Tempo de Leitura: 6 minutos

O universo das empresas está em constante evolução, principalmente com o surgimento de novas tecnologias, metodologias e formatos de negócios que surgem a cada dia. Um grande exemplo é a liderança 4.0.

Com o ritmo acelerado das organizações, os profissionais têm se desenvolvido para atender e superar as expectativas exigidas pelo mercado de trabalho. 

E isso inclui os líderes, que precisam se desenvolver acima da média para alcançar resultados extraordinários.

Neste artigo, vamos explicar o que é liderança 4.0, como esse conceito surgiu e o que é preciso desenvolver para se tornar um líder de destaque. Confira!

O que é liderança 4.0?

liderança 4.0

A liderança 4.0 é um conceito criado a partir da transformação digital. Esse termo foi impulsionado por conta do avanço tecnológico e também pela constante mudança do ambiente, chamado de mundo VUCA.

Liderança 4.0 é a responsável por conduzir colaboradores em um ritmo ditado pelas mudanças do mercado, muitas vezes baseadas em novas tecnologias. 

Ao mesmo tempo em que lida com as transformações estratégicas e operacionais, os líderes 4.0 precisam construir bons relacionamentos com seus liderados, baseados na solidez da cultura organizacional, estrutura de trabalho e valores da empresa.

Pesquisa de Clima Organizacional

A humanização das relações e a empatia no trabalho são pilares muito importantes da liderança 4.0, bem como o desenvolvimento das aptidões de cada colaborador, as chamadas soft skills e hard skills.

O autoconhecimento, os relacionamentos saudáveis e uma visão ampla do presente também são valores muito importantes e que são considerados para formar um líder 4.0.

Evolução das lideranças

Como houve três Revoluções Industriais antes da mais recente, na qual vivemos atualmente, a liderança também passou por três grandes fases:

  • liderança 1.0: ocorreu após a Revolução Industrial inglesa e tinha como objetivo potencializar o sistema de produção;
  • liderança 2.0: preocupada com a performance e qualidade das empresas;
  • liderança 3.0: principal objetivo era criar modalidades de negócios que culminaram com as novas tecnologias.

Agora que você já teve uma ideia do que é a liderança 4.0 e quais fatores motivaram o seu surgimento, veja como desenvolver as características ideais nos líderes da sua empresa!

Aproveite a visita e confira também:
👉 Liderança autocrática e liderança democrática: qual delas adotar?
👉 Liderança situacional: os detalhes desse modelo de gestão
👉 Liderança e gestão de pessoas: você faz isso direito?
👉 Liderança nas organizações: mais indispensável do que nunca

Quais as características da liderança 4.0?

O modelo tradicional de gestão, marcado por hierarquia, padronização e controle, está ficando para trás. 

O progresso tecnológico e a chegada de gerações hiperconectadas ao mercado de trabalho exigem das empresas uma gestão mais compartilhada e menos hierárquica.

Nessa nova era, a convergência de tecnologias disruptivas, como robótica, inteligência artificial, internet das coisas e computação em nuvem, tem impacto radical no modo de vida das pessoas, no consumo, no jeito de se relacionar e, claro, de fazer negócios.

O ambiente empresarial, consequentemente, tem que contar com líderes verdadeiramente dispostos a estimular a inovação em seus times para lidar com os desafios da nova era digital.

Veja, a seguir, quais são as principais características da liderança 4.0!

Colaboração e autogestão

Equipes formadas por millennials e centennials buscam maiores desafios, autonomia e responsabilidades. 

Para engajar e motivar essas novas gerações movidas por propósito, é preciso que o líder delegue as tarefas e, ao mesmo tempo, faça com que cada um se sinta parte do todo. 

Ao estimular a comunicação, a autogestão e a colaboração, é possível colher resultados extraordinários, mesmo com os integrantes do time trabalhando a distância.

Foco nas pessoas

Em um ambiente de cadeias produtivas conectadas e processos adaptáveis, é papel da liderança focar nas pessoas. 

O líder 4.0 atua como um facilitador, alguém que promove o diálogo e empodera os colaboradores

Sua principal característica é a capacidade de entender o outro e extrair dele todo seu potencial. 

Empatia, facilidade de comunicação e habilidade para lidar com a diferença são aspectos fundamentais.

Por falar nisso, confira esses artigos em nosso blog:
👉 Diversidade nas Empresas: Por Que Promover Agora na sua Organização?
👉 Diversidade Cognitiva: Qual a Importância Para o Ambiente Empresarial?
👉 Teletrabalho e Home Office: Quais São as Principais Diferenças?
👉 Diversidade Geracional: a Importância e os Desafios
👉 Diversidade cultural nas empresas: qual a importância?

Rapidez na tomada de decisões

Diante de informações disponibilizadas na nuvem e em tempo real, o líder 4.0 deve tomar decisões rápidas e ter inteligência emocional para lidar com pressões. 

No dia a dia, deve compreender a totalidade do negócio e ser ágil para encontrar oportunidades. 

Saber gerenciar conflitos e ter foco nos resultados também são habilidades necessárias ao perfil moderno de gestão.

Quais as vantagens de desenvolver a líderança 4.0?

Essa técnica de gestão facilita a obtenção de benefícios estratégicos com maior facilidade. As principais vantagens são:

  • feedbacks mais pontuais e eficazes;
  • melhor gerenciamento de conflitos e problemas;
  • produtividade de acordo com padrões de pedido;
  • maior liberdade para compartilhar informações operacionais;
  • geração de oportunidades (mercadológicas e profissionais);
  • inclusão (tolerância às diferenças comportamentais, culturais e ideológicas).

