Tempo de Leitura: 8 minutos

A escala 4×3 tem se tornado cada vez mais popular em diversos setores da economia, principalmente naqueles que exigem operação contínua e serviços 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Porém, ela pode apresentar vantagens e também desafios, tanto para o empregador quanto para o empregado. 

Neste artigo, você vai conhecer os principais aspectos dessa escala, entender seus benefícios e desafios e saber como funciona. Vamos lá? 

Veja os principais tópicos desse artigo:

O que é a escala 4×3?

escala 4x3

A escala 4×3 é uma forma de organização de horários de trabalho em que os funcionários trabalham quatro dias seguidos, com folga de três dias em seguida. Essa escala também é conhecida como “escala de trabalho 4 por 3” ou “escala 4/3”.

Na prática, a escala 4×3 é uma opção de jornada de trabalho que tem ganhado popularidade em alguns setores, especialmente em áreas que demandam trabalho contínuo, como empresas de segurança, saúde e indústrias que trabalham 24 horas por dia. 

A ideia por trás dessa escala é garantir que os funcionários tenham tempo suficiente para descansar e se recuperar após os dias de trabalho, enquanto ainda garantem a continuidade do trabalho.

Banner escrito:

Aproveite a visita e confira também:

Como surgiu a escala 4×3?

A origem exata da escala de trabalho 4×3 é incerta, mas acredita-se que ela tenha surgido no início do século XX. O objetivo foi garantir que os trabalhadores tivessem tempo suficiente de descanso após longos dias de trabalho. 

Essa escala era comumente utilizada em setores que demandavam trabalho contínuo, como a indústria têxtil, a produção de alimentos e a mineração.

Com o passar dos anos, a escala 4×3 tornou-se uma opção popular para outras áreas, especialmente aquelas que precisam operar em regime de 24 horas por dia, como hospitais, aeroportos e empresas de segurança. 

A escala permite que os trabalhadores tenham um período maior de descanso e tempo para se dedicarem à família e ao lazer.

Atualmente, a escala 4×3 é adotada por muitas empresas em todo o mundo e é vista como uma opção viável para equilibrar a produtividade e a qualidade de vida dos funcionários.

Sim, a escala de trabalho 4×3 é legalizada no Brasil e é uma opção de jornada de trabalho prevista na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). 

A CLT prevê várias opções de jornada de trabalho, desde que respeitem o limite de 44 horas semanais, o que inclui o máximo de 8 horas diárias e o mínimo de 11 horas de descanso entre uma jornada e outra.

Para utilizar a escala 4×3, é importante que a empresa siga todas as normas previstas na CLT e que haja acordo com os funcionários. 

Além disso, é fundamental lembrar que a escala 4×3 não é a única opção legalizada de jornada de trabalho e que as empresas devem avaliar qual a melhor opção para seu negócio e seus funcionários, levando em conta as necessidades e particularidades de cada caso.

Quer saber quais são as outras escalas de trabalho permitidas pela CLT? É só assistir ao vídeo a seguir:

Automatize os processos de férias com a planilha de controle de férias

Como funciona a escala 4×3?

Na escala de trabalho 4×3, os funcionários trabalham por quatro dias seguidos, em seguida, folgam por três dias consecutivos. Geralmente, a carga horária diária é de 8 horas, mas isso pode variar de acordo com a empresa e a função do funcionário.

Por exemplo, um funcionário que trabalha de segunda a quinta-feira das 08h00 às 18h00, teria folga na sexta-feira, sábado e domingo. Na segunda-feira seguinte, ele voltaria ao trabalho no mesmo horário e repetiria o ciclo. 

Cada empresa pode ter uma forma específica de implementar a escala 4×3, levando em conta as necessidades e particularidades do negócio e dos funcionários. 

É importante que a empresa respeite as normas previstas na CLT e que haja acordo com os funcionários sobre a adoção da escala.

Quais as vantagens dessa escala?

