Blog

Case da Johnson & Johnson: Como os Relatórios do Tangerino Ajudaram na Gestão de Pessoas

Tempo de Leitura: 5 minutos O case da Johnson & Johnson deixa claro como as ferramentas do Tangerino ajudaram os gestores a cuidarem dos seus colaboradores por meio da geração de diversos relatórios atualizados e personalizados.

POSTADO EM: 25 junho 2021 Atualizado em: 28 dezembro 2021 TEMPO DE LEITURA : 5 minutos FotoPOR: Leonardo Barros
Início > RH > Case da Johnson & Johnson: Como os Relatórios do Tangerino Ajudaram na Gestão de Pessoas
Tempo de Leitura: 5 minutos

A Johnson & Johnson (J&J) é uma das maiores empresas em diversos ramos, oferecendo produtos de cuidado pessoal, farmacêuticos e médicos com um único propósito: promover o cuidado.

Neste case da Johnson, falaremos sobre como funciona a franquia médica da J&J, a Biosserviços Epister, quais os desafios enfrentados pela gestão dessa grande empresa e como as funcionalidades do Tangerino foram fundamentais para superá-los.

A franquia conta com cerca de 60 colaboradores, sendo uma das menores dentro da empresa. No entanto, ela tem uma enorme relevância no Brasil, dominando cerca de 55% do mercado de soluções para a área de cardiologia.

Continue a leitura deste case da Johnson e veja como o Tangerino foi muito mais do que um software de controle de ponto para a empresa.

Como funciona a gestão de pessoas em uma franquia como a Johnson & Johnson?

A Biosserviço Epister é uma franquia do grupo J&J que atua na área de cardiologia, mais precisamente fornecendo soluções para o campo de eletrofisiologia do coração.

Compreendendo a importância das soluções ofertadas tanto para os pacientes que se submetem aos procedimentos quanto para os profissionais de saúde que os realizam, a J&J busca sempre oferecer ferramentas mais avançadas para garantir que esse cuidado continue chegando para as pessoas que precisam.

A franquia conta com uma equipe de cerca de 60 colaboradores espalhados por todo o Brasil e sempre se movimentando. 

Esses trabalhadores precisam acompanhar intervenções médicas em centros cirúrgicos e hemodinâmicas em diversas cidades. Ou seja, os gestores precisavam de um sistema móvel para monitorar as atividades e a jornada dos profissionais.

Case de Sucesso Microcity

Agora que você já compreende o contexto da Biosserviço Epister, entenda os desafios de gestão que foram solucionados com o Tangerino.

Como a Johnson & Johnson se tornou um caso de sucesso com o Tangerino

Case da Johnson

Já mencionamos que a mobilidade corporativa é um ponto-chave na gestão de pessoas da empresa. 

No entanto, poucas soluções oferecem esse acompanhamento em tempo real, com confiabilidade e precisão.

Com nosso software de controle de ponto, conseguimos resolver não só essa dor, mas diversas outras apontadas pela empresa. A seguir, veja como fizemos isso!

Controle de ponto manual

Antes do Tangerino ser a solução para o monitoramento da jornada de trabalho, os gestores precisavam fazer o controle de ponto de forma manual, utilizando planilhas de Excel.

Eram mais de 80 pontos lançados manualmente todo mês, em outros times sequer havia um sistema de controle de jornada.

Esse tipo de atividade mecânica favorece confusões e erros no fechamento da folha de ponto, levando também ao erro no fechamento da folha de pagamento.

O Tangerino foi desenhado para acabar com a perda de tempo durante a gestão da jornada de trabalho e eliminar os erros.

A ferramenta automatiza os cálculos da folha de ponto e possibilita a visualização dos dados através de 20 relatórios.

A gente fazia o controle de ponto de forma manual, por meio de planilhas do Excel. E o gestor precisava lançar no sistema até 85 pontos manualmente… Então, a dificuldade era bem grande.”

Leonardo Pisciotta, Supervisor Clínico

Personalização da solução

Uma das grandes dificuldades da franquia de eletrofisiologia observada no case da Johnson era justamente adaptar a solução de controle de ponto de acordo com as necessidades específicas dos gestores.

Por trabalharem de formas bastante diferentes da maioria das empresas, as configurações e personalizações precisam adequar-se aos colaboradores que estão sempre viajando e realizando suas atividades remotamente.