Ao conseguir as vantagens mencionadas, a liderança 4.0 alcança resultados nunca antes vistos no negócio como um todo, seja para favorecer a inovação interna, seja para garantir um relacionamento mais humano entre funcionários e líderes.

Flexibilização do trabalho

O lider é fundamental para a retenção de talentos. Nesse Tangerino Talks, falamos sobre isso. Confira!

Como desenvolver um líder 4.0?

Durante muito tempo, o mercado enxergou as lideranças em um papel centralizador, com estruturas hierárquicas engessadas, pouca comunicação e dificuldades para se adaptar a grandes mudanças.

No entanto, esse papel mudou. Atualmente, o líder empresarial 4.0 é aquele profissional que chegou para descentralizar tomadas de decisões, quebrar padrões visando o crescimento da equipe e da organização, sendo um líder aberto, receptivo e ágil.

Além disso, o líder 4.0 está atento às tecnologias disponíveis e às habilidades de cada integrante de sua equipe, visando extrair o máximo potencial do seu capital humano, e buscando alcançar a excelência de resultados por meio da sua própria equipe.

Veja, a seguir, quais características são necessárias para desenvolver um excelente líder 4.0!

Coerência

Vamos iniciar por esse aspecto importantíssimo na gestão 4.0: a coerência, que não é um aspecto tão desconhecido dos líderes, afinal, é uma competência que sempre existiu no perfil de todo líder de sucesso.

A coerência que citamos aqui se refere a conectar fala e ação no mesmo discurso.

Um líder que afirma reconhecer as limitações pessoais de cada colaborador não pode agir de forma opressiva e invasiva

Caso contrário, essa incoerência resultará em instabilidade na forma como a equipe enxerga essa liderança, não gerando confiança e impactando na produtividade tanto da equipe quanto do líder.

Liderar pelo exemplo é a grande diferença entre líder e chefe

Inteligência emocional

Essa habilidade é essencial para um profissional de sucesso, na liderança 4.0, então, ela se torna praticamente obrigatória.

A inteligência emocional é a capacidade de gerir as suas emoções no contexto profissional, não permitindo que elas influenciem nas tomadas de decisões ou afetem sua tratativa com seus colegas e liderados.

Basicamente, é separar e processar suas emoções de forma inteligente e racional, evitando que elas afetem seu julgamento.

A inteligência emocional ajudará o líder 4.0 a lidar com conflitos dentro da equipe e dar e receber feedbacks de forma construtiva, além de garantir uma gestão imparcial e coesa.

Aproveite e assista a esse nosso vídeo no Explica Aí sobre feedbacks.

Gestão descentralizada

Esse talvez seja um dos aspectos mais difíceis para atingir a liderança 4.0. Isso porque a cultura do líder naturalmente é de centralizar decisões importantes, grandes projetos e assim por diante.

Para se tornar um líder 4.0, é necessário que o profissional saiba empoderar a equipe. Para ganhar em agilidade, foco e produtividade, o seu time deve ser capaz e estar preparado para tomar decisões sozinho, assumir riscos e resolver problemas com autonomia.

Claro que o líder tem o papel de apoiar a equipe e deve estar acessível sempre que necessário, porém essa sensação de poder e responsabilidade também precisa ser compartilhada com a equipe.

Gestão estratégica

O líder 4.0 é um profissional focado em resultados e em pessoas, buscando sempre formas de inovar, fazer mais e melhor. 

Contudo, para que isso ocorra, esse líder precisa estar em constante processo de aprendizagem. Conhecimento nunca é demais e na liderança 4.0 essa premissa é muito bem empregada.

A busca por conhecimento vai resultar em um líder mais bem preparado, que saberá usar melhor os recursos disponíveis e vai dirigir a equipe com maior disposição e organização,

Além disso, o líder 4.0 deve descentralizar também o seu conhecimento, resultando em uma equipe altamente preparada e eficiente.

Perceba que as características da gestão 4.0 são muito semelhantes às da gestão convencional. Porém, aqui falamos em excelência e alta performance de gestão, dedicando tempo e investindo em pessoas para que os resultados sejam obtidos.

Confira esses materiais ricos do Tangerino!
📚 Desenvolvimento de lideranças: invista em uma equipe de sucesso!
📚 Employer Branding: Veja como cultivar sua marca empregadora e atrair os melhores talentos!
📚 Gestão de pessoas remota: o guia completo para colocar em prática na sua empresa!

Conclusão

Embora em passos bem mais lentos que nos dos países desenvolvidos, as tecnologias e a indústria 4.0 também já são realidade no Brasil. 

A revolução que realmente precisa acontecer agora para o país atingir outro patamar é a mudança no mindset dos profissionais. E é aí que entra o foco do líder 4.0.

Ele deve preparar seus colaboradores, a fim de fazê-los aceitar os novos processos suportados pelas tecnologias, instruí-los da maneira correta, estimulando o desenvolvimento para extrair o melhor para colaborar com o avanço da empresa.

Nada adianta ter acesso às tecnologias, se elas não são utilizadas da maneira correta pelos colaboradores. A verdade é que as pessoas movimentam as empresas e, sim, precisam estar aptas a utilizá-las para aprimorar a rotina de trabalho.

Pensando nisso, veja como valorizar e desenvolver o capital humano da sua empresa!

Teste Grátis Tangerino