Tempo de Leitura: 9 minutos

O sonho de qualquer DP é não ter problemas na hora de fazer o balanço do banco de horas, fechar a folha de ponto e enviar as informações da folha de pagamentos para o financeiro. Mas aí a empresa tem um colaborador que não bateu o ponto corretamente ao longo do mês ― ou vários colaboradores. O nome disso? Pesadelo.

Esse problema pode fazer o DP perder noites de sono só pela ansiedade de precisar verificar como cada profissional cumpriu sua jornada. Isso sem contar nas consequências jurídicas que ele pode enfrentar caso alguém busque a Justiça do Trabalho alegando inconsistências no controle de ponto/pagamento de horas extras.

A solução é fácil, embora não tão simples: descobrir quais estratégias sua empresa precisa adotar para incentivar a marcação de ponto e não permitir que o esquecimento de registro de ponto seja uma constante.

Confira a seguir os tópicos deste conteúdo que vai ajudar você a descobrir o que fazer para lidar com os “esquecidinhos” do controle de jornada:

O que a lei diz sobre a obrigação de bater ponto?

lei sobre ponto

A Lei de Liberdade Econômica ― ou Lei n° 13.874 ― determina que toda empresa com mais de 20 colaboradores é obrigada a adotar um sistema de controle de ponto. O sistema pode ser manual ou mecânico ― embora essas sejam soluções já ultrapassadas pela falta de praticidade e segurança ― ou eletrônico.

Esse último tipo engloba as tecnologias mais modernas, práticas e seguras de controle de ponto, regulamentadas pela Portaria 671 do Ministério do Trabalho e Previdência (MPT).

Com tudo isso, sabemos que nem toda organização é obrigada a fazer o registro das jornadas de trabalho. Contudo, toda aquela que opta por fazê-lo espera que a dinâmica dê certo e que seu DP não precise se preocupar com o colaborador que esqueceu de bater ponto.

Banner com fundo cinza o texto

Quanto a isso, vale lembrar que mesmo que uma empresa tenha menos de 20 funcionários, terá benefícios de fazer o controle de jornada, sobretudo se usar um dos sistemas eletrônicos mais completos.

Apenas a título de informação, entre os benefícios estão a melhor gestão de banco de horas ou horas extras, mais facilidade na análise de produtividade e até redução de custos.

Leia também:

É obrigação do colaborador bater ponto?

O registro de jornada é uma via de mão dupla quando a empresa é obrigada a fazê-lo e quando opta por implementá-lo. Isso quer dizer que sim, é dever das pessoas contratadas baterem o ponto diariamente. Antes de continuarmos, veja esse post que publicamos no Instagram da Sólides Tangerino:

Prosseguindo: há bons motivos para essa prática. Um deles tem relação com a legislação trabalhista que determina que organizações com mais de 20 colaboradores tenham um sistema de registro de jornada, conforme vimos.

Para que essa obrigação seja cumprida, essas empresas precisam que seus colaboradores dirijam-se ao equipamento para registrar suas entradas e saídas ou abram o app de controle de ponto e façam suas marcações.

Além do mais, com ou sem demanda legal, é importante para os próprios profissionais que essa rotina seja cumprida. Do contrário, podem se prejudicar por causar o erro de cálculo das remunerações e atrasos para correções e conclusão do pagamento dos salários.

O que acontece se o colaborador não bate ponto?

colaborador que não bateu o ponto

Acabamos de mencionar as consequências que podem prejudicar os trabalhadores, certo? Do lado da empresa, os problemas causados por um colaborador que não bateu ponto são ainda mais graves:

  • multas aplicadas pela fiscalização do Ministério do Trabalho;
  • falta de provas para se defender em ações trabalhistas.

Claro que falamos de possibilidades. Talvez você até saiba de uma organização que não é lá muito exigente com essa questão do registro de jornada e nunca tenha tido problema algum.

Porém, é sempre melhor prevenir do que remediar. E, mais importante, é melhor fazer tudo corretamente para preservar os direitos das pessoas contratadas e da própria empresa.

Por exemplo, já se perguntou se caso colaborador não bate ponto, pode ser descontado o dia? A resposta é não. Isso porque a pessoa estava lá, você sabe e outras pessoas também.

Assim, há como provar que a pessoa compareceu ao trabalho ainda que tenha falhado, pelo motivo que seja, em fazer sua parte e registrar sua chegada e saída.

