Tempo de Leitura: 3 minutos

Segundo o portal Escola Web, instituições de ensino gastam cerca de 180 horas ao longo de meses para a elaboração de um quadro de horários eficiente e viável. A tarefa é desafiadora para os gestores, mas contar com um sistema de controle de ponto docente pode simplificar o trabalho.

Para organizar o horário das aulas, a administração e a coordenação pedagógica têm muitos fatores a considerar. É preciso analisar obrigações do calendário escolar e adequar horário de aulas, datas de provas e aulas extras à disponibilidade dos professores para a escala.

Neste post, contamos a você como o ponto digital pode tornar essa tarefa mais simples. Continue a leitura para saber mais!

Professores precisam fazer controle de ponto?

Controle de ponto para docentes

A jornada de trabalho de professores possui as suas particularidades. De acordo com a nova Lei do Ensino Médio, de 2017, as pessoas que lecionam precisam ter uma jornada de trabalho definida em horas semanais.

Antes dessa lei, a jornada era definida pelo número de aulas dadas no período.

Com a lei, professores do ensino público tem 40 horas semanais. Os de escola privada podem ser regidos pela CLT, que diz que os trabalhadores possuem até 44 horas de trabalho semanais.

A partir daí, o controle precisa respeitar a jornada e as especificidades do contrato. Se o professor for contratado por CLT, a escola precisa fazer o seu controle de jornada. Os de ensino público, o estipulado pelo ente ou seu contrato.

Banner escrito: Software completo para a gestão de DP, conheça todos os benefícios e vantagens de uma solução 100% digital e um botão escrito

Como fazer o controle de ponto do professor?

Para entender como o controle de ponto docente pode contribuir para facilitar a organização dos horários, é preciso ter em mente alguns dos desafios desse processo, como fazer a escala de trabalho.

É preciso ter atenção, por exemplo, à gestão do banco de horas e ao controle de horas extras, para evitar situações que onerem a folha de pagamento.

Entender como organizar devidamente os horários demanda amplo conhecimento da rotina dos seus docentes, assim como da legislação do controle de ponto.

É necessário considerar, ainda, o tempo despendido na tarefa de monitorar e consolidar os dados da jornada de trabalho, afinal, o RH estratégico é aquele que possui processos inteligentes e automatizados.

Quer simplificar seu DP? É Sólides e Ponto!

Confira outros links que separamos para você:

Quais os benefícios do controle de ponto para docentes?

As normas do o artigo 74 da CLT determinam que o controle de ponto deve ser utilizado para a marcação do horário de chegada e saída dos colaboradores. Além de registrar situações que fujam à regra, como atrasos, licenças, férias, horas extras e afastamentos, entre outros.

A análise do histórico do registro de ponto do docente permite à instituição de ensino ter mais clareza da disponibilidade de cada colaborador. Assim, favorece a gestão de escalas, até mesmo quando há necessidade de realizar alterações.

Dito dessa forma, a solução pode parecer interessante, mas muito trabalhosa, não é mesmo? É por essa razão que sua instituição de ensino deve optar por um sistema de ponto eletrônico que favoreça a realização dessa análise.

A gente separou alguns materiais para você baixar gratuitamente:

Como um controle de ponto digital pode ser a solução para os docentes?

Em geral, o artigo 74 da CLT não determina qual tipo de sistema de controle de ponto docente uma instituição deve adotar, mas há exceções.

Em publicação oficial, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão deve adotar medidas para que universidades federais adotem o controle de ponto eletrônico.

A decisão leva em conta, dentre outras questões, facilitar a avaliação do cumprimento da jornada de trabalho dos professores. O que, de fato, é mais simples de fazer com um aplicativo de ponto eletrônico.

O controle de ponto eletrônico pode ser vantajoso para o docente por que:

  • Pode ser feito sem precisar de internet;
  • O ponto por geolocalização permite que o funcionário bata ponto em qualquer lugar ou em uma mancha pré-determinada pelos seus gestores;
  • O fechamento da folha de ponto é muito mais otimizada;
  • Permite gerenciar o controle de acordo com cada jornada.

Uma solução como o aplicativo de controle de ponto é ideal para organizar escalas de trabalho e garantir que seus alunos jamais fiquem sem aulas.

Curioso para saber como essa tecnologia funciona? Faça um teste grátis com o controle de ponto da Sólides, o Tangerino, e conheça todas as facilidades!

Com a Sólides Ponto o fechamento da folha é: rápido e seguro