Tempo de Leitura: 8 minutos

As relações de trabalho estão mudando em alta velocidade e, cada vez mais, novas formas de agir são experimentadas. A pandemia, sem dúvidas, acelerou a adoção de modelos antes impensados ou até imaginados, mas ainda bem longe de serem colocados em prática nas empresas, e isso gerou muitos benefícios. 

Depois de meses realizando trabalho remotamente e de as empresas precisarem se adaptar à tecnologia, novos conceitos são revisitados, como a necessidade de cumprir a jornada de trabalho da maneira tradicional. 

Diante dessas mudanças e da necessidade contínua de se adaptar aos novos modelos de trabalho, muitas empresas hoje já adotam o trabalho assíncrono, uma modalidade que permite adequações aos horários de trabalho e à comunicação interna, oferecendo mais flexibilidade aos colaboradores. 

Se você ainda não sabe o que é trabalho assíncrono, te convido a acompanhar esse conteúdo até o final e entender essa tendência que já está batendo na porta do mercado. 

Para facilitar a leitura, veja quais assuntos vamos falar neste artigo:

O que é trabalho assíncrono?

pessoa de roupa social usando notebook representando trabalho assíncrono

O trabalho assíncrono é aquele realizado em horário diferente do comum e tradicional.

Banner com fundo claro escrito: Kit de planilhas de RH e DP, oito planilhas editáveis para otimizar a jornada do colaborador e um botão escrito baixe agora.

Como regra geral, o mercado de trabalho funciona de maneira síncrona, ou seja, as equipes de trabalho devem estar disponíveis no mesmo horário. 

Esse conceito vem da Revolução Industrial, que estabeleceu o trabalho em linha de produção, onde cada pessoa era responsável por uma parte da tarefa. Dessa maneira, todos precisavam estar juntos, ao mesmo tempo, para que o trabalho fosse realizado. 

Nessa modalidade, quando um líder faz uma solicitação ou entra em contato com um colaborador, é esperado que este esteja disponível para atendê-lo imediatamente ou o mais breve possível, dentro de um horário previamente estabelecido da jornada de trabalho.

Mas o mundo mudou e o conceito de linha de montagem já não é mais um padrão na maioria das empresas. 

Quando falamos de trabalho assíncrono, o importante é a realização do trabalho, e não o horário ou local em que ele será executado. Ele elimina a obrigação dos membros da mesma equipe a trabalharem no mesmo horário, desde que cada um deles cumpra sua jornada de trabalho e entregue os resultados esperados. 

Muitas empresas trabalham com o conceito de projetos, onde cada profissional pode desenvolver parte ou o todo individualmente, em etapas. Outro fator de mudança foi a digitalização das informações, que permite as trocas de maneira mais fácil. 

Além disso, no trabalho assíncrono, quando um líder solicita alguma atividade ou envia uma mensagem a um colaborador, este tem a liberdade de ler e responder no momento mais oportuno, evitando interrupções no seu estado de concentração ou na ordem de execução das atividades, além de outros problemas de comunicação.

Quais as vantagens do trabalho assíncrono?

O trabalho assíncrono permite que a jornada de trabalho seja adaptada ao estilo de vida de cada profissional, contribuindo para a sua qualidade de vida. 

Também elimina barreiras geográficas impostas por fuso horários, garantindo que os colaboradores possam exercer suas atividades de qualquer parte do mundo, sem qualquer problema para a integração das equipes. 

Esses fatores contribuem com o bem-estar e com o aumento da produtividade dos colaboradores, da motivação e dos resultados da empresa. 

Aproveite a visita e confira também:

Como funciona o trabalho assíncrono?

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, oferecer benefícios corporativos que realmente impactam a vida do colaborador é uma das estratégias que mais oferece resultados. 

Entre esses benefícios, a flexibilidade e os fatores que favorecem a melhora na qualidade de vida são os mais desejados. E o trabalho assíncrono oferece justamente esses dois elementos. 

Com a possibilidade de ajustar a agenda de trabalho de acordo com as necessidades pessoais, a conexão e a integração entre as equipes é garantida pelas ferramentas tecnológicas. 

Dessa maneira, conceitos como o home office, anywhere office, officeless e o phygital office, que engloba a ideia de ter um escritório físico e também digital ao mesmo tempo, se tornam algumas das prioridades das empresas para atrair e reter talentos profissionais. 

Em diversos mercados, o trabalho remoto em horários flexíveis não é mais visto como um benefício extraordinário, mas sim como parte fundamental de um conjunto de fatores positivos, como atenção à saúde mental e à qualidade de vida, senso de propósito e cultura organizacional

Por tudo isso é que muitos especialistas apontam o trabalho assíncrono como o futuro das relações trabalhistas. 

