Planejamento Educacional Corporativo: Como Criar um em Sua Empresa?

Tempo de Leitura: 7 minutos O planejamento educacional corporativo é uma iniciativa pertencente à educação corporativa. Essa ação permite reconhecer as vulnerabilidades dos colaboradores e trabalhar diretamente no desenvolvimento de habilidades e competências das pessoas por meio de cursos e treinamentos.

19 outubro 2022 5 abril 2023 7 minutos FotoPOR: Camila Pires
Início > Gestão de pessoas > Planejamento Educacional Corporativo: Como Criar um em Sua Empresa?
Tempo de Leitura: 7 minutos

A necessidade de crescer e se destacar no mercado faz com que organizações invistam cada vez mais em estratégias de educação corporativa nas empresas. 

Cada vez mais, gestores têm percebido que treinamentos esporádicos não têm um impacto real na rotina. E foi daí que surgiu a necessidade de um planejamento educacional corporativo.

Uma das funções de um RH estratégico é justamente promover o desenvolvimento dos colaboradores da empresa. Isso é uma forma de valorizar os profissionais, garantindo a retenção de talentos e resultados mais satisfatórios.

Neste post, mostraremos o que é planejamento educacional corporativo, como elaborar esse plano na empresa e quais os principais benefícios dessa estratégia. Confira! ?

O que é planejamento educacional corporativo?

pessoas de roupa social em ambiente corporativo reunidas em frente a monitor com gráficos representando planejamento educacional corporativo

O planejamento educacional corporativo é uma estratégia da área de educação empresarial que corresponde ao desenvolvimento de habilidades e competências nos colaboradores que estejam sempre alinhadas com os objetivos do negócio.

Entretanto, vale destacar que essa estratégia não é voltada apenas para colaboradores, mas também prestadores de serviços, fornecedores, parceiros, clientes e toda a comunidade em torno da organização. A educação corporativa deve colocá-los como centro das decisões e ser associado à escuta ativa para entender suas necessidades. Isso aumenta o engajamento e o sentimento de pertencimento

Desenvolvimento de lideranças

As ações descritas no planejamento educacional corporativo também vão além de cursos e treinamentos para aprimorar competências técnicas dos funcionários. 

É importante pensar em desenvolver ou aperfeiçoar habilidades sociais e comportamentais e fomentar uma cultura de aprendizagem contínua.

A educação corporativa tem sido utilizada por inúmeras organizações que se preocupam com seu desempenho e também com o desenvolvimento de pessoas, ou seja, dos protagonistas que fazem os resultados acontecerem.

O grande desafio para líderes empresariais e para o setor de Recursos Humanos é a criação de um plano de educação corporativa que seja abrangente e eficaz. 

Também é importante esse plano ser capaz de englobar colaboradores de diferentes perfis e obter sucesso na sua função primordial: transmitir conhecimentos técnicos que vão enriquecer os processos de trabalho.

Temos vários conteúdos relacionados ao tema, confira:

Como elaborar um planejamento educacional corporativo? 

Entender como criar um plano educacional corporativo é um aspecto fundamental para a aplicação da educação corporativa pelo RH de uma empresa. 

O primeiro passo é fazer um mapeamento do que já existe em termos de aprendizado na organização, bem como de dificuldades e oportunidades de melhorias nesse sentido.

Com essas informações em mãos, você pode começar a desenhar um plano de ação do que serão as bases do programa de educação empresarial e como ela se conecta com os objetivos da empresa.

Veja, a seguir, o passo a passo para criar um planejamento efetivo e alinhado à realidade da sua organização:

1. Entenda quais as necessidades do público

O primeiro passo é entender as carências do seu público-alvo em relação ao desenvolvimento. 

O plano educacional corporativo nas empresas pode ser voltada para diversas áreas, como competências técnicas, atualização, formação de líderes e desenvolvimento de soft skills.

Ou seja, não se trata apenas de treinamentos ocasionais para entender um novo sistema ou garantir cumprimento de normas. A aprendizagem pode fluir por diversos caminhos e garantir o desenvolvimento pessoal e profissional.

É preciso realizar um levantamento das necessidades de treinamento para identificar onde os recursos da empresa serão mais bem aplicados considerando o que precisa ser aprendido e os resultados que o processo pode gerar.