A escala de trabalho 4×3 apresenta várias vantagens para os funcionários e para as empresas, tais como:

  • Mais tempo livre: a escala 4×3 oferece aos funcionários um tempo maior de folga em relação a outras escalas de trabalho. Isso permite que eles tenham mais tempo livre para descansar, se divertir e passar tempo com a família.
  • Redução de custos com transporte: como os funcionários trabalham por quatro dias seguidos, a escala 4×3 permite que eles economizem com transporte e deslocamento para o trabalho.
  • Melhora na qualidade de vida: a escala 4×3 permite que os funcionários tenham mais tempo para cuidar da saúde, ter uma vida social e equilibrar as atividades pessoais e profissionais, o que melhora a qualidade de vida.
  • Menor desgaste físico e emocional: a escala 4×3 pode ajudar a reduzir o desgaste físico e emocional dos funcionários. Isso pode ajudar a reduzir o estresse e a fadiga, melhorando o bem-estar

Leia também:

Quais são os desafios dessa escala?

A escala de trabalho 4×3 pode apresentar alguns desafios tanto para o funcionário como para a empresa, veja:

Para os colaboradores

  • Longas horas de trabalho: como o funcionário trabalha por quatro dias consecutivos, muitas vezes é necessário trabalhar longas horas por dia para cumprir a carga horária semanal, o que pode ser cansativo e desgastante.
  • Dificuldade de manter a rotina: a escala 4×3 pode dificultar o planejamento e manutenção de uma rotina regular fora do trabalho, como hobbies, atividades físicas e compromissos pessoais.
  • Ajustes na vida pessoal: a escala 4×3 pode dificultar conciliar a vida pessoal, como estudos, família, vida social, caso os dias de folga variem toda semana.
  • Problemas de saúde: trabalhar por longas horas por quatro dias consecutivos pode levar à fadiga, dores musculares, problemas de sono e estresse, afetando a saúde física e mental do trabalhador.
  • Desafios sociais: a escala 4×3 pode dificultar a participação em atividades sociais, visto que os dias de folga variam toda semana e podem ser durante a semana, quando muitos amigos e familiares estão trabalhando.
  • Dificuldades de adaptação: alguns funcionários podem ter dificuldade em se adaptar à escala de trabalho 4×3, pois ela é diferente da escala tradicional de cinco dias e pode exigir uma mudança significativa no estilo de vida.

Para a empresa

  • Custos de mão de obra: como os trabalhadores trabalham longas horas durante os quatro dias, a empresa pode ter que pagar horas extras e outros benefícios que aumentam os custos de mão de obra.
  • Rotatividade de funcionários: devido à natureza intensiva da escala de trabalho 4×3, pode haver uma rotatividade maior de funcionários, o que pode levar a custos mais altos de contratação e treinamento.
  • Necessidade de contratar mais funcionários: para manter a produção e a produtividade, a empresa pode precisar contratar mais funcionários do que o necessário para uma escala de trabalho tradicional de cinco dias.
  • Dificuldade de gerenciamento: gerenciar muitos funcionários em um ciclo de quatro dias de trabalho e três dias de folga pode ser desafiador para os gerentes, especialmente se houver muitos funcionários trabalhando em diferentes turnos.
  • Problemas de segurança: trabalhar longas horas pode aumentar o risco de acidentes de trabalho e erros, o que pode ter impactos negativos na segurança dos trabalhadores e na qualidade do produto ou serviço prestado pela empresa.
  • Problemas de comunicação: como os funcionários trabalham em dias diferentes, pode haver problemas de comunicação entre os funcionários e departamentos, o que pode afetar a eficiência e a produtividade geral da empresa.

Onde a escala 4×3 foi adotada?

escalas de trabalho

A escala de jornada de trabalho 4×3 é adotada em vários setores e países ao redor do mundo. Alguns exemplos de locais onde essa escala de trabalho é comum incluem:

  • Indústria: é comum em fábricas, plantas e indústrias, onde a produção deve ser mantida 24 horas por dia.
  • Saúde: hospitais, clínicas e outras instituições de saúde frequentemente adotam a escala 4×3 para garantir que haja profissionais disponíveis durante todo o dia.
  • Serviços: setores de serviços, como hotéis, restaurantes e supermercados, podem adotá-la para manter a operação durante todo o dia.
  • Segurança: agências de segurança, como polícia, bombeiros e serviços de emergência, podem usar a escala de trabalho 4×3 para garantir que haja pessoal suficiente disponível em todos os momentos.