O que é a comunicação assíncrona?

Talvez um dos maiores desafios do trabalho assíncrono seja a comunicação, já que essa é a base da mudança necessária para esse modelo funcionar. 

Na comunicação assíncrona, o receptor da mensagem não receberá ou não estará disponível para respondê-la imediatamente na maioria das vezes, e as equipes precisam aprender a lidar com essa mentalidade. 

A realidade é que a maioria dos assuntos pode esperar ou então ser resolvido de maneira remota. Entretanto, quando for necessário tratar de assuntos urgentes, a comunicação síncrona volta a ser necessária, pontualmente.  

Qual a relação entre trabalho assíncrono e o home office?

Um dos grandes erros de muitas empresas na implantação do trabalho home office é a tentativa de adaptar a rotina do escritório para a realidade doméstica. 

Na tentativa de controlar as atividades e a rotina dos colaboradores, surgiram inúmeras reuniões e videochamadas, e outras tantas interrupções nos aplicativos de mensagens, que funcionam como uma sobrecarga colaborativa e atrapalham o desenvolvimento do trabalho. 

Muitos profissionais desenvolveram, inclusive, quadros de síndrome de burnout.  

Com o trabalho assíncrono e o fim da obrigação de estar disponível o tempo todo, o colaborador consegue se concentrar na realização de suas atividades, sem interrupções, também pode adequar seu horário de trabalho para aquele em que se sente melhor, aumentando sua produtividade e também a qualidade do trabalho

Outro fator favorável é que a comunicação fica mais assertiva, já que ela será feita em horário oportuno e receberá a atenção necessária. 

Banner com o fundo branco escrito: Otimize as rotinas do seu Departamento Pessoal com a solução mais completa de DP para PMEs!; e um botão roxo escrito conheça a Sólides Tangerino; ao lado eletrônicos mostrando o software de férias e de ponto Sólides Tangerino

É inegável que o trabalho exercido fora do escritório oferece benefícios, mas traz também outras realidades que precisam ser consideradas. O ambiente doméstico e familiar inclui distrações que não existem no ambiente corporativo. 

Justamente por isso é que a mudança de mindset para a assincronia é fundamental. Dessa forma, os profissionais conseguem conciliar as demandas profissionais com a rotina dos filhos e a doméstica sem maiores dificuldades. 

No contexto do trabalho remoto, o trabalho assíncrono é uma necessidade, e quando é acompanhada por bons processos e ferramentas adequadas, pode ser mais eficiente do que o modelo tradicional. 

Quais os principais elementos do trabalho assíncrono?

Essa mudança de mindset envolve também a incorporação de elementos que facilitam a comunicação e a colaboração entre as equipes e com os seus líderes. 

Confira a seguir quais são alguns desses elementos. 

  • desenvolver o senso de pertencimento nos colaboradores;
  • adotar ferramentas de comunicação assíncrona e essa cultura como regra geral;
  • criar rotinas de integração de equipes a distância;
  • estruturar e documentar informações;
  • comunicar de maneira clara os objetivos da empresa e do trabalho;
  • criar um sistema de avaliação por resultado e não por hora trabalhada;
  • desenvolver a confiança nos colaboradores e o senso de colaboração;
  • oferecer autonomia com responsabilidade aos funcionários.

Como você pode perceber, o trabalho assíncrono exige o comprometimento tanto da empresa como dos colaboradores, para garantir que os resultados esperados sejam alcançados, mantendo também a flexibilidade e a qualidade de vida dos colaboradores envolvidos. 

Como aplicar o trabalho assíncrono na empresa?

Como já foi dito, o sucesso do trabalho assíncrono é baseado na mudança de mindset e na criação de uma cultura organizacional propícia. 

O primeiro passo deve ser dado pela empresa, pelos gestores mais especificamente, que devem abandonar a prática do microgerenciamento, do controle minucioso sobre como cada colaborador utiliza o seu tempo. 

Devem ser criadas metas de produtividade e maneiras de avaliar esses resultados. 

Por outro lado, os funcionários precisam adotar uma postura responsável, que gere confiança e respeito e permita que os líderes lhes concedam autonomia

Veja algumas práticas que podem ser implementadas pela empresa e que favorecem o trabalho assíncrono:

1. Determine os canais de comunicação oficiais 

Existem opções de ferramentas de comunicação bastante populares e fáceis de serem utilizadas que ajudam a manter a comunicação clara e específica para toda a equipe. 

2. Use softwares de gestão de projetos

Os softwares de gestão de projetos permitem que todos os colaboradores de uma mesma equipe acompanhem o desenvolvimento do trabalho e saibam quais tarefas competem a cada integrante, assim como os prazos envolvidos. 