2. Determine os objetivos 

Não existe um plano de educação corporativa sem objetivos claros e muito bem disseminados. Para isso, é fundamental entender qual é a atual situação do seu negócio, assim como as deficiências que o seu time apresenta.

Com esse levantamento, é possível já mensurar as metas de treinamentos, como: quais habilidades serão desenvolvidas, participação da equipe, quais colaboradores deverão realizar os cursos e quais os resultados que se esperam dessas iniciativas.

No momento de determinar os objetivos da capacitação, cinco fatores devem ser considerados:

  1. objetivos macro e micro da empresa;
  2. mudanças necessárias;
  3. lacunas de conhecimento;
  4. indicadores de resultado;
  5. método de treinamento.

3. Elabore o plano de implementação

Após identificar quais áreas podem ser desenvolvidas, é hora de planejar a implementação do programa. 

Esse momento deve contar com o apoio dos gestores das equipes, de forma a identificar se existem períodos mais propícios para o início da metodologia.

Também é preciso considerar quais serão os gastos imediatos e a longo prazo que o programa de educação corporativa vai gerar.

É interessante sempre elaborar estimativas que comparem o que será investido com o que a empresa terá de retorno por capacitar os colaboradores — ou seja, o ROI.

No planejamento, o RH deve estipular se todos participarão do programa ao mesmo tempo ou se ele será realizado por etapas. 

Também é importante considerar se a mesma metodologia será eficaz para atender a todos os setores. O planejamento também inclui a escolha da metodologia e do material que será usado. 

4. Escolha quais métodos serão usados

Em seguida, é momento de definir os métodos utilizados, ou seja, como esses conteúdos serão repassados à equipe.

Por sua vez, é preciso estudar o perfil dos colaboradores e entender suas preferências, de modo a escolher o tipo de material que melhor se adéqua às necessidades desse público.

Existem diversas possibilidades para a educação corporativa nas empresas atualmente, cada uma com características particulares que, por sua vez, podem produzir resultados distintos.

A análise feita durante seu planejamento educacional corporativo e seu levantamento de necessidade vai mostrar se seus colaboradores têm tempo para treinamentos presenciais ou se um sistema de treinamento online seria mais eficaz.

Banner com fundo roxo e o texto

Também é preciso considerar a idade do público, se as pessoas se interessarão mais por e-books e infográficos ou por ferramentas de gamificação e realidade virtual.

Veja abaixo algumas das diversas soluções oferecidas no setor de educação corporativa:

  • e-learning;
  • microlearning;
  • mobile learning;
  • gamificação;
  • realidade virtual;
  • vídeos;
  • white board;
  • pílulas do conhecimento;
  • rapid learning;
  • simuladores;
  • infográficos;
  • e-book;
  • literatura técnica.

Também existe a possibilidade de mesclar metodologias e estratégias para elaborar um curso atrativo e de alta eficácia.

Os materiais gratuitos a seguir pode ser do seu interesse. Baixe agora!

5. Crie um cronograma 

Não há um planejamento educacional corporativo eficiente sem um cronograma. Nesse sentido, é fundamental estabelecer quais serão os dias de treinamentos, fases ou prazos dos funcionários.

Também é importante determinar como os conteúdos que serão disseminados em cada uma dessas etapas, reuniões presenciais, atividades ou outras ações que englobam os cursos de capacitação. É essencial garantir que todos os colaboradores entendam essas datas e as sigam. Invista em boas práticas de comunicação interna para isso.

6. Desenvolva os conteúdos

Você pode contar com profissionais externos para desenvolver o material ou solicitar a colaboração dos gestores e especialistas da sua empresa para compartilhar conhecimentos.

É importante que o conteúdo criado tenha real relevância para a vivência profissional das equipes. Assim, a empresa conseguirá se beneficiar dos resultados de profissionais mais capacitados.

Com base no planejamento e na análise realizada anteriormente será possível definir quanto tempo cada módulo de um treinamento precisa ter para se encaixar à rotina do profissional.

Para complementar o planejamento educacional corporativo nas empresas, muitos usam materiais auxiliares que chamem a atenção e tragam dinamismo. Como exemplo, podemos citar infográficos, vídeos, games e aplicativos.

Os materiais auxiliares são importantes para criar uma cultura de aprendizado constante na empresa, de modo que os colaboradores tenham acesso a conteúdos ricos em diversos momentos de sua rotina.