Em relação aos países, essa escala de trabalho é comum em alguns lugares, como Brasil, México, Colômbia e Chile na América Latina, assim como na Europa, especialmente em países como a França, onde é chamada de “semaine de quatre jours” (semana de quatro dias). 

Quais foram os resultados?

Embora os resultados da adoção da escala de jornada de trabalho 4×3 possam variar de acordo com a indústria, o país e a empresa específica, existem algumas pesquisas que mostram alguns resultados positivos:

  • Aumento da produtividade: uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA) em São Paulo, Brasil, em 2015, mostrou que a adoção da escala 4×3 na indústria automotiva levou a um aumento na produtividade de 8,6%.
  • Melhoria da qualidade de vida do trabalhador: em um estudo de caso realizado em uma empresa de call center na Espanha, os trabalhadores que adotaram essa escala relataram uma melhoria significativa na qualidade de vida, incluindo redução do estresse e melhoria do bem-estar geral.
  • Redução do absenteísmo: um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em São Paulo, Brasil, mostrou que a adoção da escala 4×3 na indústria de construção civil reduziu o absenteísmo em 52%.
  • Economia de energia: a adoção dessa escala pode levar a uma economia de energia, já que a empresa pode reduzir o uso de energia durante os dias de folga.

Agora, um momentinho. Você por acaso já conhece nossa planilha grauita de escala de trabalho? Para baixá-la (e deixar o seu DP ainda mais organizado e eficiente), clique no link a seguir:

Quais dúvidas existem com relação a essa escala?

O que é a escala 4×3?


A escala 4×3 é uma modalidade de organização da jornada de trabalho que consiste em trabalhar por 4 dias seguidos e ter 3 dias de folga, de forma que a jornada semanal totalize 42 horas.


Como surgiu?


Não há uma fonte histórica clara que explique a origem da escala de jornada de trabalho 4×3. No entanto, essa escala é comumente associada a trabalhos que exigem operação 24 horas por dia, 7 dias por semana, como serviços de emergência, hospitais e indústrias. 

Ela pode ter sido desenvolvida como uma forma de garantir que esses serviços pudessem ser mantidos sem interrupção, com uma equipe de trabalhadores que se revezam em turnos de 12 horas durante quatro dias consecutivos, seguidos por três dias de folga.


Onde ela já é adotada?


No Brasil, a escala 4×3 é adotada em diversos segmentos da indústria, como a automobilística, a petroquímica, a alimentícia, a têxtil, entre outras. Além disso, é comum em serviços de saúde, como hospitais, clínicas e serviços de emergência.

Em outros países, a escala 4×3 também é adotada em diversos setores. Nos Estados Unidos, por exemplo, a escala 4×3 é comum em indústrias, serviços de emergência, transporte, construção civil, entre outros. Na Europa, essa escala é comum em hospitais, serviços de segurança e serviços públicos.

Como vimos, a escala 4×3 permite que o funcionário trabalhe 4 dias consecutivos e folgue nos 3 dias seguintes. 

Ela pode apresentar vantagens tanto para o empregador quanto para o empregado, como redução de custos, maior produtividade e melhor gerenciamento da equipe, e também mais tempo livre para o empregado, mais oportunidades de lazer e descanso, e a possibilidade de conciliar trabalho e vida pessoal. 

No entanto, a adoção dessa escala pode apresentar desafios, como maior desgaste físico e emocional do trabalhador, dificuldades de adaptação e de organização do trabalho em equipe. Por isso é fundamental ter uma gestão de escala eficiente.

Quer saber mais sobre esse tema? Então continue a leitura no artigo Gestão de escala de trabalho: 6 dicas para fazer agora em sua empresa.

A concorrência não chega nem perto: Sólides otimiza + de 50 processos do seu DP