3. Migre as informações para a nuvem

Dessa forma todos os integrantes terão acesso às informações importantes e necessárias para a realização de suas atividades, permitindo que o trabalho seja realizado em qualquer lugar. 

4. Disponibilize estrutura de TI confiável

As ferramentas de trabalho devem ser garantidas aos colaboradores para que o trabalho seja realizado de maneira adequada. 

5. Crie uma avaliação baseada em produtividade

No trabalho assíncrono, o resultado é mais importante do que as horas trabalhadas, portanto é preciso alterar a maneira de avaliar seus colaboradores. 

6. Defina o tempo razoável de resposta

Estabeleça qual é o tempo razoável de resposta às solicitações feitas e eduque os funcionários para identificar o que é prioridade, urgente e o que pode esperar. 

7. Desenvolva as habilidades de comunicação dos colaboradores

No trabalho assíncrono, a comunicação é o ponto-chave da efetividade, sendo assim, é importante que a empresa incentive seus colaboradores a desenvolver essa habilidade, com treinamentos e cursos específicos. 

8. Utilize uma ferramenta de gestão de jornada de trabalho eficiente

Nessa modalidade, o controle da jornada de trabalho é mais complexo, por isso é importante contar com um sistema eficiente, como o do Tangerino, que permita realizar as marcações de forma prática e rápida. 

Quais exemplos de trabalho assíncrono existem no mercado?

Muitas empresas já utilizam o modelo de trabalho assíncrono e podem provar o sucesso. As pioneiras, sem dúvida, foram as empresas de tecnologia da informação, mas hoje muitas organizações de diversos mercados também adotam esse modelo de trabalho de maneira parcial ou total. Veja algumas delas. 

Trello

A empresa que disponibiliza um dos mais conhecidos sistemas de gestão de projetos já aplica o trabalho assíncrono há bastante tempo. A equipe de conteúdo, por exemplo, utiliza a própria plataforma para distribuir, acompanhar e entregar suas tarefas e as reuniões são bastante esporádicas. 

O importante é que as atividades sejam entregues no prazo estabelecido e com a qualidade desejada. A comunicação acontece por meio de comentários na própria plataforma. 

Gumroad

A plataforma de produtos digitais assumiu o trabalho assíncrono na íntegra e colhe os resultados com crescimento de mais de 85% ao ano. Lá não existem reuniões, mas sim comunicações via aplicativos de mensagens, como o Slack, e a equipe tem até 24h para responder. 

GitLab

Com mais de 1300 colaboradores espalhados em 65 países, e sem qualquer escritório, o trabalho é totalmente remoto e assíncrono, promovendo também o dia de trabalho não linear, que permite pausas durante o dia para realizar atividades diferentes e o retorno posterior para cumprir a jornada de trabalho estabelecida. 

Essa modalidade permite que um profissional comece a trabalhar 7h da manhã, pare às 10h para levar os filhos na natação e almoce com eles e retome o trabalho apenas às 14h, permanecendo concentrado até às 19h, caso esteja em um contrato de trabalho de 8h diárias. 

Mas para adotar essa modalidade é essencial haver uma mudança de mentalidade completa, deixando de lado tudo o que conhecemos como normal no âmbito profissional. 

Temos alguns materiais gratuitos relacionados ao assunto, baixe grátis:

Conclusão

Agora você já sabe que trabalho assíncrono é um modelo de trabalho que oferece muito mais liberdade e flexibilidade aos funcionários e que hoje é visto como uma grande tendência de mercado, já sendo adotado por diversas empresas pelo mundo. 

Também identificou que ele pode ser utilizado como vantagem competitiva para atrair e reter talentos na empresa, mostrando ser um poderoso benefício para os profissionais. E descobriu alguns pontos importantes, que precisam ser colocados em prática na empresa, para que o modelo de trabalho assíncrono realmente funcione de maneira eficiente. 

Os novos modelos de organização do trabalho vieram para ficar e precisam ser observados pelas empresas, que devem encontrar modalidades mais eficientes e produtivas para oferecer aos seus colaboradores. 

Muitas delas aliam a redução de custos com o aumento da qualidade de vida, e esses fatores são importantes tanto para a empresa, como para os profissionais. 

Quer saber mais sobre esse assunto? Leia agora nosso artigo sobre o papel do RH nos novos modelos de organização do trabalho.

Banner branco com o texto: Faça a gestão de férias do seu time em uma só plataforma e acabe com a burocracia no DP. Conheça o gestão de férias; e uma pessoa usando o gestão de férias