inestimáveis e não podem ser recuperados se forem perdidos permanentemente devido à falta de backup.

Leia também:

Quais os tipos de backup? 

Existem diversos tipos de backup, cada um com suas características específicas que atendem a diferentes necessidades e cenários de uso. 

Desde cópias completas até incrementais e diferenciais, cada abordagem tem suas vantagens e desvantagens. Acompanhe a seguir:

Por mídias físicas

O backup por mídias físicas envolve a gravação de dados em dispositivos removíveis, como CDs, DVDs, Blu-rays, pen drives e HDs externos. 

Esta abordagem oferece uma solução tangível e acessível para armazenar cópias de segurança, mas também apresenta algumas considerações a serem feitas:

A concorrência não chega nem perto: Sólides otimiza + de 50 processos do seu DP

Vantagens:

  • Baixo custo inicial: as mídias físicas são geralmente acessíveis em termos de custo inicial, tornando-se uma opção viável para usuários individuais e pequenas empresas.
  • Facilidade de transporte e armazenamento: as mídias físicas são portáteis e podem ser facilmente armazenadas em locais seguros, como cofres ou gavetas.
  • Armazenamento offline para maior segurança: como as mídias físicas não estão conectadas à Internet, elas oferecem uma camada adicional de segurança contra ameaças cibernéticas.

Desvantagens:

  • Limitação de capacidade de armazenamento: CDs, DVDs e pen drives têm capacidades limitadas de armazenamento, o que pode exigir múltiplas mídias para backups maiores.
  • Susceptibilidade à deterioração física: mídias físicas estão sujeitas a danos físicos e corrosão ao longo do tempo, o que pode comprometer a integridade dos dados.
  • Necessidade de gerenciamento e organização: o uso de múltiplas mídias físicas pode complicar o gerenciamento e a recuperação de dados, exigindo uma organização meticulosa.

Online

O backup online, também conhecido como backup em nuvem, é uma abordagem que envolve o armazenamento de dados em servidores remotos acessíveis pela Internet. 

Esta opção oferece vantagens únicas, mas também apresenta algumas considerações a serem feitas:

Vantagens:

  • Escalabilidade: os serviços de backup em nuvem oferecem escalabilidade, permitindo que os usuários aumentem facilmente o espaço de armazenamento conforme necessário.
  • Acessibilidade remota: os dados armazenados na nuvem podem ser acessados de qualquer lugar com uma conexão à Internet, oferecendo conveniência e flexibilidade.
  • Segurança aprimorada: os provedores de serviços de nuvem geralmente implementam medidas robustas de segurança e criptografia para proteger os dados dos usuários contra ameaças cibernéticas.

Desvantagens:

  • Dependência de conexão à internet: o backup em nuvem requer uma conexão à internet estável para fazer o upload e o download de dados, o que pode ser um desafio em áreas com conectividade limitada.
  • Custos recorrentes: muitos serviços de backup em nuvem operam em um modelo de assinatura mensal ou anual, o que pode resultar em custos recorrentes ao longo do tempo.
  • Preocupações com privacidade: alguns usuários podem ter preocupações com a privacidade ao armazenar dados confidenciais em servidores remotos controlados por terceiros.

Conheça um pouco mais sobre as possibilidades de backup online com nosso post do Instagram e nos siga na redes social para acompanhar mais conteúdos!

Automático

O backup automático é aquele que é programado para ocorrer de forma regular e sem intervenção manual. 

Esta abordagem oferece conveniência e consistência, mas também apresenta algumas considerações a serem feitas:

Vantagens:

  • Conveniência: o backup automático é conveniente, pois elimina a necessidade de intervenção manual, garantindo que as cópias de segurança sejam feitas regularmente.
  • Consistência: como o backup é automatizado, ele é executado em intervalos regulares, garantindo que os dados estejam sempre atualizados e protegidos.

Desvantagens:

  • Complexidade de configuração: configurar e programar um sistema de backup automático pode exigir algum conhecimento técnico e configuração inicial.
  • Consumo de recursos: o backup automático pode consumir recursos do sistema, como largura de banda de rede e poder de processamento, durante o processo de cópia de segurança.

Manual

O backup manual requer a intervenção direta do usuário para iniciar e gerenciar o processo de cópia de segurança. Embora ofereça mais controle sobre o processo, também apresenta algumas desvantagens:

Vantagens:

  • Controle total: o backup manual oferece controle total sobre o processo, permitindo que os usuários escolham quais arquivos e pastas desejam fazer backup e quando realizar a operação.
  • Flexibilidade: os usuários podem personalizar o processo de backup de acordo com suas necessidades específicas, priorizando determinados arquivos ou pastas.