Contar com marcações regulares evita que o DP tenha essa dúvida ou que um desconto indevido seja feito, podendo acarretar problemas legais depois.

É válido dizer também que não é de hoje que o erro no pagamento de horas extras está entre as causas mais comuns de processos trabalhistas e a melhor forma de prevenir isso é engajando os colaboradores com o registro de jornada.

Confira alguns materiais ricos e gratuitos que separamos para agilizar a rotina do seu DP:

Quais são as formas de incentivar o colaborador a bater ponto?

Com tudo isso, o que mais nos interessa agora é falar sobre como lidar com o colaborador que não bate ponto, ou seja, como incentivar as pessoas a cumprirem com essa rotina. Antes de irmos às dicas de fato, confira o vídeo que fizemos com as principais destas:

Coloque o relógio de ponto em lugar estratégico

Mesmo usando um moderno Registrador Eletrônico de Ponto (REP) que possa ser usado como app pelas pessoas, sua empresa pode ter um equipamento para marcações em seu espaço.

Assim, coloque o equipamento próximo ao local de entrada e saída para que as pessoas se lembrem de fazer os registros tão logo cheguem para o trabalho. O “truque” também tende a funcionar para idas e voltas do horário de almoço e, claro, para o fim do expediente.

Crie comunicações frequentes

Faça com que a importância das marcações seja lembrada com frequência em reuniões e por meio dos canais de comunicação utilizados pela empresa.

Assim, vai ter sempre algo ou alguém lembrando o colaborador que não bateu o ponto de não cometer o mesmo erro novamente.

Faça o acompanhamento diário das marcações

Também é válido acompanhar os registros para evitar lidar com um caso de colaborador que não bate ponto por dia. Por que? É simples.

Acompanhando, o DP e as lideranças conseguem identificar a frequência com que o problema está acontecendo e se é algo generalizado ou uma falta de uma ou outra pessoa em particular.

Com isso, fica mais fácil pensar em estratégias cada vez mais adequadas. Por exemplo, se falamos do esquecimento de poucos, talvez uma abordagem individualizada seja necessária e suficiente.

Motive as pessoas a bater ponto

Tenha em mente que é necessário combater o esquecimento e até o desinteresse com estratégias de motivação. Talvez você já tenha ligado 2+2 e saiba qual a dica vamos dar… vejamos!

Para modernizar seu DP sem complicações, Sólides Ponto

O que pode ser bastante válido é lembrar as pessoas que a marcação de ponto diária evita erros de cálculo e atrasos no pagamento. Ou seja, se as pessoas querem receber em certinho e em dia, podem contribuir registrando seus horários de entrada e saída todos os dias.

Importante dizer que é sempre melhor falar sobre isso de forma amigável, descontraída. Um tom agressivo não pega bem, inclusive porque nada tira da empresa a responsabilidade pelo pagamento correto, certo?

Fale da possibilidade de insubordinação

Contudo, há espaço para falar com seriedade também. Como vimos, fazer o registro de suas jornadas é uma obrigação de cada pessoa contratada. Faltar com essa rotina pode levar a um quadro de insubordinação.

O descumprimento de ordens diretas da empresa é grave e pode, inclusive, justificar uma demissão por justa causa.

Escolha um sistema de marcações rápidas e fáceis

Por último, a dica de ouro. Lembre-se de que ninguém quer mais burocracia no dia a dia e considere escolher um sistema de marcação de ponto moderno.

Lembra-se de que mencionamos soluções eletrônicas avançadas? Esse tipo de sistema permite marcações em menos de um minuto por biometria digital ou facial e direto do celular de cada pessoa da empresa.

Ou seja, permite que a rotina seja cumprida de forma muito simples, rápida e segura, até mesmo por equipes remotas ou profissionais em home office.

Para ler mais tarde

Como a tecnologia do app Sólides Tangerino pode ajudar a fazer o colaborador bater ponto?

Acabamos de ver as melhores estratégias que sua empresa pode adotar para evitar a dor de cabeça causada pelo colaborador que não bateu o ponto. Se a última te chamou a atenção de um modo especial, presta atenção aqui!

O app Sólides Tangerino é uma das soluções mais modernas entre os sistemas eletrônicos de registro de jornada. Dito isso, vamos te contar como nosso app pode ajudar a fazer todo mundo bater ponto direitinho e realizar o sonho do DP.