7. Monitore métricas de desempenho

Para garantir que o plano educacional corporativo seja bem-sucedido, é de suma importância definir e analisar métricas estratégicas, como participação, avaliação de competências adquiridas (provas/atividades) ou outros tipos de ações.

Implementar esses indicadores permite um entendimento melhor a respeito de como a equipe assimila os conteúdos, se há necessidade de otimizações no processo educacional e a percepção do time em relação às iniciativas.

Qual a importância do planejamento educacional corporativo?

O planejamento educacional corporativo permite automatizar os fluxos internos da empresa, pois mapeia os processos da educação corporativa e facilita a execução das ações. 

Ele ainda proporciona ao time uma melhor vivência nesse projeto de desenvolvimento profissional, aumentando a eficiência da operação e alcançando ganhos em produtividade, redução de custos e melhorias internas.

É importante ressaltar que o plano de educação corporativa é uma ferramenta para que a educação empresarial seja colocada em prática. 

Ele tem o objetivo de conduzir a gestão de conhecimento dentro das organizações e alinhá-la às metas do negócio. 

Ou seja, o plano visa colocar os colaboradores em um processo de aprendizagem e desenvolvimento de acordo com competências e habilidades que serão importantes para a organização.

Contudo, ele não diz respeito apenas à capacitação tradicional, pois tem a finalidade de contribuir ativamente na estratégia da empresa

Portanto, os temas abordados podem ser os mais diversos, basta identificar quais são os pontos a serem melhorados em cada setor ou individualmente, em cada colaborador.

A qualificação e atualização constante dos funcionários é indispensável para a construção de uma empresa inovadora e em crescimento contínuo.

Tendo isso em vista, é fácil perceber onde o planejamento educacional corporativo se encaixa. Ele é o elo perfeito entre o crescimento dos colaboradores e das organizações. 

Isso porque seu foco é justamente identificar as necessidades da empresa, enquanto contribui para o aprimoramento profissional dos funcionários.

Além de ajudar a manter funcionários e empresas alinhados, o plano educacional corporativo também tem o papel de trazer outras pessoas de fora para dentro da estratégia da organização. 

Por olhar tanto para o ambiente interno quanto para o externo, o planejamento pode incorporar clientes, fornecedores e outros pares envolvidos com os negócios.

Logo, esse processo pode ser a chave para um crescimento empresarial sustentável a longo prazo.

Quais os principais objetivos do planejamento educacional corporativo?

O planejamento educacional corporativo gera resultados surpreendentes nas empresas e você certamente vai percebê-los a curto, médio e longo prazo no ambiente da sua organização.

As vantagens vão muito além de profissionais que conhecem mais ferramentas ou alcançam a especialização em sua área de atuação.

Separamos alguns desses benefícios que mostram como investir na aprendizagem pode mudar a forma que sua empresa opera:

Que tal começar o seu planejamento educacional corporativo?

Como você pôde notar ao longo do conteúdo, o plano educacional corporativo tem como objetivo fazer a aquisição, manutenção e divulgação de conhecimento dentro da empresa para promover o crescimento da organização e o desenvolvimento dos colaboradores.

Negócios que operam estrategicamente sabem a importância de manter o capital humano em desenvolvimento contínuo, e por isso, investem em educação corporativa.

Capacitar o time de colaboradores é uma das atitudes mais inteligentes para a manutenção da vantagem competitiva. A capacitação contínua aprimora as competências dos profissionais e, consequentemente, a qualidade dos serviços.

Mas se a capacitação é feita alinhada com os objetivos da empresa, os resultados podem ser ainda melhores.

Se a sua empresa ainda não aderiu a essa prática ou já investe em treinamentos, mas quer aperfeiçoar os programas, baixe o material gratuito e aprenda como usar a educação corporativa a seu favor!

Banner cinza com o texto
Foto de Camila Pires

Camila Pires

Profissional da área de Gestão de Pessoas há mais de 8 anos. Trabalhou em empresas nacionais e multinacionais de segmentos diversos, como siderurgia, automobilismo, engenharia e hospitalar. Atualmente é Business Partner no Inter. Influencer e especialista em LinkedIn, com mais de 100 mil seguidores na rede.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.

Artigos Relacionados