Desvantagens:

  • Propenso a erros: o backup manual está sujeito a erros humanos, como esquecimento de realizar a cópia de segurança ou seleção incorreta de arquivos.
  • Inconsistência: Se não realizado regularmente, o backup manual pode levar a inconsistências nos dados protegidos, deixando-os vulneráveis a perdas de dados.

A escolha do tipo de backup mais adequado dependerá das necessidades específicas de cada organização, levando em consideração fatores como volume de dados, frequência de atualização e recursos disponíveis

Cada abordagem tem suas vantagens e desvantagens, e é importante avaliar cuidadosamente as opções antes de implementar um sistema de backup.

Baixe agora mesmo esses materiais que vão apoiar na digitalização das rotinas na sua empresa!

Qual a importância do backup?

O backup desempenha um papel importante na garantia da continuidade dos negócios e na proteção dos dados críticos das organizações. 

Aqui estão algumas razões pelas quais o backup é essencial para essas áreas:

Proteção contra perdas irreparáveis

Os departamentos armazenam uma grande quantidade de dados críticos, incluindo informações pessoais dos funcionários, registros financeiros e documentos contratuais

Um único incidente, como uma falha de hardware ou um ataque cibernético, pode resultar na perda irreparável desses dados, prejudicando significativamente as operações e a reputação da empresa. 

O backup regular garante que mesmo em cenários adversos, os dados possam ser restaurados, permitindo a continuidade das operações.

Garantia de conformidade regulamentar

Os departamentos devem cumprir uma série de regulamentações, como a LGPD, que estabelece requisitos rígidos para a proteção e privacidade dos dados pessoais dos funcionários. 

O backup adequado é essencial para cumprir essas regulamentações, garantindo que os dados estejam protegidos contra perdas e acessos não autorizados.

Minimização do tempo de inatividade

Em caso de falha do sistema ou ataque cibernético, o tempo de inatividade pode ter um impacto significativo nas operações do departamento. 

Com backups adequados, os dados podem ser rapidamente restaurados, reduzindo o tempo de inatividade e permitindo que as atividades sejam retomadas o mais rápido possível.

Proteção contra ameaças cibernéticas

Com o aumento das ameaças cibernéticas, como ransomware e phishing, a segurança dos dados se tornou uma preocupação crítica para os departamentos. 

O backup regular dos dados é uma medida fundamental para proteger contra essas ameaças, garantindo que os dados possam ser recuperados mesmo em caso de ataques bem-sucedidos.

Preservação da continuidade dos negócios

Os departamentos desempenham um papel fundamental no funcionamento contínuo da empresa. 

Em caso de perda de dados, as operações podem ser interrompidas, resultando em atrasos no processamento de pagamentos, descontentamento dos funcionários e perda de clientes

O backup garante a continuidade das operações, mesmo em face de adversidades, protegendo a reputação e os interesses da empresa.

Dessa forma, o backup é uma medida preventiva essencial que ajuda a proteger os dados críticos dos departamentos contra perdas, garantindo conformidade regulamentar, minimizando o tempo de inatividade e preservando a continuidade dos negócios. 

Investir em uma estratégia de backup robusta é de extrema importância para a segurança e resiliência das operações do departamento.

Como fazer backup? 

Offboarding e análise de dados

Para garantir a proteção e disponibilidade contínua dos dados sensíveis, é importante implementar um processo eficaz de backup. 

Aqui estão algumas etapas a serem seguidas:

  1. Identifique os dados críticos: comece identificando quais dados são essenciais para o funcionamento do departamento, como registros de funcionários, folhas de pagamento e contratos.
  2. Escolha a solução de backup adequada: avalie as necessidades do departamento e escolha a solução de backup que melhor atenda a essas necessidades, como backup em nuvem, em dispositivos físicos externos ou em servidores locais.
  3. Estabeleça uma programação de backup regular: defina uma programação consistente para realizar backups dos dados, levando em consideração a frequência de atualização dos dados e a criticidade das informações.
  4. Teste regularmente os backups: certifique-se de testar regularmente os procedimentos de backup e restauração para garantir que os dados possam ser recuperados com sucesso em caso de necessidade.
  5. Proteja os backups: utilize medidas de segurança, como criptografia de dados e controle de acesso, para proteger os backups contra acesso não autorizado.
  6. Mantenha uma cópia off-site: além de manter backups locais, é recomendável manter uma cópia off-site dos dados em um local seguro, longe do local de trabalho, para garantir a recuperação dos dados em caso de desastres naturais ou eventos que afetem o local principal.

Quais as melhores ferramentas para fazer backup na empresa 

Ao considerar a implementação de um sistema de backup na empresa sem incorrer em custos adicionais, é possível recorrer a uma variedade de ferramentas gratuitas confiáveis. 