No momento da implementação do Tangerino, enfrentamos alguns desafios, até por conta da forma de trabalho que a minha equipe tem. Foi um aprendizado para ambos, mas no fim conseguimos inserir todos os eventos da forma que precisávamos.”

Leonardo Pisciotta, Supervisor Clínico

O Tangerino é uma ferramenta flexível, permitindo que a equipe que utiliza a solução possa ditar as suas características. 

Dessa forma, é possível tirar vantagens reais do software, muitas vezes até mais amplas do que seu propósito inicial.

Tudo o que é personalizado facilita o trabalho. Então, independente do que seja, layout, características de relatórios ou do próprio registro, te ajuda em tudo: na gestão de equipe, nos controles utilizados, nas estratégias de posicionamento de pessoas em campo, então, a personalização é essencial quando se tem uma ferramenta como essa em mãos.”

Leonardo Pisciotta, Supervisor Clínico

Local de trabalho descentralizado 

Com uma equipe sempre em movimento, a J&J também precisa de uma solução móvel que acompanhe seus colaboradores onde quer que eles estejam.

E essa descentralização também é uma questão de segurança para a empresa. Por isso, os gestores utilizam os recursos de reconhecimento facial e geolocalização toda vez que o colaborador precisa bater o ponto no smartphone.

Assim, é possível compreender se esses trabalhadores estão no local onde deveriam, gerando maior segurança para ele e para a empresa.

Aproveite que está por aqui e confira também:
👉 Controle de ponto para pequenas empresas: veja 6 motivos para investir
👉 Controle de ponto na jornada mista: veja por que adotar!
👉 Entenda a legislação do controle de ponto com ênfase na Portaria 373
👉 Case da Sólides: como o Tangerino ajudou a melhorar processos e otimizar rotinas

Controle de horas extras, relatórios e a saúde dos colaboradores

Uma das grandes preocupações observadas no case da Johnson, uma empresa que tem como foco o cuidado com as pessoas, é a responsabilidade com os seus próprios colaboradores.

Como eles atuam na área da saúde, muitas vezes precisam acompanhar procedimentos médicos que demoram até 6 horas, sendo bastante comum excederem o horário de trabalho.

Assim, os relatórios personalizados do Tangerino são primordiais para oferecer um controle em tempo real para os gestores do banco de horas e das horas extras.

Uso muito os relatórios para fazer controle de hora extra, e o alerta do sistema para avisar quando um colaborador passa do seu limite de hora também está habilitado.”

Leonardo Pisciotta, Supervisor Clínico

O fato de os dados gerados pela nossa solução de controle de jornada serem atualizados em tempo real também permite ao gestor tomar atitudes no momento certo e evitar o desgaste de seus colaboradores.

Tenho pessoas rodando o Brasil inteiro e o controle facilita muito para que os colaboradores não excedam as horas, resultando no mínimo de horas extras, especialmente quando pensamos na saúde dessas pessoas.

Por ser em tempo real, tenho uma visão muito mais prática do que está acontecendo com a equipe, assim, posso atuar mais rapidamente do que se só recebesse um relatório no final do mês. Dessa forma, consigo fazer o controle e ajustar o volume de trabalho ou a quantidade de colaboradores em campo diariamente.”

Leonardo Pisciotta, Supervisor Clínico
 

 

Uma das motivações da gestão da J&J foi justamente o relato dos seus colaboradores que estavam trabalhando até 20 horas por dia. 

Assim, era necessário tomar atitudes institucionais para garantir que a jornada de trabalho fosse respeitada, preservando a saúde dos colaboradores no longo prazo.

Quais são os desafios de gestão de pessoas da sua empresa? Você já conta com uma solução inteligente para realizar o acompanhamento da jornada de trabalho?

Assim como visto neste case da Johnson, a sua empresa certamente tem questões bastante particulares que podem ser superadas com uma ferramenta inteligente.

Faça o teste grátis da ferramenta por 14 dias, supere os seus desafios atuais e seja o nosso próximo case de sucesso!

Kit Férias do Tangerino

Foto: Leonardo Barros
Leonardo Barros

Leonardo é pós-graduado pela PUC Minas em Ciências da Computação. Formou-se em Inovação e Empreendedorismo pela Universidade de Stanford. Fundou diversas empresas de tecnologia e gestão, além das startups Tangerino, Argos e Columbus. É CEO do Tangerino, empresa pioneira em controle de ponto digital no Brasil.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.

Artigos Relacionados

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[TEMPLATE]
[TEMPLATE]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]