Quer ver um resumo de tudo que diremos a seguir? Assista ao vídeo que preparamos sobre o app e, claro, aproveite para se inscrever no canal da Sólides Tangerino e ter acesso a mais conteúdos incríveis sobre controle de ponto e jornada do DP:

Não causa filas

As jornadas flexíveis estão aí como tendência, mas ainda é mais comum um cenário em que as pessoas chegam no mesmo horário e se reúnem em fila atrás do relógio de ponto para fazer seus registros.

O mesmo vale para o horário de saída, ainda que algumas pessoas fiquem um pouquinho mais para finalizar as demandas do dia dentro do limite de hora extra.

Fila atrai gente curiosa, mas só fora do trabalho. Nesse ambiente, o que as pessoas mais querem é entrar logo para cumprir suas tarefas ou sair logo para ir pra casa. Assim, a fila tende a desmotivar a marcação.

O app Sólides Tangerino resolve esse problema ao permitir a marcação feita pelo smartphone. Cada pessoa pode ter o app no seu próprio celular e, em poucos passos, fazer os registros de onde estiver, sem filas. Dessa forma, o DP não terá problemas com colaborador que não bateu o ponto

Marcação por área de interesse

Outra questão é que nosso app permite a criação de uma área maior para que as pessoas registrem ponto da calçada, do estacionamento… Algo válido, sobretudo, caso alguém esqueça de bater o ponto na saída, dentro das dependências da organização.

Esse mesmo recurso pode ser usado para cadastrar locais de interesse a serem usados por quem estiver no anywhere office, ou seja, trabalhando fora do escritório.

Basta que os locais sejam previamente informados para que o DP possa registrá-los no sistema. A partir daí, registros feitos de casa, do coworking e de outras localidades serão devidamente computados.

Registro offline

Aliás, o aplicativo possibilita a realização do registro de ponto offline, independentemente da causa dessa situação.

Assim, se as pessoas estão chegando ou saindo da empresa e o escritório está internet no momento, todo mundo pode fazer seus registros e contar com a tecnologia da Sólides Tangerino para garantir que as marcações sejam salvas.

No momento em que a conexão for restabelecida, os registros serão enviados ao sistema. Com isso, ninguém precisa deixar a marcação para depois, ou se deixar levar pela preguiça de fazer o registro manualmente.

Ah, funciona para o trabalho externo e remoto também, viu? Caiu a internet da operadora, a área não tem cobertura ou a luz em casa acabou: o nosso app dá conta da situação.

Pode ser ajustado manualmente

Ainda, caso alguém se esqueça de bater ponto em algum momento, pode fazer ajustes manuais pelo app para registrar o horário de entrada ou saída correto e evitar inconsistências.

Para a segurança das partes envolvidas, esse ajuste precisa ser aprovado pela liderança de forma a impedir fraudes ― de qualquer uma das partes ― e manter a transparência e a confiabilidade no sistema de registro de jornada.

Isso é algo que tende a deixar as pessoas ainda mais seguras e motivadas para cumprir com sua parte nessa dinâmica.

Agora que você já sabe o que fazer quanto ao colaborador que não bateu o ponto…

portal e-cac

Por natureza, o DP já é um setor que lida com muitas burocracias. Os problemas com pessoas se esquecendo de bater o ponto não precisam ser mais uma.

Compartilhamos com você boas estratégias que vão ajudar sua empresa a motivar os colaboradores a cumprirem seu dever de registrar suas jornadas diariamente.

Entre elas, sem dúvida, a que indica a escolha da tecnologia certa é a mais poderosa. Além de todos os motivos que já apresentamos, existe mais um motivo para contar com o app Sólides Tangerino.

Esquecimentos eventuais vão acontecer. A vida é corrida e as obrigações profissionais e pessoais são muitas.

Porém, com nossa solução, gestores podem identificar essa falta em tempo real e mandar, pelo próprio app, um lembrete para que a marcação seja feita. Simples assim.

Aliás, do registro diário ao fechamento da folha de ponto ― inclusive com o recolhimento de assinaturas eletrônicas ―, tudo é mais simples, rápido e prático com nosso app.

Se interessou? Agende uma demonstração gratuita e conheça a solução que vai fazer seu DP parar de se preocupar com o esquecimento do registro de ponto!

Banner branco com o texto: Faça a gestão de férias do seu time em uma só plataforma e acabe com a burocracia no DP. Conheça o gestão de férias; e uma pessoa usando o gestão de férias