Aqui estão algumas das melhores opções:

Google Drive

O Google Drive oferece uma solução de backup na nuvem gratuita para empresas que permite armazenar e acessar arquivos de qualquer lugar, a qualquer momento. 

Com uma conta do Google, é possível obter até 15 GB de armazenamento gratuito, com opções de upgrade disponíveis para necessidades adicionais. 

O Google Drive é conhecido por sua integração com outras ferramentas do Google, como o Gmail e o Google Docs, facilitando a colaboração e o compartilhamento de arquivos entre equipes.

Microsoft OneDrive

O Microsoft OneDrive é outra opção popular de backup na nuvem que oferece 5 GB de armazenamento gratuito com uma conta da Microsoft. 

Ele permite fazer backup de arquivos importantes, como documentos, fotos e vídeos, e acessá-los de qualquer dispositivo. 

O OneDrive também oferece recursos de colaboração, como edição simultânea de documentos e compartilhamento de arquivos, o que o torna uma escolha conveniente para empresas que usam o ecossistema do Office 365.

Dropbox Basic

O Dropbox Basic é uma opção simples e eficaz de backup na nuvem que oferece 2 GB de armazenamento gratuito. 

Ele permite fazer backup de arquivos de qualquer tipo e acessá-los de qualquer dispositivo conectado à internet. 

O Dropbox é conhecido por sua interface intuitiva e recursos de compartilhamento de arquivos, tornando-o uma escolha popular para pequenas empresas e equipes de trabalho remoto.

Cobian Backup

O Cobian Backup é uma ferramenta gratuita de backup para computadores Windows que oferece uma variedade de opções de configuração. 

Ele permite fazer backup de arquivos para outros computadores, discos rígidos externos e dispositivos USB, com opções de agendamento flexíveis. 

O Cobian Backup é conhecido por sua interface simples e recursos poderosos, tornando-o uma escolha popular para empresas que procuram uma solução gratuita e fácil de usar.

Iperius Backup Free

O Iperius Backup Free é outra opção gratuita de backup para empresas que oferece recursos robustos e flexíveis. 

Ele permite fazer backup de arquivos em outros computadores da rede, dispositivos NAS e unidades de armazenamento externo e interno, com opções de agendamento e notificações por e-mail. 

O Iperius Backup Free é conhecido por sua confiabilidade e facilidade de uso, tornando-o uma escolha sólida para empresas de todos os tamanhos.

Essas ferramentas gratuitas oferecem uma maneira econômica e confiável de fazer backup de dados importantes para empresas, garantindo a proteção e disponibilidade contínua dos arquivos críticos

Ao escolher a ferramenta certa, as empresas podem minimizar o risco de perda de dados e interrupção das operações, mantendo a produtividade e a segurança dos dados.

Qual o período ideal para fazer backup?

Gestão Eletrônica de Documentos

O período ideal para fazer backup em uma empresa pode variar dependendo de vários fatores, incluindo o volume de dados, a criticidade das informações e a capacidade de recuperação necessária

No entanto, existem algumas diretrizes gerais que podem ajudar a determinar o intervalo adequado para realizar backups:

  • Frequência de atualização dos dados: o período ideal para fazer backup geralmente está relacionado à frequência com que os dados são atualizados. Se a empresa lida com informações críticas que são alteradas com frequência, como transações financeiras ou registros de clientes, é recomendável realizar backups com maior frequência, como diariamente ou várias vezes ao dia.
  • Impacto da perda de dados: avalie o impacto que a perda de dados teria nas operações da empresa. Se a perda de uma hora de trabalho resultar em grandes prejuízos financeiros ou operacionais, é crucial realizar backups com mais frequência para minimizar o risco de perda de dados significativos.
  • Recursos de TI disponíveis: considere a disponibilidade de recursos de TI para realizar backups. Se a empresa possui uma equipe de TI dedicada ou utiliza soluções automatizadas de backup, pode ser possível realizar backups com maior frequência sem impactar negativamente nas operações.

Tempo de recuperação aceitável: determine o tempo máximo que a empresa pode ficar sem acesso aos dados em caso de falha do sistema. Esse tempo de recuperação aceitável pode ajudar a definir o período ideal para fazer backup, garantindo que os dados possam ser restaurados rapidamente, se necessário.

Assim, o período ideal para fazer backup em uma empresa deve ser determinado considerando a importância dos dados, a frequência de atualização, os recursos disponíveis e o tempo de recuperação aceitável. 

Ao avaliar esses fatores, as empresas podem estabelecer uma estratégia de backup eficaz que proteja seus dados críticos e minimize o risco de perda de informações.

Como criar uma rotina de Backup em sua empresa?

Criar uma rotina de backup eficaz é essencial para garantir a segurança e disponibilidade contínua dos dados críticos da empresa. 

Aqui estão algumas etapas para ajudar a criar uma rotina de backup sólida:

1. Avalie os requisitos de backup

Comece identificando os dados críticos que precisam ser protegidos, incluindo documentos importantes, bancos de dados, e-mails e outros arquivos essenciais para as operações da empresa.

2. Escolha uma solução de backup adequada

Selecione uma solução de backup que atenda às necessidades específicas da sua empresa, levando em consideração fatores como volume de dados, frequência de atualização e recursos disponíveis.

3. Defina uma programação de backup

Estabeleça uma programação consistente para realizar backups, levando em consideração a frequência de atualização dos dados e a criticidade das informações

Por exemplo, backups diários podem ser necessários para dados altamente dinâmicos, enquanto backups semanais podem ser suficientes para informações menos críticas.

4. Automatize o processo de backup

Utilize ferramentas de backup automatizadas para simplificar e agilizar o processo de backup

A automação ajuda a garantir que os backups sejam realizados de forma consistente e confiável, sem a necessidade de intervenção manual.

5. Armazene os backups de forma segura

imagem de notebook aberto com ícone de fechadura na tela e teclado sendo tocado pelas mãos de uma pessoa representando segurança da informação na gestão de documentos.

Armazene os backups em locais seguros, protegidos contra acesso não autorizado, falhas de hardware e desastres naturais

Considere utilizar uma combinação de armazenamento local e na nuvem para redundância e resiliência adicional.

6. Teste regularmente os backups

Certifique-se de testar regularmente os procedimentos de backup e recuperação para garantir que os dados possam ser restaurados com sucesso, se necessário. 

Os testes de backup ajudam a identificar e corrigir problemas antes que se tornem críticos.

7. Revise e ajuste a estratégia de backup conforme necessário

Periodicamente, reveja e ajuste a estratégia de backup conforme as necessidades e requisitos da empresa mudam. 

Esteja preparado para fazer alterações na programação de backup, nos métodos de armazenamento e nas soluções de backup conforme a empresa cresce e evolui.

Ao seguir essas etapas, as empresas podem criar uma rotina de backup eficaz que proteja seus dados críticos e minimize o risco de perda de informações

Uma estratégia de backup bem planejada e executada pode ser fundamental para garantir a continuidade das operações e proteger os interesses da empresa.

Tire outras dúvidas sobre backup

O que é Backup?

O backup é uma cópia de segurança dos dados importantes armazenados em dispositivos eletrônicos, como computadores, servidores, smartphones e tablets. 
Essa cópia adicional dos dados é essencial para proteger as informações contra perdas acidentais, corrupção de arquivos, falhas de hardware, ataques de malware e outros eventos que possam comprometer a integridade dos dados originais.

Para que serve?

O backup serve para garantir a disponibilidade e a integridade dos dados da empresa, permitindo que eles sejam recuperados em caso de perda ou dano. 
Ao fazer regularmente cópias de segurança dos dados críticos, as empresas podem minimizar o impacto de eventos adversos, como falhas de hardware, desastres naturais ou ataques cibernéticos, garantindo a continuidade das operações e protegendo a reputação e os interesses da empresa.

Quando fazer backup em minha empresa?

Fazer backup em sua empresa deve ser uma prática regular e constante para garantir a segurança e disponibilidade dos dados críticos
A frequência dos backups pode variar dependendo da natureza dos dados e das necessidades operacionais da empresa. 
No entanto, geralmente é recomendado fazer backups diários ou várias vezes por dia para dados altamente dinâmicos e críticos, como transações financeiras, registros de clientes e documentos importantes. 
Para dados menos críticos, backups semanais ou mensais podem ser suficientes. 
O importante é estabelecer uma programação de backup consistente e confiável e garantir que os backups sejam armazenados em locais seguros e protegidos contra perdas.

Como vimos, o backup desempenha um papel fundamental na proteção e disponibilidade dos dados críticos das empresas, garantindo a continuidade das operações e a preservação dos interesses da organização diante de potenciais ameaças e incidentes. 

No entanto, para uma abordagem verdadeiramente abrangente e eficaz na gestão da informação, é preciso também implementar um gestão de documentos da empresa. 

Ao integrar práticas sólidas de gestão documental com estratégias de backup, as empresas fortalecem sua capacidade de recuperação em caso de perdas de dados e melhoram significativamente sua eficiência operacional, conformidade regulamentar e segurança da informação, essenciais para o sucesso e a sustentabilidade a longo prazo.

Com a Sólides Ponto o fechamento da folha é: rápido e seguro